6 de abril de 2013

Então por que você ainda não assiste The Walking Dead?


Você: Ah, Caíque, esse negócio de zumbi tá muito modinha, só curto 'Thriller' mesmo...
Eu: Mas podemos dizer que The Walking Dead foi o boom de toda essa onda pós-morte, então deve ter algo que valha a pena assistir, nė. Eu mesmo era bem relutante em começar a ver, mas peguei uma maratona na FOX e não parei. Eles conseguem trabalhar aquilo que sempre quisemos saber sobre o Apocalipse Z e nunca tivemos a chance, por se tratar de filmes e tal. Seriados são mais expansivos na questão do conteúdo e aproveitamos tudo por mais tempo!


Você: Ok, você e sua mágica com as palavras... Mas eu só sei que ela é a tal série famosinha de zumbis que todo mundo comenta e eu nunca vi.
The Walking Dead conta a história da consequência de um apocalipse zombi; seguindo um pequeno grupo de sobreviventes, viajando por um desolado Estados Unidos à procura de uma nova casa longe das hordas de mortos vivos. O grupo é liderado por Rick Grimes, que era o xerife de polícia de uma pequena cidade da Georgia, antes do surto de zumbis. Enquanto sua situação fica mais perigosa, o desespero do grupo para sobreviver leva-os a beira da insanidade.
Ah, nem tá tão ruim assim...
Eu: E como eu sempre digo, as séries são muito mais do que as sinopses podem descrever. Não dá para dizer em um parágrafo o quanto ou o porquê TWD vale a pena ser assistido. A agonia de não saber quem será a próxima vítima e as possibilidades de fazer com que ele simplesmente morra ou se torne um zumbi, focando o lado mais dramático da coisa, como as crianças cresceriam em mundo como aquele, a noção de poder e dever em meio ao caos, as necessidades humanas em seus instintos de sobrevivência. Não é pura matança, é entretenimento inteligente. É quase um Saramago, pondo o dedo na ferida dos defeitos humanos e exibindo-os sem pudor algum.
 
Você: Beleza, lelek... Mas esses baguio é só tiro e porrada, nem tem história direito...

HEREGE!
Eu: O roteiro não deixa a desejar, posso garantir. Sempre encontram ganchos absurdos entre um episódio e outro; assim somos levados a acompanhar uma temporada inteira de muitos ruídos, óbitos e salve-se quem puder. Cada uma delas se passa em local com o mesmo grupo de sobreviventes - talvez com menos membros e alguns novos com o decorrer da trama - e é uma ótima renovação para todo o esquema, sempre obrigando-os a se readaptar a novas realidades dentro do fim do mundo. Arriscado, mas bastante genioso.

Você: Mas ė adaptado de uma HQ, né? Pô, será que difere muito uma parada da outra ou eu preciso ler os quadrinhos também pra entender tudo? 
Eu: Normalmente uma coisa leva à outra... Ou não. No meu caso, por exemplo, eu só vejo à série, mas você pode se interessar tanto e querer ler também. aTem aquelas palhaçadas de fãs que se acham mais fãs que outros por lerem a HQ, mas isso é uma guerrinha da qual não vai quer participar. Aproveita e relaxa aí.

Fui claro?
Você: TÔ RELAXADO, TÔ RELAXADO!
Eu: Beleza então, pô. tô entediado e bocejando Quer saber dos personagens?

Você: Craro, ném. 
Eu: Tá... Só... Não me chama assim... 

vida l0k4
Você: ...
Eu: Enfim... O show tem essa realidade escancarada de como realmente as coisas seriam se algo assim acontecesse, então os atores são perfeitos em encenar pessoas comuns que se tornam novos seres humanos ao terem que conviver com tiros, caçadas, fugas, incertezas e a busca pela sobrevivência. O elenco se encaixa sem erros nessa descrição e tudo que executam é extremamente crível.


Você: Pô, cara, maneiríssimo, aí. Me amarro nessa parada de efeitos especiais pra transformar as pessoas em zumbis!
Eu: Então vai aproveitar mesmo, porque a AMC não mede esforços para fazer tudo ser o mais fiel possível à realidade proposta nossa que coisa louca que eu falei; tem muita coisa que não é pra gente com estômago fraco, por isso esteja avisado... Mas, na maioria das vezes, quando não é uma cena agonizante que você fica se corroendo pra tudo acabar bem e logo, os “mordedores” são bem engraçados. 

Mané engraçado, nóis eh tiro porrada i bomba
Você: Gente que vaga por aí comendo gente. Mó vibe.

À parmegiana.
Eu: Super. E eu não faço jus a quanto TWD mescla drama, ação, aventura, suspense, terror e muita biscatice – quando assistir, vai entender, rsrsrs – com inteligência, bom investimento e alegria de morrer. É assistir um, dois e daqui a pouco está terminando a terceira temporada e pedindo pra outubro chegar logo com o quarta!

Você: É, essa parada de temporadas... É muito episódio? 
Eu: Nem, nem... A temporada de estreia e a seguinte tiveram 13 episódios cada, com uma média de 42 minutos (exceto o piloto que tem uma hora e sete minutos, mas vale a pena!), e a terceira terminou há poucos dias fechando com 16 episódios. Vale a pena, cara, nem falta de tempo é desculpa agora, porque, como estava dizendo, a quarta temporada só estreia em outubro. Bora dar um gás aí!

top e capa de revista
Você: Partiu então! Valeu pena dica siniXtra, mano.
Eu: Wow!

11 comentários:

  1. Adorei o post!!! hahahah Assisto TWD faz um tempinho já! Acho que a temporada que eu mais gostei foi a segunda por toda a mudança que aconteceu de uma hora pra outra. Foi tudo muito rápido! Confesso que esses últimos episódios da terceira temporada me decepcionaram um pouco, mas nada que vá fazer com que eu pare de ver a série. Eu li vários dos HQs e percebi que a série é até bem fiel ao que se passa nos quadrinhos, claro que com aquelas mudanças necessárias pra se dar uma agilidade pra passar na tv. Acho legal pra quem gosta bastante procurar ler e conhecer esse outro lado da série. Existem também os livros que foram lançados pela Galera Record sobre Woodburry e o Governador! Fiquei curiosa pra ler, mas ainda não vi muita gente falando sobre eles.

    ResponderExcluir
  2. Que demais esse post! Quem nunca viu agora deve se interessar nem que seja um pouquinho a ver, pelo menos um episódio. Eu A-M-O essa série, uma das minhas preferidas que mofo esperando pra ver toda vez que acaba e mofo esperando pra ver de semana em semana. É muito bom. E sou fã total dessas história, livro eu li, HQ's até 100 e perdi as contas, todos os episódios da série, é amor que não acaba mais. Gostoso de ver, medonho e nojento, mas muuuuuuuuuuito fod# . Demais!

    ResponderExcluir
  3. Ai, eu sou suspeita para falar... mas adorooooooooooooo este post de séries que o Caíque está fazendo!!

    Me divirto muito e sempre dou várias gargalhadas, além de ficar super curiosa para ler a série!!

    Ainda não assisto TWD... tenho medo, mas a Tânia fala super bem e depois deste post tenho que dar uma olhadinha...

    Amei!! Bjs, Math

    ResponderExcluir
  4. Shooow esse post!
    Comecei a assistir. A primeira temporada foi TDB mas a segunda pra mim deixou a desejar um pouco no quesito ação e focou d+ nas relações humanas e eu acabei parando na metade dela.
    Tem cenas bem nojentas mesmo...

    Bjus!!

    ResponderExcluir
  5. ECA!
    Eu peguei TWD com um amigo pra ver mas só vi o primeiro episodio, vi que não é pra mim, nunca gostei disso de zumbi e como sou medrosa...
    Acho que o principal motivo de eu não ver são esses efeitos especiais, as maquiagens, logo o motivo de muitos acharem mais legal, só que tenho nojinho...
    Não sei se ainda verei, to criando coragem, mas como todos os meus amigos veem e me indicam muito acho que vou... so falta a coragem rs
    Bj

    ResponderExcluir
  6. Post super bem humorado! Adorei!
    Sou suspeita para falar de The Walking Dead, acho o máximo e fico super curiosa com o futuro e o passado da história de cada personagem a cada episódio.

    ResponderExcluir
  7. Acho que eu sou calma demais para séries desse tipo. Não gosto muito de ação, sou muito mais de um bom romance! :)
    Mas.. quem sabe um dia. Já consegui me apaixonar por Game of Thrones... então vai que...

    ResponderExcluir
  8. Ameeei o post! E esses dialógos aí? Muito hilários! ÇLASKÇAL
    Eu sempre tive muita vontade de assistir à série, mas como na minha casa não pega TV a cabo, não tem como eu acompanhar, e a minha internet, maravilhosa do jeito que é, demora horas pra baixar um ep, então acabo desistindo =/
    Mas assim que tiver a oportunidade quero muito assistir! hehe

    Beeijos,
    iSteh

    ResponderExcluir
  9. Vai que um dia num momento de desespero onde não tenha episódios repetidos do Bob Esponja, Inuyasha, ou qualquer coisa antiga, legal e viciante que não tenha tanta gente matando mais um monte de gente eu dou uma chance pra TWD?! ^^
    A minha irmã gosta da série e eu e a minha mãe temos que ameaçar e mandar ela pra casa da vovó assistir quando ninguém tiver por perto porque é uma coisa bizarra.
    EU não GOSTO de ZUMBIS!
    Pode ter um enredo, motivações de sobrevivência(o incrível que nos episódios em que fui obrigada a ouvir e assistir as vezes não vi nada além de "temos que achar outra casa antes que tal bando de malucos voltem e nos peguem despreparados" ou "Você não pode mais salvar ele, porque ele não é mais como a gente" blá blá blá..) o que for, só acho que as milhares de mortes são desnecessárias e porra, peguem o maldito governador e cortem a cabeça e fim de série!
    Não ligo de me xingarem, meu nome virar sacanagem ou o que for.
    Esse é meu pensamento e por enquanto vai continuar sendo desse jeitinho escroto de ser. :)
    @nyasmim

    ResponderExcluir
  10. Aiiii, não tenho coragem de assistir, infelizmente, mesmo sabendo q é td efeito especial e maquiagem, alguma coisa na minha cabeça, me faz ficar com medo, chego a não dormir se assistir, fazer o que né,rsrs! Adorei a postagem em forma de diálogo, bem diferente, parabéns! Bjão!

    ResponderExcluir
  11. Ainda não vi a terceira dizem que enfim o filho do Rick ta fazendo algo que preste (tenho certa raiva do menino rsrs) Falando no Rick, eu tenho pena dele... é muita biscatice para um cara só aguentar rsrs
    Letras & Versos

    ResponderExcluir

Destile seu veneno, comente!

Ou receba as atualizações no seu email:

Delivered by FeedBurner

Posts Recentes

Últimos Comentários

As envenenadas pela maçã Ѽ by TwilightGirls RJ Ѽ - Copyright © 2012 - Todos os Direitos Reservados