11 de junho de 2013

Resenha: 'A Quinta Testemunha' da @Suma_Br



A quinta Testemunha
Autora: Michael Connelly
Editora:
 Suma de letras

Páginas:
 424

Ano: 2013

Compre:


 





Sinopse:


Haller vive tempos difíceis. A procura por advogados criminalistas em Los Angeles praticamente sumiu graças à crise econômica. Com cada vez menos clientes pagantes, ele se vê obrigado a expandir seus negócios para a defesa de processos de despejo, mudando de clientela. Em vez de manter os réus fora da prisão, ele agora precisa manter os inadimplentes dentro das próprias casas, na contramão da onda de despejos causados pela crise do mercado imobiliário. O cenário muda quando Lisa Trammel, uma de suas novas clientes, é acusada de assassinar o banqueiro que supostamente tentou lhe tomar a casa. Após oito meses da luta de Lisa, o CEO de seu banco, Mitchell Bondurant, é encontrado morto com um tiro na cabeça. Ela é a suspeita mais óbvia, graças à atenção negativa que havia recebido por suas atitudes contrárias à política de despejos.


Mickey se vê de volta ao seu lugar: protagonizando um caso que conquistou a atenção da mídia. Ele coloca sua equipe em ação para inocentar Lisa, tentando superar uma longa lista de provas comprometedoras, um promotor impiedoso e suas próprias suspeitas quanto à sua cliente. Logo, suas investigações começam a incomodar indivíduos poderosos, capazes de qualquer coisa para ocultar seus erros. Ao desbravar uma trilha infestada de segredos e ciente do perigo que corre, o advogado luta para montar a melhor defesa de sua carreira, em um julgamento no qual nada é exatamente o que parece. Para descobrir a verdade sobre o assassinato de Bondurant, Mickey será forçado a desenterrar duras verdades sobre si mesmo. 



Michael Connelly é nome conhecido entre os fãs de romance policial. Autor de grandes sucessos na lista dos mais vendidos como O Mirante e Echo Park, Connelly foi repórter policial e usa sua experiência para escrever seus livros. 
Seu último lançamento no Brasil pela Editora Sumas de Letras é Quinta Testemunha.

Nessa história, o advogado Mickey Haller está passando por dificuldades. Famoso criminalista, acaba mudando sua área de atuação para a defesa de processos de despejo graças à crise econômica. Ele cuida do caso da hipoteca de Lisa Trammel quando ela é acusada de assassinato. Assim, ele retorna ao mundo criminalístico para provar a inocência de sua cliente.

Uma das coisas boas nas histórias de Connely é o quão bem feito ele constrói a história. Nada de pontas soltas, nada de obviedade. Quando a gente acha que está no caminho certo, percebe que pegou o errado. 

É assim que acontece em Quinta Testemunha
Em meio ao cenário caótico da crise econômica que assolou os EUA e que teve seu cerne na crise imobiliária, os casos que Haller defende são justamente aqueles onde pessoas iludidas pelo desejo da casa própria e do sonho americano se vêm sem dinheiro para pagar aos credores e prestes a perder suas casas.

Michey é um personagem ótimo. 
Honesto consigo mesmo, charmoso e competente, ele está prestes a encarar o maior desafio de sua carreira. Se ele vencer o julgamento de Lisa ele se tornará o centro das atenções e aí talvez ele possa deixar de lado os casos de hipoteca. 
O problema é que a promotora que está no caso é uma mulher da qual ele nunca venceu um julgamento. Isso se torna um desafio extra, principalmente porque o caso atraiu atenção em massa da mídia.

Quanto mais avançamos as páginas, mais fatos chegam a nosso conhecimento e assim podemos desenhar um esboço do caso. O problema é que Lisa é desequilibrada – ou se faz de – e adora fazer as coisas da sua maneira. 

Mas isso é só fachada. 

Lisa é muito mais esperta do que deixa parecer e está disposta a tudo para tirar vantagem dessa história.

Gosto da equipe de Haller e da família dele. 
A equipe é extremamente competente e estão sempre que possível um passo a frente. 

Já a família composta pela filha adolescente e a ex-mulher, dão um toque de vulnerabilidade, o que o deixa mais próximo do leitor.

Para quem gosta de romance policial, Quinta Testemunha é uma leitura mais do que recomendada. Estimulante, instigante e extremamente bem construído. 

12 comentários:

  1. Oi Rê

    Estou com esse livro aqui mas ainda não o li, pretendo ler esse mês e já vi que vou gostar.
    Amiga,. vc leu "Reviravolta"? Não encontrei resenha aqui, eu adorei esse livro ( depois olha o que achei la no LMT : http://www.livrosminhaterapia.com/2013/06/coluna-raffa-fustagno-reviravolta.html)
    Assim como vc amo Connelly e sei que nem td mundo gosta de história policial como a dele mas me encanta isso dos tribunais e ele explica tão bem cada passo que não deixa margem a dúvidas né?

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia esse livro e nem o autor, leio poucos livros investigativos. Esta trama me pareceu bem interessante, os personagens são forte e peculiares e tem toda uma história por trás do que o advogado quer. Fiquei bastante instigada, e curiosa para saber se ela ganha o caso ou não e a Lisa também me deixou em dúvida, a mulher esconde alguma coisa né?! kkk Gostei da dica, vou anotar com certeza!

    Abraços,
    Raquel.

    ResponderExcluir
  3. Eu gosto de romances policiais mas não conhecia esse. Tenho que ler os do Harlan Coben também ... mas enfim, quando a história é bem desenvolvida, bem construída e o enredo me prende, acho um dos melhores gêneros literários.

    ResponderExcluir
  4. Comecei a ler livros policiais faz pouco tempo. Agora estou lendo Fique Comigo do Harlan Coben. Acho que essas narrativas mais de 'suspense' te prendem e te fazem querer ler tudo de uma vez. Acredito que esse seja o caso de Quinta testemunha, certo?
    O tema geral já tem aquele ar de questionamento e desconfiança que vão te envolvendo durante a trama, e se o autor constrói tão bem assim os personagens e a história como vc disse, não tem erro!
    Provavelmente a Lisa é uma surpresa no final? Pelo que vc falou eu fiquei com essa impressão ahahaha

    ResponderExcluir
  5. Amo romance policial!
    Com certeza vou ler esse!
    Amei a dica!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  6. UUhm... tá ai mais um pra eu me apaixonar!
    Vai pra lista de desejados já. :)

    ResponderExcluir
  7. Vi pouquíssimas resenhas dele. Na verdade, essa é a segunda. Com as duas deu pra ver que vale a pena, acho. É até que bem bom, a história tem tudo pra ser boa e provavelmente se fosse ler eu iria gostar. Mas acho que não vai dar...

    ResponderExcluir
  8. Confesso que esse livro não tinha me chamado muito a atenção pois estou um tanto enjoada dessa temática mas, amei essa parte ''...a gente acha que está no caminho certo, percebe que pegou o errado.'', sério, me ganhou! rs Adoro uma reviravolta! Quem não gosta? Resenha bem convincente, gostei muito!

    ResponderExcluir
  9. assim como a Cristiane não conhecia mais a fundo o livro, essa é a primeira resenha que leio dele, parece bom para quem curte o gênero e infelizmente esse não é meu foco no momento, estou mais a fim de romances mais doces, mais envolventes com aquela pitada de drama

    ResponderExcluir
  10. Nunca li nenhum livro deste autor, ou ainda desse gênero, um dia pretendo conhecer, mas tenho certeza que vou sentir falta da magia na história, e não gostar tanto da realidade rs.

    Miquilis: Bruna Costenaro

    ResponderExcluir
  11. não leio mts livros deste gênero, n conhecia mt bem o autor mas me pareceu q é bom mesmo... fiquei bastante curiosa com o desfecho da história, q parece ter mtas reviravoltas né? quem sabe eu leia o livro? ;)

    ResponderExcluir
  12. Adoro quando o autor trabalha bem o texto, não deixa acontecimentos pendentes na historia e nos surpreende, e parece o caso desse livro! Embora o autor seja bem conhecido, não tive o prazer de ler nenhum livro dele, mas com certeza A quinta testemunha, será o primeiro, eu adoro romances policiais, parabéns pela resenha, bjão!

    ResponderExcluir

Destile seu veneno, comente!

Ou receba as atualizações no seu email:

Delivered by FeedBurner

Posts Recentes

Últimos Comentários

As envenenadas pela maçã Ѽ by TwilightGirls RJ Ѽ - Copyright © 2012 - Todos os Direitos Reservados