19 de novembro de 2013

Resenha: A livraria 24 horas do Mr. Penumbra pela @Novo_Conceito


A livraria 24 horas do Mr. Penumbra

Autor
: Robin Sloan 
Editora: Novo Coneito
Categoria: Literatura Estrangeira
Páginas: 288
Lançamento: 2013

saraivatravessa


Sinopse:

A recessão econômica obriga Clay Jannon, um web-designer desempregado, a aceitar trabalho em uma livraria 24 horas. A livraria do Mr. Penumbra — um homenzinho estranho com cara de gnomo.
Tão singular quanto seu proprietário é a livraria onde só um pequeno grupo de clientes aparece. E sempre que aparece é para se enfurnar, junto do proprietário, nos cantos mais obscuros da loja, e apreciar um misterioso conjunto de livros a que Clay Jannon foi proibido de ler.Mas Jannon é curioso… 




A Livraria 24 Horas do Mr. Penumbra” me atraiu pelo título. Como bookaholic, quando eu li livraria, sabia que tinha que ler esse livro, mesmo que a história fosse horrível. Ainda bem que não era horrível, mas também não foi assim fantástico. 

Clay é um webdesigner desempregado que ao passar por uma livraria, vê um anúncio de vaga para atendente, para trabalhar no período noturno. A livraria fica aberta 24 horas, e por isso, 3 atendentes se revezam para mantê-la funcionando.  O dono da loja é um senhor que mais parece um gnomo, e a clientela é bem reduzida. Esse trabalho tem duas regras: não olhar o conteúdo dos livros da sessão do fundo da loja e sempre anotar as entradas e saídas dos livros e estar no trabalho impreterivelmente de 22 horas às 6 horas da manhã. 

Tudo ocorre bem até que a curiosidade de Clay finalmente vence as recomendações. Com a ajuda de um amigo, ele olha o conteúdo de um desses livros proíbidos, aí a história de fato começa. Os códigos que ele descobre escrito nesses livros acabam o levando a se envolver com uma sociedade secreta muito antiga.  

Clay é personagem sem muito apelo diante do leitor. Não há nada que desperte o público para ele e para a situação criada. Sim, o leitor que saber o desfecho, mas não se envolve muito com o personagem. Ele é um tanto enfadonho. 

A história por sua vez, deveria ser o principal atrativo. E até ela começar a acontecer, ela conquista o público. Depois, fica repetitiva e um tanto cheia de clichês. Talvez eu tivesse muita expectativa, não sei, mas a verdade é que pensei muitas coisas interessantes que poderiam acontecer e na verdade nem chegam perto de se realizar. Fiquei um tanto decepcionada com isso. 

Mas, deixe eu fazer um contraponto, a história não é ruim. É boa, regular, e quando você termina a leitura não pensa que foi uma perda de tempo. Mas ela tinha tantas possibilidades de ser melhor que justamente por isso fica a sensação da decepção.  

Dito tudo isso, acredito que ninguém se decepcionará em gastar seu tempo lendo o livro, mas é bem possível que muitos tenham a mesma sensação que eu. O contrário também vai acontecer – eu tenho uma amiga que amou o livro. Na minha opinião (portanto, totalmente parcial), faltou algo a mais para ele funcionar. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Destile seu veneno, comente!

Ou receba as atualizações no seu email:

Delivered by FeedBurner

Posts Recentes

Últimos Comentários

As envenenadas pela maçã Ѽ by TwilightGirls RJ Ѽ - Copyright © 2012 - Todos os Direitos Reservados