17 de fevereiro de 2014

Resenha: 'Quando eu era Joe' pela @Novo_Conceito


Quando eu era Joe

Autor
: Keren David

Editora: Novo Conceito
Série: Joe - livro 01
Categoria: Literatura estrangeira
Páginas: 318
Lançamento: 2014

saraivasubmarinotravessa




Sinopse:


Imagine o que é perder, em uma única noite, sua casa, seus amigos, Como é possível viver mentindo sobre todas as coisas? Sua escola e até mesmo o seu nome. Aos 14 anos, Ty presencia um crime bárbaro num parque de Londres. A partir desse momento, tudo muda para ele: a polícia o inclui no programa de proteção à testemunha, e Ty é obrigado a assumir uma vida diferente, em outra cidade. O menino ingênuo, tímido, que costumava ser a sombra do amigo Arron, matricula-se na nova escola como Joe... E Joe não poderia ser mais diferente de Ty: faz sucesso com as meninas, torna-se um corredor famoso... Joe é tão popular que acaba incomodando os encrenqueiros da escola. Ser Joe é bem melhor do que ser Ty. Mas, logo agora, quando ele finalmente parece ter se encaixado no mundo, os atentados e ameaças de morte contra sua família o obrigam a viver no anonimato, em fuga constante e sob a pressão de prestar depoimentos sobre uma noite que ele gostaria de esquecer. Um livro – de tirar o fôlego! – sobre coragem e sobre o peso das consequências do que fazemos. 




A vida de Ty nunca foi fácil, vivendo em um bairro pobre de Londres, em seus 14 anos de vida já ouviu e viu muita coisa. Mas nada se compara com o que ele presenciou no parque que costumava passear: um assassinato.

Ele estava no local e hora errada, chamar a polícia também pode ter sido um erro, pois ele acaba chamando atenção de uma gangue perigosa que quer calá-lo. Em menos de dois dias tudo em sua vida muda, ele se torna Joe.

Essa nova vida vai dar a ele um chance de rever suas atitudes, agora está mais seguro com sua aparência, se destaca na nova escola e descobre uma paixão pela corrida... Ser Joe é tudo o que ele precisava para tentar esquecer o que aconteceu, mas os erros do passado não "somem" do dia para noite.

Quando mais seguro de si Joe se sente em sua nova escola, mais seus segredos ficam a beira de serem revelados. É em um desses momentos que fiquei um pouco incomodada: Joe usa lentes de contatos para esconder que seus olhos são verdes, e quando se depara com uma aula de natação entra em pânico, pois segundo ele mesmo as lentes saem na água. O que por experiência própria é bem assim, as lentes ficam "moles" e podem sair fora do lugar, não cair do nada.

Uma montanha russa de emoções, afinal Ty/Joe não é tão "santo" quando parece, em vários momentos tive vontade de pegá-lo pelo ombro e gritar "Não seja burro querido, cala a boca e corre". Quando eu era Joe faz o leitor viver a tensão de uma jovem testemunha que vive entre a dúvida de se auto defender e fazer a coisa certa.

Uma série para todas as idades que gostam de uma boa história de ação.

Beijinhos,

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Destile seu veneno, comente!

Ou receba as atualizações no seu email:

Delivered by FeedBurner

Posts Recentes

Últimos Comentários

As envenenadas pela maçã Ѽ by TwilightGirls RJ Ѽ - Copyright © 2012 - Todos os Direitos Reservados