5 de março de 2014

Resenha: Nascida à meia-noite pela Editora Jangada


Nascida à meia-noite

Autor
: C. C. Hunter 
Editora: Jangada
Saga: Acampamento Shadow Falls vol.01
Categoria: Literatura estrangeira
Páginas: 320
Lançamento: 2011

saraivasubmarinotravessa



Sinopse:


Kylie Galen está na pior. Seus pais vão se divorciar, seu namorado acaba de romper com ela e uma noite, depois de ser presa por estar na festa errada, com as pessoas erradas e na hora errada, é enviada pela mãe para Shadow Falls – um acampamento para adolescentes problemáticos, localizado numa cidade chamada Fallen, no meio de uma misteriosa floresta. Isso muda sua vida para sempre. Poucas horas depois de chegar, ela descobre, assustada, que seus colegas não são apenas “problemáticos”. Kylie nunca se sentiu normal, mas também não se considera como uma daquelas aberrações paranormais. Ou será que ela é? Em Shadow Falls, vampiros, lobisomens, metamorfos, bruxas e fadas aprendem juntos a desenvolver seus poderes, controlar sua magia e viver no mundo normal. No entanto, as coisas tomam um rumo diferente quando dois carinhas interessantes entram em cena. Derek, um fae que possui poderes mágicos, quer a todo custo ser seu namorado e Lucas, um lobisomem com quem ela partilha um passado secreto. De início, tudo o que Kylie deseja é sair de Shadow Falls e voltar para casa. Porém, com Derek e Lucas ocupando um lugar cativo em seu coração e depois de descobrir que ela própria tem estranhos poderes, talvez sua vida nunca mais volte a ser a mesma... 




Minha querida amiga Mathilde resolveu me compensar por todos os livros série sem continuação que já me deu até hoje para ler, mesmo sabendo que eu quase morro de curiosidade até o lançamento do próximo, ao me dar a série Os Sobrenaturais quase completa! Faltou pouco para as lágrimas rolarem de tanta alegria!!!!!rs

No entanto, melhor que ter 4 livros seguidos para ler e o 5 já publicado, foi a ótima surpresa que tive ao começar o primeiro livro e descobrir que a autora conseguiu pegar o melhor de todos os sobrenaturais já conhecidos, isso mesmo, vampiros, lobisomem, bruxas, fadas, metamorfos, semideuses etc. e colocar num só lugar, e isso tudo com uma linguagem super tranquila e deliciosa de ler.

Kylie Galen chega aos 16 e começa a sofrer várias perdas. Sua avó morre, seus pais se divorciam, toma um pé do namorado e, para completar, começa a ser perseguida por um sujeito vestido de soldado que, pelo que pode perceber, só ela vê.

Não sendo suficiente, concorda em ir a uma festa do colégio e acaba indo parar na delegacia, mesmo sem ter feito nada errado, e, apesar de ter chamado seu pai para ir lhe buscar, acaba tendo que se contentar com a mãe e, o relacionamento que já não estava no melhor dos mundos, acaba de ir para o brejo...

Por orientação de sua terapeuta, é mandada para um acampamento destinado a adolescentes problemáticos e ela, simplesmente, não pode acreditar que isso esteja acontecendo!

O que ela não podia imaginar era que Shadow Falls era, na verdade, um acampamento especial para adolescentes sobrenaturais que precisam aprender a lidar com seus dons e aceitar quem são.

É claro que, como a personagem principal do livro, tudo para ela é mais difícil. Primeiro, não acredita ser sobrenatural, depois, mesmo que se considere sobrenatural, não sabe qual é a sua espécie e ninguém consegue descobrir porque ela tem um padrão cerebral tão diferente que não permite que os outros sobrenaturais descubram nada sobre ela.

O bom que é ela não está sozinha em seus dilemas. Todos os personagens criados por C. C. Hunter são muito bem construídos e todos os relacionamentos muito bem amarrados. É uma história recheada de lembranças, amizades, descobertas, surpresas e, é claro, romance!

O livro é muito bom e é do tipo que se lê super-rápido e já esperando o próximo... ainda bem que posso começar o Despertar ao Amanhecer ainda hoje!!!! 

Boa leitura!
Beijos,



2 comentários:

  1. Olá Hellen, já li os dois primeiros livros dessa série e tenho que dizer que AMEI ambos. Uma coisa que me irrita ao longo da série é a Kylie com essa coisa de: "Não sou sobrenatural", isso me deixa um pouco irritada, mas consigo levar, rs.
    http://exceptionss.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana! Nos próximos essa fase de "não sou sobrenatural" acaba, então, é diversão garantida! Bjs!

      Excluir

Destile seu veneno, comente!

Ou receba as atualizações no seu email:

Delivered by FeedBurner

Posts Recentes

Últimos Comentários

As envenenadas pela maçã Ѽ by TwilightGirls RJ Ѽ - Copyright © 2012 - Todos os Direitos Reservados