30 de junho de 2013

Resenha: 'I Dream of Danger' - Lisa Marie Rice

Olá Envenenados,

Hoje é domingo e excepcionalmente trago para vocês uma resenha pra lá de especial!!

É que o livro em questão é de uma autora americana que ainda não foi publicada aqui no Brasil, mas faz um sucesso danado com a mulherada safadinha de plantão!! he he he he

Você já deve ter ouvido falar dela... é a querida... Lisa Marie Rice!!


O quê?? Você ainda não conhece a titia Lisa?????

Ela é tão, se não MAIS, foda que a nossa querida J.R.Ward!!

Isso mesmo...

As duas tem a habilidade fantástica de trazer para o papel e para os nossos sonhos... Homens, com H maiúsculo, que são tão fodásticos que a gente termina um livro e já corre para o outro cheia de tesão na veia!! Afff...

Pois bem... I Dream of Danger é o segundo livro da série... A Ghost Ops Novel e será lançado nos EUA no dia 2 de julho... semana que vem!!

"Mas como assim o Envenenadas já vai lançar a resenha do livro, Math?!"

É que eu tenho 'contatos imediatos literários pervos de 1º grau', entenderam?? ha ha ha ha ha

Na semana passada a queridíssima Vânia do blog A Borboleta que Lê me convidou para fazer parte de uma manifestação (vamos aproveitar que tá na moda) para trazer os livros da titia Lisa para o Brasil. E a danada entrou em contato com a autora que ficou maravilhada com a ideia e liberou além de sua simpatia ímpar... uma entrevista exclusiva para a Vânia e ainda o livro para algumas blogueiras brasileiras se deliciarem e lerem antes do lançamento!!

Essa mulher é foda mesmo!! ( A Vânia e a Lisa)

"Mas, Math... você sabe ler em inglês??"

Mas que pergunta indiscreta é essa!?!?! 
Bem, eu não disse que tinha 'contatos'??? Quem tem contatos não precisa nem aprender inglês... já tem uma tradutora de plantão para estas horas de necessidades blogueiras...

Para suprir esta minha falta...eis que Vânia me apresentou a Tainá (eu disse que ela era foda!)... uma baiana fofa e linda que se prontificou a resenhar para nós!!

Então, lá vai...


Ficha técnica: I Dream of Danger (Ghost OPS #2)

Autora: Lisa Marie Rice
Editora: Avon Books/ Harper Collins Publishers
Lançamento original: 02 de julho de 2013
Lançamento BR: ainda não (chora mulherada)
304 páginas


Sinopse

Eles são da Operação Fantasma: um esquadrão secreto de soldados super-elite. Depois de sua equipe ter sido traída e massacrada, os três membros sobreviventes construíram Haven, uma comunidade  subterrânea, uma comunidade de desajustados e gênios. Agora eles estão em uma encruzilhada, diante de uma nova ameaça capaz de destruir tudo o que lhes é mais caro.

Quando Nick Ross desaparece da vida de Elle Thomason, é certo que ela nunca vai ver o homem que  ama de novo, exceto em seus sonhos. Dez anos mais tarde, como uma pesquisadora respeitada, desbravando novos caminhos em fenômenos psíquicos, ela envia a Nick um pedido desesperado por ajuda. Um por um, seus colegas começaram a desaparecer... e Elle sabe que ela será a próxima. 
Como um soldado de elite, Nick nunca quis machucar Elle, por isso manteve-se longe e, em seguida, ela desapareceu. Agora, preocupado com extraordinários e vívidos sonhos  de Elle em perigo, Nick vai resgatar a única mulher que ele sempre quis e trazê-la de volta com ele para Haven.




"Uau!" Essa é a palavra que veio a minha mente depois que terminei este livro. Mas é mais como um sentimento que uma expressão... Agora eu posso respirar de novo.

"I dream of danger " é o próximo livro de Lisa Marie Rice, e é o segundo no "The Ghost Ops" série. 
O livro deve ser lançado no próximo 02 de julho e infelizmente não será lançado no Brasil...

Eu nunca havia lido um livro de Lisa Marie Rice, então por que começar agora com um segundo livro de uma série que eu nem conhecia???. 
A resposta é simples, eu AMO ler e uma amiga, que é louca pelos livros de Lisa Marie Rice, está decidida e empenhada a trazê-los para o Brasil, por isso precisávamos de resenhas em Português e uma vez que o livro é em Inglês quis ser voluntaria para sua leitura e resenha. 
Por último, mas não menos importante, eu estou sempre pronta para descobrir novos livros e autores (novos para mim pelo que eu percebi :D).

Voltando para o livro, eu nunca ia conseguir ler "I Dream of Danger" sem ler o primeiro livro da serie "Heart of Danger" antes. Lembre-se que eu não conhecia o trabalho da autora e tem o fato de eu ser CRAZY no que diz respeito a ler os livros em ordem de lançamento.

Então, lá fui eu ler o primeiro livro da série Ghost Ops! 
Aqui eu tenho que confessar a verdade e dizer que eu não sou fã de livros futuristas e paranormais, sem falar que não curto histórias fantasiosas sobre militares (nada contra não apenas não é a minha preferência). Mas o negócio é que o livro acabou sendo uma grande surpresa, porque tinha tudo que evito num livro e ainda assim encontrei-me incapaz de colocá-lo de lado...eu tinha que terminar o livro ou não ia dormir!!! 

Há muita ação, mistério e romance super HOTS. Mas o que realmente me chamou atenção foram os personagens. Mesmo a história tendo um ritmo bastante rápido (ao ponto de você se perder as vezes  porque há muitas coisas acontecendo ao mesmo tempo), você fica com uma sensação de que toda a informação que tem no livro não é suficiente para saciar seu interesse nos personagens. 
Você simplesmente fica querendo mais e não vê a hora de continuar lendo os próximos livros para saber mais sobre eles ... Quando você menos espera só quer mais de tudo o que a Rice oferece com suas histórias.

Então, vamos para "I Dream of Danger". 
A verdade (mais uma vez) é que eu não estava esperando muito. Por quê? Há tantas coisas acontecendo ao mesmo tempo, durante um enredo que acontece muito rápido, que não acreditava que o livro iria me agradar tanto... Mas, eu estava totalmente enganada... 

O livro foi muito (muito) melhor do que eu estava esperando!!!

Ele começa contando a história de Nick. Nick Ross é um dos Ghots Ops (que conhecemos no primeiro livro, e eu não vou mais falar sobre ele. Se você não leu ainda, pára de ler esta resenha e vaicorrendo ler "Heart of Danger" ASAP – as soon as possible) e começamos a descobri suas razões para entrar no serviço militar e mais tarde juntar-se aos Ghots Ops, além do que aconteceu em sua vida 10 anos antes.

Também, no início, somos apresentados a Elle Thomason (que logo se torna Dra. Elle Connolly) , grande paixão de Nick e uma parte importante do passado dele. 

Paralelo a história de Nick e Elle, a trama principal continua com o Dr. Lee (o principal vilão) ficando mais louco a cada capítulo, e com a crescente comunidade em Heaven (a “cidade” criada por eles).

Conseguimos ver um pouco mais dos outros personagens, como Stella e Capitão Ward (ele está ficando melhor a cada dia). E deixe-me dizer-lhes, apenas lendo a breve cena deles, valeu por todo o livro. (Podem me chamar de romântica se quiser.)

Eu me apaixonei por Jon (outro Ghots Ops)! E estou morrendo de curiosidade sobre a misteriosa Sophie.

Mais uma vez a essência dos personagens é o que me fez gostar tanto do livro e com certeza agora posso ser contada com uma das fãs de Lisa Marie Rice. 

A maneira como  vejo o livro dela é que ele não é apenas sobre a ação, todo o cenário futurístico (o que é muito impressionante), os poderes paranormais, é também e em grande parte sobre as pessoas que fazem parte da história. 
Rice criou personagens muito complexos que querendo ou não te encantam de alguma forma.

Falando sobre a ação, o que foi aquilo??? 
Às vezes eu não conseguia nem respirar ou piscar com medo de perder algum detalhe. E a autora não para por aí, ela continua a mudar a direção da história. 
Quando você tem certeza que o enredo está indo para um lado, Lisa Marie vem e muda tudo, ou melhor, acrescenta mais pimenta..rs. É fantástico!!

Então, é isso, “UAU!! 

Mal posso esperar pelo terceiro (não ficaria surpresa se muitos outros vieram depois).

Não posso esquecer a melhor cena de "jantar" que já li, logo na primeira parte do livro. Curioso? Vá buscar o seu!

Obrigada Vânia (http://aborboletaquele.blogspot.com.br) , pelo convite para ler este livro,  Edelweiss  e Avon Book por nos disponibilizar cópias mesmo antes de lançarem o livro, pela equipe do Envenenadas por postar esta resenha e para a Lisa Marie Rice por este maravilhoso livro.

Então...




Resenha em Inglês


“Wow!!” That’s the word that came to my mind after I finished this book. But it´s more like a feeling of awe. Now I can breathe again.

“I dream of danger” is the upcoming book of Lisa Marie Rice and it’s the second in the “The Ghosts Ops” series. The book is to be released next July 2nd.

I have never read a book from Lisa Marie Rice, so why start now with a second book of a series that I never knew about. That’s simple I love to read and a friend of mine who loves Rice’s books is set to bring them to Brazil so we need reviews in Portuguese and since the book is in English I volunteer to read it. And last but not least I am always up for new books and authors (new for me as far as I can see).

Back to the book, I couldn’t read “I Dream of Danger” without reading the first book “Heart of Danger” before. Remember I didn’t know Rice’s work before and also because I am crazy about reading books in order of release.

So there I was reading the first book of the Ghost Ops and I have to tell the truth I am not into futuristic and paranormal books and also don’t really like when they write about military guys (nothing against it just not my thing). But the thing is the book end up being a great surprise because it had everything I avoid in a book and still I found myself unable to put it aside. There is a lot of action, mystery and steamy romance. But what really got my attention were the characters. Even though the book is fast paced and because there is many things happening at the same time you stay with a feeling you didn´t get enough of them, you just know they are so much more them they already show in the book. You just have to keep reading to learn more about them…when you least expect you just want more of everything Rice’s can give with the stories.

So here I start with “I Dream of Danger”. The truth (again) I was not expecting much. Why’s that?? There is so many things going on at the same time, during a pretty fast plot, you just don’t believe the book will satisfy… But, I was sooo wrong... The book was WAY WAY better than I was hoping for.

It starts telling us about Nick’s story. Nick Ross is one of the Ghost Ops (we met him in the first book, and I am not talking about that one anymore, if you haven’t read it yet, stopping reading this review a go read “Heart of Danger” ASAP) and we get to learn how he end up in the military and later with the Ghost Ops, and what happened in his life 10 years before. We also met Elle Thomason (who latter becomes Dr. Elle Connolly) love affair and important part of Nick’s past. Parallel to Nick and Elle’s story, the main plot continues with Dr. Lee (the main villain) getting crazier each chapter, and the growing community at Heaven. We got see a bit more of the other characters such as Stella and Capitan Ward (he is getting better each day). And let me tell you just reading their short moment pay of the whole book. (Call me a romantic if you may.)

I am also in love with John (another Ghost Ops)!!! And curious about the mysterious Sophie.
Again the essence of the characters is what makes me like so much the books and became (for sure) a fan of Lisa Marie Rice. The way I understand it Rice´s book is not just about the action and the whole futuristic scenarios (which is very impressive) and the paranormal stuff, it is a lot about the people as well, Rice created very complex characters.

Talking about action, what was that????  Sometimes I couldn’t even breathe or blink afraid I’d miss something.  And Rice doesn’t stop there she keeps changing the “wheels” of the story. When you are sure this is going one way Lisa Marie just throws you in the air... and it’s is effing fantastic!!!!!

So, yeah, WOW!! Can’t wait for the third one (wouldn’t be surprised if lots more came after).

Don’t let me forget the best “dinner” I ever read about in the first part of the book J Curious?? Go get yours!!


Thank you Vânia (http://aborboletaquele.blogspot.com.br) , for inviting me to read this book,  Edelweiss  and Avon Book for making it available for us, and the guys from http://asenvenenadaspelamaca.blogspot.com.br , for posting this review and  Lisa Marie Rice for this great book.



Tainá é uma baiana de 25 anos, viciada em ler e romântica de carteirinha!!
Adora viajar e ir ao cinema...
Está entrando para a equipe envenenada com a intenção de nos apresentar lançamentos americanos que ainda não chegaram aqui em terras tupiniquins!!
Ela promete nos atualizar e nos viciar...
Tem alguém aí correndo pro cursinho de inglês?? ;-)






Agora galera envenenada... corre para ler a entrevista maravilhosa que a autora deu para Vânia... é só clicar aqui!! Vale a pena ler!!

E conto com a ajuda de vocês para divulgar a autora pelo Facebook a fora, pois precisamos de uma editora que seja corajosa e traga para o Brasil os livros da titia Lisa...

Divulgue a imagem...



Usem o amigo Google para procurar por mais séries maravilhosas da Lisa, gentem...

TODAS elas são fodásticas!! rs

Beijocas,

Promoção 1 livro por semana! #2.6

Bom dia envenenados,
Preparados para mais uma semana de promoções aqui no blog?

Dando continuidade a nossa segunda promoção de um livro por semana...olhem os livros que estão valendo dessa vez!



Lembrando que...

Esta é uma promo para quem é seguidor e que está sempre por aqui comentando nossos posts.


  • Qual seu número? - Novo Conceito
  • O que você quiser - Editora Planeta
  • A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista - Galera Record
  • Simplesmente Ana - Novo Conceito
  • Coração de Bilionário - Quinta Essência
  • Lua de Mel - Arqueiro
  • O livro da Loucura e das Curas - Novo Conceito
  • O Momento Mágico - Novo Conceito

Para participar é fácil...

Você precisa comentar em TODAS as postagens da semana (de domingo a sábado) e caprichar... compartilhe conosco sua opinião!

Todo sábado, sortearemos via Random.org um comentarista entre todos aqueles que deixarem aqui nesta postagem um comentário tipo "Estou participando!", seu nome e nome de seguidor do blog!! .

O resultado será divulgado depois das 18 horas!

 Então, os comentários que entrarem até as 17 horas serão considerados válidos!!

O ganhador poderá escolher seu livro!!

Para validar sua participação, você deve seguir o blog e ter endereço de entrega do prêmio no Brasil.

Aproveite e siga nossa página no Face clicando aqui!!

Contamos com sua participação e boa sorte!!

Beijocas,

29 de junho de 2013

Resultado: Promoção 1 livro por semana! #2.5

Boa Noite Envenenados!!!

A quarta semana da nossa promoção chegou ao fim, e está na hora de divulgarmos quem foi o sortudo que poderá escolher e receber em casa um desses livrinhos.... 

  


Muiiito obrigada a todos que tem participado, comentado durante toda semana, divulgando para todos... 
Se nossa promoção é um sucesso é por causa de vocês!!!

E o leitor sorteado essa semana foi ...


Adriana Oliveira

Parabéns querida, você seguiu todas as regras agora só falta nos enviar um email para:


Com seu endereço completo e qual dos livros você quer! Lembrando que os títulos dessa promoção são:

  • Qual é o seu número?;
  • A probabilidade estatística do amor à primeira vista;
  • Simplesmente Ana;
  • O que você quiser;
  • Lua de mel;
  • O momento mágico;
  • Coração de bilionário;
  • O livro da loucura e das curas.
Continuem participando, amanhã começa mais uma semana de promoção!

Beijinhos,


Resultado de Promoção: Entre o Agora e o Nunca, @Suma_BR

Bom dia, envenenados!!



Todos ansiosos ara saber quem ganhou a promoção de "Entre o Agora e o Nunca" em parceria com a Suma de Letras? Antes de anunciar o vencedor, a equipe das Envenenadas agradece a todos vocês que participaram dessa promoção.

Então, antes que eu mate todos vocês do coração, vamos ao resultado:


Parabéns, Rafa Moura! Envie seu endereço para o e-mail: renata.envenenadas@gmail.com. Encaminharei seus dados para a editora.

Até a próxima, pessoal!

Beijos


28 de junho de 2013

Sexta Envenenada: Duncan´s Bride

“Eu quero uma casa no campo
Onde eu possa compor muitos rocks rurais
E tenha somente a certeza
Dos amigos do peito e nada mais
Eu quero uma casa no campo
Onde eu possa ficar no tamanho da paz
E tenha somente a certeza
Dos limites do corpo e nada mais
Eu quero carneiros e cabras
Pastando solenes no meu jardim
Eu quero o silêncio das línguas cansadas
Eu quero a esperança de óculos
E meu filho de cuca legal
Eu quero plantar e colher com a mão
A pimenta e o sal
Eu quero uma casa no campo
Do tamanho ideal, pau-a-pique e sapé
Onde eu possa plantar meus amigos
Meus discos e livros e nada mais
Onde eu possa plantar meus amigos
Meus discos, meus livros e nada mais
Onde eu possa plantar meus amigos
Meus discos e livros e nada mais”
Elis Regina


Olá, Envenenados!

Estamos de volta com mais uma Sexta.
Que semana agitada, em tantos sentidos. Em vários estados, cidades e bairros deste país pudemos ver as manifestações da população. Conseguimos algumas vitórias, pequenas, de fato, mas reais. E, pelo cenário atual, dá para sentir que o brasileiro encontrou o caminho.
Vamos continuar acreditando que as mudanças estão chegando, não será fácil – nunca é – ainda temos um longo caminho a percorrer, mas já encontramos a direção, agora é não nos desviarmos dela.
Vamos nessa, meu Brasil, agora é a hora de mostrar quem somos e o que podemos fazer.
Falando em enfrentar o próprio destino, hoje resolvi trazer um dos absintos pelo qual tenho o maior carinho. Infelizmente ele é personagem de um livro já antigo, que foi publicado há muito tempo pela Nova Cultural, numa edição de banca que, infelizmente eu não possuo.
Estou falando de Reese Duncan, protagonista de Duncan´s Bride (Esposa ou Amante, na antiga edição de banca), da minha Rainha do Romance Linda Howard.
Como eu gostaria de ver este livro, entre tantos outros, numa edição nova e de livraria, ou até mesmo de banca – que o diga meu jornaleiro, porque vivo enchendo “os pacova” dele perguntando se já chegou alguma coisa da Linda.
Na verdade, há tantos livros, tantos autores de qualidade que deveriam estar entre nossas prateleiras, que seria difícil (não impossível) dar conta.
Mas Reese é o cara que eu queria para mim. É o maior dos cabeça-dura do mundo literário que eu já vi. Mas é, ao mesmo tempo, apaixonante.
Ele vive em seu rancho em Montana. Depois de um divórcio nada amigável, ele vive à beira da ruína, pois precisa cuidar sozinho do gado, do rancho e de si mesmo.
Até que ele resolve que precisa de alguém que, além de ajudá-lo nessa empreitada também lhe dê herdeiros. Mas não quer passar por um casamento traumático novamente e também não tem tempo nem dinheiro para desperdiçar na procura e sedução de uma mulher. Até porque o que ele quer é alguém que cuide da casa, não lhe aborreça, mas que principalmente encha a casa de guris.
Machista, né?
Também achei. Embora eu não me considere uma feminista, tive gana de estrangulá-lo várias vezes durante a leitura. Mas, na maioria das vezes, eu queria mesmo alguém como ele, porque Reese tem seus motivos para agir assim e muitos... muitos atrativos.
Para descomplicar tudo, ele decide colocar um anúncio no jornal para procurar candidatas para a vaga de esposa. Sério, isso acontece de verdade. A história é ambientada nos anos de 1990, mas ainda hoje muitas pessoas recorrem a esses artifícios para encontrar um par, só que atualmente há vários sites de relacionamentos.
Enfim, Reese publica o seguinte anúncio:
 “Procura-se esposa para rancheiro empreendedor. Precisa ter caráter sólido, desejo de ter filhos e disponibilidade para trabalhar em um rancho. Deve ter, preferencialmente, entre vinte e cinco e trinta e cinco anos.”
Madelyn Sanger Patterson vive e trabalha em Nova Iorque, na empresa de seu irmão Robert Cannon (quem acompanha esta humilde coluna deve se lembrar dele em Amando Evangeline) e, portanto, a uma vida de distância de Reese Duncan.
Tinha uma vida confortável e fácil, seu trabalho era talvez simples demais e era exatamente isso que a incomodava. Queria algo mais, ser útil de verdade. Por mais que sua aparência demonstrasse isso, não era uma dondoca.
Ao sentar-se em sua sala, faz a única coisa que lhe restava, que era abrir o jornal de Omaha, que sua amiga Christine recebia periodicamente, para ficar em dia com as notícias locais.
Os jornais de outras cidades a encantavam, em particular os pequenos, com suas edições semanais que, mais do que qualquer outra coisa, eram colunas que falavam de uma vida cotidiana. O diário de Omaha era grande para isso, mas ainda assim tinha um sabor do meio oeste, que lhe fazia lembrar de que certamente existia vida fora de Manhattan. A cidade era tão grande e complexa que aqueles que viviam nela tendiam a ser absorvidos por sua dinâmica. Constantemente procurava saídas para outros estilos de vida, não porque Nova York lhe desagradasse, e sim porque tudo estimulava sua curiosidade.
Pulou a seção Internacional, porque era semelhante a de Nova York, leu as notícias do meio oeste e as locais, para inteirar-se de que a seca afetava granjeiros e rancheiros, mas proporcionava um negócio lucrativo para os matadouros, e também para se saber de quem tinha se casado ou estava em vias de. Leu os anúncios de vendas, comparou o preço das propriedades em Omaha com os de Nova York, e como sempre ficou assombrada pela diferença. Passava os olhos pelos classificados quando um na seção Pessoal chamou sua atenção.
Procura-se esposa para rancheiro empreendedor. Precisa ter caráter sólido, desejo de ter filhos e disponibilidade para trabalhar em um rancho. Deve ter, preferencialmente, entre vinte e cinco e trinta e cinco anos.”
As interessadas deviriam entrar em contato com o citado rancheiro empreendedor numa caixa postal dos correios de Billings, Montana.
De imediato captou a atenção de Madelyn, cuja imaginação ficou estimulada pelo anúncio, ainda que não tivesse certeza se deveria sentir-se divertida ou indignada. O homem praticamente pedia uma mistura de égua e empregada de rancho. Por outro lado, fora brutalmente honesto a respeito de suas expectativas, o que já era uma brisa de ar fresco, depois de alguns anúncios pessoais que viu nos diários e revistas de Nova York. [...]
Aquilo a intrigava: como pessoas poderiam relacionar-se assim, com tamanha impessoalidade de um anúncio de classificados de um jornal? Mas uma coisa era certa: havia dezenas de pessoas buscando companhia através de anúncios. Não que este fosse seu problema, ela não estava em busca de relacionamentos. Não. Definitivamente não.
Mas movida pela curiosidade, e muito mais pela inércia e necessidade de fazer algo que desse uma reviravolta em sua vida, Madelyn, num impulso, responde ao anúncio.
A partir daqui a emoção começa. Para ambos.
O meu ogro literário favorito, obviamente fica surpreso ao receber uma resposta de uma moça da cidade. O que poderia ela estar querendo? Das três respostas que recebera, aquela era a que mais chamava sua atenção, não que fosse a escolhida, claro que não – o que uma mulher fina da cidade de Nova York faria num rancho que tentava se reerguer?
Não, ele não cairia nessa novamente. Mas, só por curiosidade ele entra em contato com ela e combinam uma visita. Madelyn teria que ir ao rancho para ver, por si mesma, a vida que ele pode lhe oferecer.
Desde o primeiro contato visual, ainda no aeroporto, a reação de ambos é quente, avassaladora.
“Devia ser o homem que estava apoiado no balcão de informações. Usava um chapéu, de maneira que não dava para ver rosto, mas era magro e estava em boa forma. Um sorriso dançava em seus lábios. Iam se conhecer, seriam corteses um com outro, passariam um dia agradável juntos, e no dia seguinte apertaria sua mão e lhe diria que havia aproveitado a visita e que ali terminava tudo. Tudo seria muito civilizado e moderado, tal como a ela gostava...
Ele ergueu o rosto e virou o corpo em sua direção. Madelyn sentiu seus olhos se fixando nela e adquirindo mais intensidade.
Seu andar relaxado vacilou... depois se deteve por completo. Permaneceu paralisada no meio do aeroporto, incapaz de dar outro passo. Nunca havia acontecido algo assim com ela antes, mas era incapaz de se controlar. Estava aturdida demais. O coração batia com força, seguindo um ritmo doloroso. Respirava de forma entrecortada; a bolsa escapuliu entre os dedos e aterrissou no chão.
Sentia-se tola, mas não se importava. Não podia deixar de olhá-lo.
Não era mais do que luxúria. Não podia ser outra coisa, não à primeira vista. O pânico a dominou ante a ideia de que pudesse ser outra coisa. ‘Só luxúria’, repetiu para si mesma.
Não era o homem mais atraente que havia visto, porque Nova York estava cheio de homens estupendos, mas não importava. De todas as formas que importavam, todas as formas primitivas e instintivas, incluindo a química, eletricidade, biologia ou o que fosse, era devastador. O homem irradiava sexo. Santo Deus, por que tivera que pedir uma esposa por um anúncio?
Media, no mínimo, um metro oitenta e cinco e tinha os músculos de aço de um homem que realizara exercícios físicos pesados todos os dias de sua vida. Estava muito bronzeado, e seu cabelo, ou o que podia ver embaixo do chapéu, era castanho escuro, quase negro. Tinha uma mandíbula bem formada, e o queixo quadrado, boca firme e emoldurada por um par de covinhas. Não vestiu nada especial para ir procurá-la, a não ser uma simples camisa branca com as mangas dobradas, um jeans velho e botas desgastadas.
Nenhuma das imagens que passou por sua mente excitada a havia preparado para isso. O primeiro pensamento que teve foi o de fugir, mas não podia se mover.
O primeiro pensamento de Reese foi que gostaria levá-la para a cama, mas que seria impossível tê-la como esposa.
Era tudo o que havia temido que seria: uma mulher da cidade, sofisticada, que não sabia absolutamente nada de um rancho. Era óbvio: desde seu sedoso cabelo loiro até a ponta de seus sapatos caros.”
Esta é a magia dos romances bem elaborados, bem escritos: conseguem nos transportar para o lugar dos personagens e perceber os mesmos detalhes que eles percebem, ter as mesmas sensações que eles têm.
Conheci Reese e Madelyn há uns dez anos ou mais, já li sua história incontáveis vezes – algumas pessoas me questionam o fato de reler meus livros; se isso não é normal, então eu sou anormal, nada me faz melhor do que ler uma história que já conheço e que me faz sentir as mesmas reações como se fosse a primeira vez. Enfim, sei que já disse isso de vários casais aqui ,nas quase 50 colunas escritas neste espaço, mas eu simplesmente sou apaixonada por Reese e Madelyn.
Ele é um homem rígido e cauteloso porque a vida o forçou a isso e Madelyn é doçura e leveza, embora seja uma mulher de fibra, prática e inteligente. Assim, ambos nos garantem uma história riquíssima, embora esta seja centrada apenas nos dois, praticamente.
Este casal não permite que a história seja entediante, pelo contrário. Suas conversas, seus atritos, seus encontros sexuais são sempre inusitados, o que rende muito para nossa imaginação.
Eles vivem se desafiando o tempo todo e, embora eu sempre torça pelo cara, Madelyn é a heroína nesta história. Sem ter planejado nada, será ela quem tomará as rédeas, tanto de Resse, quando de sua vida nas mãos.
Há muito a se contar, muitas emoções a se viver neste texto, cujo título em português eu não aprecio muito, mas que ficará para sempre na lista dos meus favoritos. Mais uma vez Linda Howard prova porque é minha autora do coração.
Eu vou ficando por aqui, na expectativa por mais mudanças em nossas vidas também, me aconchegando e sonhando com uma casa no campo, para ouvir muitos rocks rurais e “Onde eu possa plantar meus amigos, meus discos e livros e nada mais...”
Fiquem bem e Carpe Diem!

27 de junho de 2013

Resenha: No Limite da Atração da @Verus_Editora

Olá Envenenados,

         Todo mundo que de alguma maneira está envolvido no mundo literário, porque devora livros ou porque gosta de uma boa indicação, sabe que um novo gênero tem tomado conta de boa parte dos lançamentos. Não eu não estou falando dos livros com temática hot, mas sim do "New Adult" (vocês podem ler uma explicação mais completa feita pela Tita Mirra AQUI)

       Um exemplo bem conhecido é o Belo Desastre lançado a algum tempo pela Verus. 

      Para espantar um pouco da saudade, e da ansiedade pelo próximo livro, do Travis Maddox e nos deixar ainda mais apaixonadas por esse gênero a editora lançou "No limite da atração"...


No limite da Atração
Autora: Katie McGarry
Editora:
 Verus Editora

Páginas:
 364

Ano: 2013

Compre:


 







Sinopse

Ninguém sabe o que aconteceu na noite em que Echo Emerson, uma das garotas mais populares da escola, se transformou em uma “esquisita” cheia de cicatrizes nos braços e alvo preferencial de fofocas. 
Nem a própria Echo consegue se lembrar de toda a verdade sobre aquela noite terrível. 

Ela só gostaria que as coisas voltassem ao normal.

Quando Noah Hutchins, o cara lindo e solitário de jaqueta de couro, entra na vida de Echo, com sua atitude durona e sua surpreendente capacidade de compreendê-la, o mundo dela se modifica de maneiras que ela nunca poderia ter imaginado.

 Supostamente, eles não têm nada em comum. 

E, com os segredos que ambos escondem, ficar juntos vai se mostrar uma tarefa extremamente complicada.

Ainda assim, é impossível ignorar a atração entre eles. 

E Echo vai ter de se perguntar até onde é capaz de ir e o que está disposta a arriscar pelo único cara que pode ensiná-la a amar novamente. 

No limite da atração é um livro sexy e envolvente sobre o amor de duas pessoas que estão perdidas e que juntas tentam desesperadamente se encontrar.




Em No Limite da Atração, temos a estória de Echo que sempre foi a garota do momento no colégio, namorava o cara mais bonito e desejado, era um exemplo a ser seguido pela outras meninas. Até que um dia ela acorda no hospital com cortes por todo o corpo e sem se lembrar de como isso aconteceu.

Sua vida já não estava sendo fácil antes desse acontecimento; seu irmão Aires morreu defendendo o país na guerra e seu pai se casou com sua babá que está grávida preste a ter o bebê... tudo isso faz com que ela se afaste de todos na escola e comece a ser taxada de esquisita.

Em paralelo somos apresentados a estória de Noah, um cara "perigoso" cheio de charme que só anda com a galera barra pesada do colégio. Aos poucos vamos entendendo o porque disso tudo... Ele perdeu os pais, e a guarda dos irmãos, quando um terrível incêndio acontece em sua casa.

O caminho dos dois se cruzam quando a Sra. Collins, a nova assistente social do colégio, propõem a  Echo que ela vire monitora do Noah para conseguir o dinheiro que precisa para reformar o carro de seu irmão (já que seu pai não quer ajudar).

" - Eu disse que seria monitora dele, não que levaria o cara pro baile de formatura. Além do mais, pelo que ouvi dizer, muitas meninas passaram por ali e adoraram cada segundo. " Pág. 27

E para Noah a monitoria o ajudará a "ganhar pontos" com a assistente social dos irmão, facilitando assim o pedido de guarda que ele fará quando se formar no colégio com boas notas.

Como todo bom relacionamento "new adult" da ficção; os primeiros encontros são recheados daquela tensão em que os dois sentem uma atração mas não querem ceder... mas o que mais surpreende, e que eles não esperavam é que todas as dores e tormentos que sofrem fossem tão parecidos.

"Eu entendia o ritmo dela. Aquele sentimento de que tudo por dentro estava girando a ponto de você explodir se não encontrasse uma saída. Tive muita vontade de ajudar a Echo a ter paz." Pág. 94

Intenso, romântico e divertido... No limite da atração é uma visita ao mundo de dois jovens que estão chegando a idade adulta com uma carga de tristezas e inseguranças, que juntos vão aprender a lidar com todas as emoções e escolhas.

Mas é lindo ver como o amor é maravilhoso e forte!!

"- Porque crescer significa fazer escolhas difíceis  e fazer a coisa certa nem sempre significa fazer ou faz a gente se sentir bem." Pág.339

Ou receba as atualizações no seu email:

Delivered by FeedBurner

Posts Recentes

Últimos Comentários

As envenenadas pela maçã Ѽ by TwilightGirls RJ Ѽ - Copyright © 2012 - Todos os Direitos Reservados