12 de março de 2014

Doce Veneno: O que vem por aí? - Parte 1

Olá, pessoal!

Caramba! Tinha tempo que a Doce Veneno estava em pausa. Sei que vocês vão compreender meu sumiço, afinal, final de ano, início de ano, problemas familiares, evento, tudo foi juntando e virando uma bola de neve. Mas, Carnaval veio, passou e agora vamos correr porque o ano começou no Brasil - pelo menos até a Copa do Mundo, rs. Agora me digam, tudo bem com vocês? 




Doce Veneno: O que vem por aí? - Parte 1

Para começar o ano, achei que o post ideal de retorno era falando sobre o que mais gostamos: LIVROS. 2014 está começando e temos um ano inteiro de lançamentos pela frente. Posso dizer para vocês que ninguém terá do que reclamar, tem livros para todos os gostos. Mas, obviamente, eu não conheço tudo o que foi comprado pela editoras brasileiras. Portanto, ao invés de fazer um post com o que foi comprado, decidi fazer esse, comentando alguns desses títulos, falando sobre àqueles que eu conheço. Vamos começar?

Novo Século:
Real (Katy Evans): 

Sinopse: Um lutador em decadência
Uma mulher com um sonho destruído
Uma disputa…
Ele me faz esquecer até o meu nome. Uma noite foi o suficiente, e eu esqueci tudo, menos daquele lutador sexy no ringue, que deixou a minha mente excitada e meu corpo ardendo de desejo…
Remington Tate é o mais forte e mais complicado homem que eu já conheci na minha vida.
Ele é a estrela do mais perigoso circuito de lutas clandestinas e eu me senti atraída por ele como jamais havia me sentido antes… Eu esqueci quem sou, e o que quero, só de olhar para ele. Quando ele está próximo, eu preciso lembrar que sou forte. Mas ele é mais. E agora o meu trabalho é manter este corpo funcionando como uma máquina perfeita, seus músculos rígidos e prontos para quebrar os ossos dos seus oponentes…
Mas o meu desejo pode ser o seu maior adversário.
Eu o quero. Eu o quero sem medo. Sem limites.
Se eu ao menos soubesse o que ele quer de mim…

Comentário: Meninas, preparem-se para serem arrebatadas por Remy. Lindo, tatuado, lutado e obcecado; essas são as características mais fortes do nosso protagonista. Brooke é uma mocinha inteligente, linda e incapaz de resistir ao charme do badboy. Mais um new adult para a lista de quem ama o gênero. Sim, você certamente lembrará de outro new adult muuuito famoso aqui no Brasil, cujo protagonista masculino também luta e tudo mais. Em resumo: você tem tudo para amar Remy e o livro, rs.


Saraiva:
Wallbanger (Alice Clayton):

Sinopse: Caroline Reynolds tem um fantástico novo apartamento em San Francisco, uma batedeira, e não O (E não estamos falando de Oprah aqui, gente). Ela tem uma carreira de design florescente, um escritório com vista para a baía, uma maravilhosa receita de pão com abobrinha, e não O. Ela tem Clive (o melhor gato), grandes amigos, um rack grande, e nenhum O. Adicionando um O-menos desde que ela se mudou, um vizinho extremamente sensual, com uma vida sexual bem ativa. Cada gemido, espancamento e - isso foi um miado? - pontua o fato de que ela não só está perdendo o sono, ela ainda tem, sim, você adivinhou, não O. Entra Simon Parker (Não, realmente, Simon, por favor, entre). Quando o barulho no apartamento vizinho, ameaça literalmente saltar da cama dela, Caroline, vestida de frustração sexual e uma camisola baby-doll rosa, confronta ele. O encontro no corredor de fim da noite tem, assim, resultados mistos. Com paredes finas, a tensão vai ser grossa... 

Comentário: Se você pegasse esse livro para sem saber que era fanfic de Crepúsculo, você nunca desconfiaria. A história é divertida, sexy e com uma narrativa fácil, que nos faz acompanhar todos os passos dessa conturbada relação entre Caroline e Simon. E sim, a aparência de Simon é tão quente quanto pode sugerir o conteúdo do livro com esse título. 


Valentina:
Thoughtless (S. C Stephens):

Sinopse: Durante quase dois anos, o namorado de Kiera, Denny, foi tudo o que ela sempre quis: amoroso, terno e eternamente dedicado a ela. Quando eles partiram para uma nova cidade para começar suas vidas juntos, Denny em seu trabalho dos sonhos e Kiera em uma universidade de alto nível, tudo parece perfeito. Em seguida, uma obrigação imprevista obriga o feliz casal a se separar.Sentindo-se solitária, confusa, e na necessidade de conforto, Kiera se volta para uma fonte inesperada – uma estrela do rock local chamada Kellan Kyle. Primeiramente, ele é puramente um amigo em que ela pode se ​​apoiar, mas como sua solidão cresce, faz assim a sua relação. E então uma noite tudo muda... e nenhum deles jamais será o mesmo.




Comentário: Das três pontas desse triângulo, Kiera é a mais chata, problemática e sem caráter. Eu geralmente tenho problemas com mocinhas, mas Kiera definitivamente está no meu top 3 de mais detestadas. Mas, sabe o que compensa? Kellan! Lindo, tatuado, sexy pra caramba, músico e deus do sexo. Precisa de mais ou você já se convenceu que Kellan vai fazer sua cabeça girar? Na outra ponta do triângulo tem Denny, um garoto ótimo, apaixonado, bonito e dedicado. A verdade é que seu coração fica dolorido por saber que um dos dois vai sofrer, e que, inevitavelmente você vai se apaixonar por ambos personagens. A trama é intensa, mas eu ainda acho que poderia ter algumas páginas de mimimi a menos de Kiera.

Charme:
Come Away With Me (Kristen Proby):


Sinopse: Ser confrontada na praia por um estranho sexy não fazia parte dos planos de Natalie Conner naquela manhã pacífica em que saiu para tirar fotos. E por que será que ele acha que ela está tirando fotos dele, afinal? Quem é ele? Uma coisa é certa, ele é quente, e incrivelmente romântico, alimentando a alma ferida de Natalie. Luke Williams só quer que o mundo lhe dê uma pausa, ao ver mais uma câmera apontada para o seu rosto, ele fica pronto para atacar a beleza por trás da lente. Quando ele descobre que ela não tem idéia de quem ele é, ele está intrigado e mais do que um pouco tentado por ela. Natalie tem um corpo feito para o sexo, uma boca atrevida e Lucas não se cansa dela, mas ele não está pronto para dizer a ela quem ele realmente é. Natalie é uma menina sincera e não se dá bem com mentiras e segredos. O que vai acontecer com este novo relacionamento quando ela descobrir o segredo de Lucas?


Comentário: O nome da série é With Me In Seattle. A cada livro, uma história nova na cidade vivida por uma das amigas. Para mim, o melhor livro da série é o terceiro, mesmo porque é o mais bem escrito, no meu ponto de vista. Isso significa que o primeiro é ruim? Não, apenas significa que Kristen vai melhorando suas histórias e sua escrita. Mas algo que já fica claro desde esse primeiro livro é que ela sabe escrever personagens quentes. Lucas é um exemplo disso; ele tira o fôlego só de ler a sua descrição.

Faro Editorial:
The Perfect Game (J. Sterling):


Sinopse: Ele é um jogo que ela nunca teve a intenção de jogar. E Ela é a virada do jogo que ele nunca soube que precisava. 
The Perfect Game conta a história de juniores da faculdade, Cassie Andrews e Jack Carter. Quando Cassie conhece o otimista jogador de baseball em ascensão, Jack, ela está determinada a ficar longe dele e de sua típica atitude arrogante. Mas Jack tem outras coisas em sua mente... Ambos estão danificados, cheios de desconfiança e protegidos, antes de encontrarem um ao outro (e a si mesmos) nesta jornada emocional sobre amor e perdão. Unidos de uma forma que não só vai quebrar seu coração, mas juntá-lo novamente. As vezes a vida fica feia antes de ficar linda...


Comentário: Você vai sentir raiva de Jack e vai morrer de pena de Cassie em algum momento do livro. Mas até lá, você vai amar esse casal e vai torcer para eles terem um final feliz. Jack é o atleta sonho de consumo e a Cassie é a garota que faz seu mundo virar de cabeça para baixo. Ela quer que ele prove que ela não é só mais um caso e ele terá que provar. Prepare o lencinho porque o drama é garantido.

Novo Conceito:
Losing It (Cora Carmack):


Sinopse: Virgindade.

Bliss Edwards está prestes a se formar na faculdade e ainda tem a sua. Cansada de ser a única virgem entre os seus amigos, ela decide que a melhor forma de resolver o problema é perdê-la o mais rápido e da forma mais simples possível — um caso de uma noite. Mas seu plano acaba por não ser tão simples quando ela entra em pane e abandona um cara lindo sozinho e nu em sua cama com uma desculpa que ninguém com um mínimo de noção acreditaria.
E como se isso já não fosse vergonhoso o suficiente, quando chega para sua primeira aula do último semestre de faculdade, ela reconhece seu novo professor de teatro.
Ela o havia deixado nu em sua cama cerca de 8 horas antes.



Comentário: Minha primeira reação a esse livro quando comecei a ler foi rir. Achei altamente improvável a situação inicial de encontro entre os dois e o desenrolar da noite, mas quem se importa?! Honestamente, não está entre meus news  adults preferidos, mas é um dos favoritos entre os leitores. De toda forma, é um bom divertimento.

Suma de Letras:
Killing Sarai (J. A. Redmerski):


Sinopse: Sarai tinha só quatorze anos quando sua mãe a levou para viver no México um conhecido senhor das drogas. Com o tempo ela se esqueceu do que era ter uma vida normal, mas ela nunca deixou de lado a esperança de escapar do complexo onde tem estado presa nos últimos nove anos. Victor é um assassino a sangue frio que, como Sarai, somente conheceu a morte e a violência desde que era somente uma criança. Quando Victor chega ao complexo para recolher dados e aplicar um golpe, Sarai o vê como uma chance para escapar. Mas as coisas não acontecem como o previsto, e em vez de se encontrar a caminho de Tucson, ela se encontra livre de um homem perigoso, para cair nas garras de outro. Enquanto fogem, Victor se distancia de sua natureza primitiva enquanto sucumbe a sua consciência e decide ajudar Sarai. À medida que ficam próximos, ele se encontra disposto a arriscar tudo para mantê-la com vida, inclusive sua relação com seu irmão e seu contato, Niklas que, agora como todos os outros, querem Sarai morta. Enquanto Victor e Sarai lentamente constroem uma confiança entre eles, as diferenças parecem diminuir, e uma atração pouco provável se intensifica. Entretanto, as habilidades e experiência de Victor podem não se suficientes para salvá-la, enquanto o poder que ela tem sobre ele, pode ser o que colocará fim a sua vida.

Comentário: Esqueça tudo que você tem lido recentemente. Possivelmente, Killing Sarai é diferente de tudo isso. E é ótimo! Uma trama que envolve tráfico de mulheres, drogas e violência. Victor não é o típico badboy gracinha que estamos acostumadas mas é sexy como o inferno. Sarai é uma garota que já viu e viveu muita coisa ruim e prefere morrer a voltar para o inferno onde estava. Killing Sarai é sombrio e intrigante. Fiquei muito contente quando soube que seus direitos tinham sido comprados para ser publicado no Brasil.

A lista foi dividida em duas partes porque ficaria imensa se eu colocasse tudo de uma única vez. Então, conhecem algum desses? Já ouviram falar? Deixem o comentário de vocês e façam essa colunista feliz! =D

Beijocas e até semana que vem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Destile seu veneno, comente!

Ou receba as atualizações no seu email:

Delivered by FeedBurner

Posts Recentes

Últimos Comentários

As envenenadas pela maçã Ѽ by TwilightGirls RJ Ѽ - Copyright © 2012 - Todos os Direitos Reservados