24 de dezembro de 2014

Feliz Natal!

Mais um ano se passou...
Neste momento, em que muitos comemoram o Natal, gostaria de agradecer a todos vocês por estarem sempre presentes, sempre acompanhando esse blog e suas postagens.
2014 não foi um ano muito generoso em muitos sentidos e, fazendo uma retrospectiva, podemos relembrar os vários motivos pelos quais as maiores felicitações são dadas por estarmos terminando este período como sobreviventes.
Que o digam nossos amigos que perderam entes queridos, empregos, amores... enfim, que podem achar que devem fazer um balanço negativo.
No mundo artístico também houve perdas lamentáveis, no cinema, na literatura, na dublagem... Para os aficionados por futebol, a goleada da Alemanha trouxe um sabor amargo à tão sonhada Copa do Mundo, finalmente realizada em solo brasileiro. Isso, sem falar minuciosamente sobre o fiasco que foram as eleições para presidente.
Por outro lado, será que só devemos nos queixar?
Não importa o credo, a orientação religiosa ou a falta dela, não importa se a data de 25 de dezembro representa realmente a data de nascimento de Jesus Cristo, ou se foi apenas uma data escolhida pela Igreja Católica para que todos pudessem celebrar este momento.
Nada disso importa, se não nos deixamos levar pela energia, pela reflexão, pelos sentimentos de perdão e de renovação que sempre permeiam este momento do ano.
Por mais duro que esteja o coração, quando recebemos uma felicitação, um desejo de Boas Festas, de saúde e paz, raramente pensamos que é da boca para fora.
Quando crianças, acreditamos mesmo na magia do Natal, nos filmes de fim de ano, nas histórias de Papai Noel, e que se fomos bonzinhos durante o ano, teremos direito a um presente bem legal.
Conforme vamos crescendo, vamos esquecendo essa pureza que é característica das crianças e nos tornamos mais calculistas e práticos.
O Natal deixou de ter um clima mágico para mim, não depois que cresci, mas depois que meus avós se foram. Fiquei mais amarga, confesso.
Mas as experiências da vida, boas ou ruins, começaram a me fazer questionar os valores que nos ensinam e os que vamos adquirindo, conforme o tempo passa.
Uma vez, dentro de sala de aula, uma aluninha me perguntou se Papai Noel existia, mas não consegui responder antes que todos da turma se manifestassem. Alguns poucos disseram que não, que não existia Papai Noel. Não é preciso ser sábio para responder a esse tipo de pergunta, basta um pouco de sensibilidade e, de verdade, consegui responder com todo o meu coração, que sim; ele existe para quem tem fé nele, para quem acredita nele.
É como aquela história do carinha que entra na barbearia e, como sempre começa a conversar com o barbeiro sobre vários assuntos. Quando chegam ao assunto sobre Deus, o barbeiro diz que não acredita que exista um Deus, pois se ele existisse não haveria tanta dor e injustiça. Como Deus permitiria tudo isso?
Quando o cliente sai, sem dar resposta ao barbeiro, encontra na rua um rapaz maltrapilho, com barba e cabelos enormes, sem cuidado algum. Então ele retorna à barbearia e diz que não acredita que os barbeiros existam, pois se existissem não haveria homens como o que ele acabou de encontrar na rua.
Indignado, o barbeiro diz que ele é um barbeiro e que o problema é que as pessoas com os cabelos e/ou barbas malcuidados não procuram os barbeiros.
É justamente isso que acontece com Deus, afirmou o cliente. Ele existe, o que acontece é que as pessoas não o procuram, pois é uma opção delas e, por isso há tanto sofrimento no mundo.
A mensagem que quero passar para todos é que existe sim magia, sempre existiu. A gentileza, a paz, o amor existem... não são invenções humanas, mas sim estados de espírito que podem surgir a qualquer momento... basta acreditar neles, basta procurá-los.
Não são estes os sentimentos dos quais tanto falamos durante o Natal?
Então, que eles deixem de ser conceitos abstratos e se tornem atitudes concretas. Que nos tornemos pessoas melhores, não apenas hoje, não apenas durante o Natal, mas durante todos os 365 dias e 6 horas do ano todo, e durante os bissextos também.
Que possamos armar árvores como a da mensagem que recebi hoje de uma amiga muito querida:
“Árvore do coração
Quisera Senhor, neste Natal armar uma árvore dentro do meu coração e nela pendurar, em vez de presentes os nomes de todos os meus amigos.
Os antigos e os mais recentes;
Aqueles a quem vejo todo dia e os que raramente encontro;
Os sempre lembrados e os que, às vezes, ficam esquecidos;
Os constantes e os intermitentes;
Os das horas difíceis e os das horas alegres;
Os que sem querer eu magoei, ou sem querer me magoaram;
Aqueles a quem conheço profundamente e aqueles de quem conheço apenas as aparências;
Os que pouco me devem e aqueles a quem muito devo;
Meus amigos humildes e meus amigos importantes;
Os nomes de todos que já passaram por minha vida;
Uma árvore de raiz muito profunda para que seus nomes nunca mais sejam arrancados do meu coração.
De ramos muito extensos, para que novos nomes, vindos de todas as partes, venham juntar-se aos existentes.
De sombras muito agradáveis, para que nossa amizade seja um momento de repouso nas lutas da vida.
Que o Natal esteja vivo em cada dia do ano que se inicia, para que possamos viver juntos o amor.
Não aquece o coração, meus amigos?
Pois que assim seja, que cada um de vocês possa armar essa árvore, com seus amigos e entes queridos, que todos tenham a proteção das boas intenções, do amor e da felicidade que podemos materializar em um abraço, em uma palavra generosa.
Feliz Natal a todos vocês, que os momentos difíceis sejam superados e usados como força para nunca desistirem de seus sonhos e seguirem sempre em frente.
Fiquem bem, Carpe Diem e que Papai Noel seja muito generoso com todos e suas famílias.

8 comentários:

  1. Lindas palavras, minha linda. É a magia e o sonho que movem o mundo e sem eles tudo seria muito triste. Obrigada, é a única palavra que posso lhe dizer, sua coluna tem magia, entusiasma a leitura, deixa um gosto de quero mais, leva-me a ler o livro e a entrar em um mundo de sonhos. Já adorava ler, mas agora eu devoro um livro atrás do outro e a culpa (no melhor sentido da palavra) é sua. Desejo a você e a sua família uma noite de paz, abençoada pelo Menino Jesus. Amo você. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso aí, querida.
      É preciso acreditar, embarcar na magia e fazer da vida o melhor lugar para praticá-la.

      Excluir
  2. feliz natal para você e os seus entes, que as comemoração sejam regadas de risadas, comidinhas daquelas que a gente espera o ano inteiro e claro que também seja um natal regado de livros
    P.S: mensagem de encher o olho de lágrima! que bela escrita
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thaila!
      Feliz Natal para você também! Que todos os dias do próximo ano tenham este clima de festividade, que seja cheio de emoções boas, seja na vida real ou nos nossos amados livros.
      Que eu possa estar estar sempre aqui e contar com o sorriso de vocês!
      Beijo

      Excluir
  3. Querida Tania, impossível ler esta linda postagem e não se emocionar!!
    Aliás isso é um dom maravilhoso que você tem... emocionar com suas palavras a todo aquele que lê de coração aberto suas postagens!!

    Obrigada mais uma vez por fazer parte da família envenenada!!!

    Feliz Natal!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu é que te agradeço, Math, por me atuar por aqui, mesmo com o meu mau humor literário recorrente, que você tão bem conhece.
      Para mim é sempre uma honra e satisfação fazer parte dessa família!
      Beijo

      Excluir
  4. Uau Tânia quando eu acho que não tem mais como me emocionar com seus textos, você vem e arrasa nesse de Natal! Belissímas palavras!

    Um abençoado Natal à você e toda a sua família, e muiiiiito obrigada por estar sempre disposta a nos ajudar no blog! Sua amizade é muito valiosa para mim ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, minha Nathy querida!
      Uma das maiores felicidades de estar fazendo parte desse grupo é conhecer pessoas como você e o senhor e a senhora Bim. Presentes como estes não têm preço. São uma verdadeira bênção.
      E acredite, quando escrevo para cá, é com o coração nos dedos!
      Te amo!

      Excluir

Destile seu veneno, comente!

Ou receba as atualizações no seu email:

Delivered by FeedBurner

Posts Recentes

Últimos Comentários

As envenenadas pela maçã Ѽ by TwilightGirls RJ Ѽ - Copyright © 2012 - Todos os Direitos Reservados