22 de outubro de 2013

Claro que te amo! da @TammyLuciano


Claro que te amo!

Autor
: Tammy Luciano 

Editora: Novo Conceito
Categoria: Literatura Brasileira
Páginas: 320
Lançamento: 2013
Compre_saraiva

Sinopse:

Piera tem certeza: está cometendo a maior loucura da sua vida ao assistir, escondida, ao casamento de seu ex-noivo. Depois de seis anos de relacionamento, entrar de penetra na comemoração foi tudo que André deixou para ela. E olhar a cena não a faz feliz, mas encerra uma fase de sua vida. Hora de recomeçar. Mas como recomeçar se seu coração está cheio de dor? Envolver-se com a história de Piera é como descobrir que sempre há um lado muito bom a ser revelado… Mesmo que tudo pareça tão difícil. 





Imagina a cena: você escondida atrás de uma árvore, do outro lado da rua, em frente a uma igreja, esperando os noivos chegarem. Só que o noivo é alguém bem conhecido seu. 

Na verdade, alguém com quem você conviveu por 6 longos anos. Anos estes que você considerava como os mais perfeitos. E quando eles deveriam culminar naquele ato no qual você está presenciando, não é com você que ele está se casando. 

Patético? Pois atire a primeira pedra quem nunca quis ser uma mosquinha para saber o que o ex está fazendo com a nova namorada/noiva/esposa. 

Mulher é um bicho curioso, mais ainda quando algo acontece sem ter uma explicação lógica. 

Talvez você pergunte: ué?! Mas eles não terminaram? O que você diria se o seu noivo chegasse um dia e dissesse: 

“Acho que não te amo mais. Te vejo de tarde.” 

Mas essa tal tarde nunca chegou. E agora lá está ele, entrando naquela igreja, rodeado pelos amigos que antes também eram seus amigos, sorrindo e feliz, com outra mulher. 

André e Piera namoraram por 6 anos, desde que ela tinha 12.  
Passaram pela fase da adolescência juntos; ela o apoiou e o ajudou a conseguir o trabalho naquele badalado escritório. Mas de repente ela não era mais necessária e ele simplesmente se foi... 

Nossa heroína é uma típica carioca, que faz faculdade na PUC, que tem amigas fantásticas e que sempre a apoiam; um pai maravilhoso, arquiteto, bem sucedido que a criou a sozinha. 

Bonita, inteligente e bem relacionada, ela tinha tudo para sentir-se sempre feliz, mas um vazio habitava seu pai. Um vazio chamado MÃE. 

A mãe de Piera a abandonou com o seu pai quando ela ainda era bebê. E seu sumiço durou esses 19 anos. Foi quando ela decidiu reaparecer na vida da filha. 

Já não bastava ter levado um chute na bunda pelo namorado, agora ela teria e lidar com a volta de sua mãe à sua vida. Mas essa aproximação não foi fácil. Seu pai a apoiava, mas claramente ele preferia manter-se afastado, achando  que talvez sua presença complicasse o processo. Só que em meio a tantos desastres – tudo ao mesmo tempo agora – uma luz brilhou. E essa luz chama-se Marcelo. 

Para tudo!!

 Marcelo é aquele tipo TDB, quase se formando em medicina, praticante de skifurfing, bem sucedido, independente, e com seu lindos 21 aninhos. Ai, ai... 

A conexão entre os dois é imediata. Ele era o dono da clínica de repouso onde a mãe de Piera estava internada. Isso quer dizer que ele estava intimamente ligado ao caso. E esse foi o motivo bom e justo para se verem sempre. 

Mas nossa heropina, apesar de bela e com tudo à sua volta para fazê-la feliz, preferiu entrar numa fase de “ó vida, ó azar”. E foram vários os momentos desses. Piera se sabotou tantas vezes, a sua felicidade, que tinha momentos em que eu queria me enfiar nas páginas do livro e dar-lhe umas boas sacudidas. 

Como assim dar o fora naquele cara lindo que estava absurdamente apaixonado por ela? Pois é, mas ela fez. E não foi uma vez só não. 
E na última vez em que ela decide mandá-lo às favas, não deu vinte dias e ela ficou sabendo que ele estava de casamento marcado. Pelo visto a história de repetiria, só que desta vez a culpa seria única e exclusivamente dela. 

Ele havia lutado pelos dois com todas as forças; a cortejara, a levara para viajar, fizera-lhe rir, mas ela estava ocupada demais achando que seu sofrimento era único e o maior do mundo. A fila andou... 

Como a vida às vezes parece que o espetáculo é o mesmo, só mudam os atores, lá estava ela mais uma olhando escondida o casamento de um ex, imaginando que a felicidade lhe escapou entre os dedos... E como ela era uma pessoa previsível, a vida decidiu que poderia ter uma nova chance e transformar o “Claro que te amo!” ofendido de André num “Claro que te amo!” de felicidades... 

O livro é direcionado ao público jovem, com linguagem bem atual. 

Várias músicas são citadas ao longo da história, todas bem conhecidas. Há várias citações engraçadas e que fazem pensar, como: 

“Uma tarde falando besteira... Isso dignifica a mulherada” 

Qual mulher não concorda com isso? Ou ainda:  

“A base da inveja não é desejar coisas boas para si, mas coisas ruins para o outro.” 

Forte, não? 

Uma história que fala de esperança, de resiliência, de segundas (e quem sabe terceiras) oportunidades, e de muito amor.  

Leia e divirta-se!!


Vânia Nunes

Um comentário:

  1. Adoro a Tammy Luciano os livros dela sempre trazem uma temática que me agrada, ADORO o "Sou toda errada" e pelo visto vou gostar desse também...


    Obrigada Vania pelas resenha ;)

    ResponderExcluir

Destile seu veneno, comente!

Ou receba as atualizações no seu email:

Delivered by FeedBurner

Posts Recentes

Últimos Comentários

As envenenadas pela maçã Ѽ by TwilightGirls RJ Ѽ - Copyright © 2012 - Todos os Direitos Reservados