18 de fevereiro de 2014

Mocinha Envenenada #5: Sydney Sage

Bom dia queridos! 

Quanto tempo, né?

Pois é, faz bastante mesmo, desde o último Mocinha Envenenada... Peço perdão pela ausência, mas prometo recompensar com o post de hoje!!!


A protagonista escolhida para este post me conquistou de forma rápida em "Laços de Sangue" e só me fez admirá-la ainda mais no segundo livro, "O Lírio Dourado"

Se você gosta da série Academia de Vampiros, talvez já tenha "ouvido" falar dela. Porém, se você já leu a série Bloodlines, tenho certeza que já gosta dela tanto quanto eu! 

Vamos conhecer um pouco mais sobre a vida de Sydney Sage, criada pela autora Richelle ~maravilhosa~ Mead?


Sydney é uma menina de 18 anos que tem uma profissão meio complicada: ela é uma Alquimista, ou seja, ela faz parte de um grupo de pessoas que possui como objetivo impedir que a existência dos vampiros seja notada pelos humanos. Por isso, com frequência ela deve tratar de "assuntos de trabalho" diretamente com os vampiros, sendo eles das raças Moroi - que são vivos e geralmente não matam humanos - ou Strigoi - que são assassinos mortos-vivos descontrolados.

Por esses e outros motivos, ela desde sempre aprendeu a se virar sozinha, a confiar apenas em si mesma e a fazer tudo com extrema perfeição, já que qualquer errinho poderia custar a sua vida. 

Sydney é uma pessoa altamente responsável, competente, profissional, durona, perfeccionista e muito além de inteligente. Além de ter um mega conhecimento sobre tudo (principalmente História e Química, seus pontos fortíssimos), ela tem sagacidade, perspicácia, pouco traquejo social (o que dificulta muito que faça amigos e consiga um namorado), muita ironia para esbanjar e um amor incondicional a café.

Sabe aquela pessoa que faz todos os trabalhos no mesmo dia que eles são passados pelos professores? Ou que fica na biblioteca estudando até mais tarde? E aquela que sabe falar mais de cinco línguas, incluindo Grego e Latim? E a pessoa que não sabe viver sem cafeína e não come ou bebe absolutamente nada que tenha açúcar (porque já é magra mas não quer engordar mais)? 

Parabéns, você acabou de conhecer ainda mais a Sydney Sage!


      "Escolhi a combinação mais leve entre as opções do uniforme: uma saia cinza e uma blusa branca de manga curta. Joias simples eram permitidas, por isso continuei com a cruz de ouro. O meu cabelo estava em um daqueles dias difíceis - que pareciam ser mais frequentes naquele novo clima. Minha vontade era prendê-lo em um rabo de cavalo, como Jill fez com o dela, mas ele tinha camadas demais para que eu conseguisse fazer direito. Fiquei olhando para o jeito como os fios batiam nos meus ombros em comprimentos diferentes e pensei se não estava na hora de deixar crescer."  

     "- Meu Deus, Sage. Os seus olhos. Como foi que eu nunca reparei neles? (Adrian)
       Aquela sensação desconfortável se espalhava por mim mais uma vez. 
      - O que têm eles? (Sydney)
     - A cor - ele disse sem fôlego. - Quando você fica na luz. Eles são fantásticos... como ouro derretido. Eu poderia pintá-los... - ele estendeu a mão na minha direção, mas então recuou. - São lindos. Você é linda." 

Por causa da profissão, Sydney sempre se veste com roupas de cores neutras, como cáqui, branco e cinza, que são praticamente um uniforme alquimista. Como é uma menina linda, porém super simples e que não tem noção da sua beleza, só usa maquiagem para esconder a sua tatuagem de lírio dourado na bochecha, que é a marca registrada dos alquimistas (e é por causa dela que eles possuem alguns "poderes mágicos"). Além disso, o único adereço que utiliza é uma pequena cruz de ouro como pingente em um colar. Mais prática e modesta impossível!

Na minha humilde opinião, essa menina só tem roupa chique no armário e sabe combiná-las muito bem! Apesar da "limitação" das cores, ela arrasa do modelito social! Sempre que eu a imagino, penso em uma mulher super simples e elegante, sabe? Nada de brincos enormes, mil pulseiras ou maxi colar. O estilo de Sydney é: quanto mais discreta, melhor! Eu concordo com ela, e vocês?



      "Eu sabia o que ele queria dizer com 'apresentável'. Vestir um jeans e uma camiseta qualquer estava fora de questão. Em vez disso, coloquei uma calça social cinza e uma camisa branca bem passada. Vesti um casaquinho mais escuro, cinza carvão, por cima dela e coloquei um cinto preto bem ajustado na cintura. Uma cruz de ouro pequena (que eu sempre usava no pescoço) foi o único enfeite que me dei ao trabalho de colocar."

Agora vem a parte mais difícil do post... Encontrar uma atriz que poderia interpretar a nossa mocinha de forma fiel. Eu já disse aqui e repito: NUNCA consigo ler já imaginando alguém. Sou péssima de associações!! hahaha 
Assim, fuçando no querido e amado Google, encontrei algumas pessoas sugerindo a atriz Alona Tal como uma boa opção para o papel. Ela é uma candidata tão forte que já até fizeram uma montagem dela com a tatuagem de lírio da Sydney! O que acharam? Gostaram ou não da ideia?

 


Como eu falei lá em cima, Sydney não tem muito tempo de sobra pra ficar namorando. Sabe o por quê? Seu trabalho desta vez é tomar conta da princesa vampira Jill Dragomir, que está correndo risco de morte por ser um alvo político. Isso porque vampiros rebeldes querem destronar sua irmã mais velha, a nova rainha dos Moroi, e Jill é muito mais fácil de ser atacada e morta. Assim, Eddie (um dampiro guardião), Jill, Sydney e Adrian Ivashkov (um Moroi que está lá por motivos não muito claros) vão para uma cidade ensolarada, fingem ser irmãos e se matriculam em uma escola de humanos para dar força ao disfarce. Nada como viver um cotidiano normal no meio de tanta tensão, não é? 

Vocês acham que depois disso tudo a menina mais responsável, metódica e focada no trabalho que eu conheço no meio literário vai querer se distrair da sua missão por causa de um namorico? Talvez não no primeiro livro... Ok, sem spoilers! Mas posso adiantar que, em "Laços de Sangue", as cenas entre Sydney e Adrian são bem promissoras, cheias de "brincadeiras" provocativas e diálogos irônicos e inteligentes!!!  Por isso, ele será o nosso mocinho da vez!

       "O sujeito que abriu a porta pareceu tão surpreso quanto nós. Ele segurava um maço de cigarros e devia estar saindo pra fumar. Fez uma pausa e nos examinou de cima a baixo.
       - Então. Vieram aqui para me converter ou para vender revestimento de parede?
       O comentário para nos desarmar foi suficiente para espantar minha ansiedade. O homem que falava era um Moroi, um pouco mais velho do que eu, com cabelos castanhos-escuros que sem dúvida haviam sido penteados com muito cuidado para parecerem desgrenhados. Diferente das tentativas de Keith com uma quantidade enorme e ridícula de gel, o sujeito tinha feito de um jeito que realmente ficava bom. Assim como todos os Moroi, ele era pálido e alto, com um tipo físico esguio. Olhos verde-esmeralda nos examinavam a partir de um rosto que podia ter sido esculpido por um dos artistas clássicos que eu tanto admirava. Chocada, recusei a comparação assim que surgiu na minha mente. Afinal de contas, ele era um vampiro. Era ridículo admirá-lo da mesma forma que eu faria com um humano.
       - Sr. Ivashkov - eu disse com educação. - É bom encontrá-lo novamente." 


Ai gente, como escolher um ator para representar este homem super alto, lindo, intrigante, engraçado, cheio de vícios, sentimental, de humor altamente variável e fumante?

Sério, help me! 

Procurei na internet e achei um site com algumas opções, porém nenhuma boa o suficiente para o que eu imagino. Mesmo assim, escolhi dois dessa lista e coloquei aqui para ver o que vocês acham... Alguém possui opinião concreta sobre o assunto?



Max Irons

Nico Tortorella

O grande dilema deste romance pode ser conferido no final do último quote: como uma humana e alquimista pode admirar ou se sentir atraída por um vampiro? Isso seria pura traição da parte dela para com a sua ideologia de vida e de profissão! Como será que este casal vai driblar este super problema? Tcharaaaam... 

Estas serão as cenas dos próximos capítulos!! 

Não deixe de ler "O Lírio Dourado" e os futuros livros da série Bloodlines, que ainda serão lançados aqui no Brasil pela Editora Companhia das Letras (com o selo Seguinte)!



Espero que tenham gostado de conhecer um pouco mais sobre Sydney Sage, a workaholic mais nerd e focada do meio literário!!!

Mil beijos,

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Destile seu veneno, comente!

Ou receba as atualizações no seu email:

Delivered by FeedBurner

Posts Recentes

Últimos Comentários

As envenenadas pela maçã Ѽ by TwilightGirls RJ Ѽ - Copyright © 2012 - Todos os Direitos Reservados