12 de abril de 2013

Sexta Envenenada: O beijo mais sombrio


“A Morte
A morte vem de longe
Do fundo dos céus
Vem para os meus olhos
Virá para os teus
Desce das estrelas
Das brancas estrelas
As loucas estrelas
Trânsfugas de Deus
Chega impressentida
Nunca inesperada
Ela que é na vida
A grande esperada!
A desesperada
Do amor fratricida
Dos homens, ai! Dos homens
Que matam a morte
Por medo da vida.”
Vinícius de Moraes

Olá, Envenenados!
Mais uma tão almejada sexta-feira, mais um momento tão esperado para poder falar sobre o que amamos, e fazer o que amamos, claro!
Na semana passada fui surpreendida com a notícia do falecimento do marido e amigo de uma grande amiga minha. É impressionante como esse assunto sempre nos choca, mesmo quando se trata de pessoas distantes, seja pela forma como a morte (física) ocorre ou pelo fato de ser alguém famoso. Mas quando acontece com alguém próximo parece que ela é ainda mais cruel.
Longe de querer ser fúnebre, triste e deprimente esta postagem tem como objetivo trazer leveza aos corações dos que ficam com a saudade, até porque não há nada que nos conforte mais, num momento como este, do que o colo, o afago dos amigos. Não são necessárias palavras, a presença já basta, pois dá a sensação de que se não aguentarmos e cairmos teremos um ombro em que nos apoiar e, se preciso for, alguém que nos alivie do peso de nossos corpos.
Se a morte tem explicação, não serei eu a dar, pois a compreendo tanto quanto qualquer um. Que é a única certeza que temos, é fato. Por isso mesmo é que devemos fazer de tudo que é incerto uma possibilidade. Cabe a cada um de nós.
Infelizmente, é nesse momento que nos damos conta da nossa pequenez. Infelizmente, porque deveríamos pensar assim sempre: estamos todos aqui por breves momentos, nos quais deveríamos dizer que amamos, que nos arrependemos, que perdoamos... Como diz tão lindamente Epitáfio dos Titãs:
“Devia ter amado mais
Ter chorado mais
Ter visto o sol nascer
Devia ter arriscado mais
E até errado mais
Ter feito o que eu queria fazer...
Queria ter aceitado
As pessoas como elas são
Cada um sabe a alegria
E a dor que traz no coração...
O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar distraído
O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar...
Devia ter complicado menos
Trabalhado menos
Ter visto o sol se pôr
Devia ter me importado menos
Com problemas pequenos
Ter morrido de amor...
Queria ter aceitado
A vida como ela é
A cada um cabe alegrias
E a tristeza que vier...
O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar distraído
O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar...(2x)
Devia ter complicado menos
Trabalhado menos
Ter visto o sol se pôr...”

Ou como disse, também de forma única, meu querido Renato Russo: “É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã, porque se você parar pra pensar, na verdade não há.”
Por isso, devemos ter sempre em mente, até porque é nela que habita o coração que sente, que não há amanhã, então por que perder um tempo precioso com mesquinharias e orgulho? Independentemente do credo, da religião, vamos tentar ser mais leves, viver de maneira mais pura, abraçar mais, beijar mais, ler mais, fazer mais sexo (com proteção), errar, chorar, rir, brincar, mas viver de fato.
Há algumas semanas venho tentando escrever sobre esse personagem, mas sempre acontece algo que me desvia desse caminho, acho que como tudo na vida, isso também não foi por acaso.
Hoje vou falar um pouquinho, mas bem pouquinho mesmo, para não ser acusada de trazer “tanto spoiler”, como se as contra-capas dos livros já não os trouxessem... enfim, hoje falarei um “tantim” sobre Lucien, Senhor do Mundo Subterrâneo, Guardião do Demônio da Morte.
Lucien é o personagem central de O Beijo mais Sombrio, de Gena Showalter, segundo livro da série Senhores do Mundo Subterrâneo, publicada aqui pela Harlequin Books.
Líder de um grupo de guerreiros amaldiçoados por terem violado a Caixa de Pandora, Lucien vive em Budapeste, numa fortaleza que virou lenda, assim como seus habitantes.
“Era conhecido como o Senhor das Trevas. Malach ha-Maet. Yama. Azreal.O Andarilho das Sombras. Mayra. Rei dos Mortos.
Ele era tudo isso e muito mais, pois era um dos Senhores do Mundo Subterrâneo.
Muito tempo atrás, ele abrira dimOuniak, uma poderosa caixa feita dos ossos de uma deusa, libertando uma horda de demônios sobre o mundo. Como punição, ele e os guerreiros que o haviam ajudado foram forçados a abrigar os demônios dentro de si, fundindo a luz e a escuridão, a ordem e o caos, até mal serem capazes de manter qualquer vestígio dos guerreiros disciplinados de outrora.
Como fora ele a abrir a caixa, recebera o demônio da Morte. Supunha ser uma troca justa, já que seus atos quase causaram o fim do mundo.
Agora, tinha a responsabilidade de coletar as almas humanas e escoltá-las até o local de seu repouso final. Mesmo se opondo à ideia. Não gostava de tirar inocentes de suas famílias, não tinha prazer em entregar os perversos ao seu castigo. Porém fazia as duas coisas sem questionar ou hesitar. Logo aprendera que a resistência trazia algo muito pior do que a morte até sua porta. A resistência lhe trazia uma agonia tão completa, tão implacável, que até mesmo os deuses tremiam ante a noção.
Sua obediência significava que ele era bondoso? Atencioso? Caridoso? Não. Ah, não. Não podia se dar ao luxo de emoções mais brandas. Amor, compaixão e piedade eram inimigos de sua obrigação.”
Em O Beijo mais Sombrio, Lucien terá mais desafios a enfrentar. Entre eles está a busca pela Caixa de Pandora, pois encontrando-a os Senhores estarão a salvo. Mas ele não estará a salvo daquilo de que vem se privando há tempos.
Anya, a Deusa da Anarquia, surge em seu caminho. A deusa que recusou o assédio do Titã Cronos, novo deus dos deuses, agora está mais que interessada nesse imortal cujo rosto é marcado por inúmeras cicatrizes e tem a eterna e sombria incumbência de acompanhar as almas ao seu destino final.
Como de costume, a também amaldiçoada Anya consegue implantar o caos na vida do controlado Lucien. Mas, além de ter que lidar com o forte desejo pela deusa, ele também será incumbido de tomar sua vida. E a ordem virá do próprio Cronos. Complicado???
Dá pra imaginar o rebu formado em torno desse conflito, isso fora o desafio de encontrar os artefatos que poderão auxiliar na busca da Caixa e a contínua guerra que é travada contra os Caçadores.
Extremamente poderosos, ardentes e envolvidos, Lucien e Anya travarão intensas batalhas, verbais, morais e sentimentais neste volume. Mas felizmente O Beijo Mais Sombrio não atem-se  apenas à história de ambos, o que gera mais ansiedade sobre eles.
Mas em romances sobrenaturais nada é previsível, e isso, definitivamente, fortalece esse tipo de obra. Ficamos sempre na expectativa do que acontecerá, brigamos com alguns personagens, ficamos estressados com o autor, mas não conseguimos abandonar a leitura, sobretudo se o livro é escrito de maneira tão sedutora como é O Beijo mais Sombrio.
Encerro por aqui, mais essa coluna, que não tem a pretensão de ser resenha, mas de mostrar a quem a visita as impressões dessa amante literária sobre seus livros e personagens favoritos.
Fiquem bem e Carpe Diem!
 

34 comentários:

  1. A morte é o enigma que não desvendamos, nunca sabemos como será nem qd, mas sabemos que é certa, mesmo assim sempre nos surpreendemos. Como eu acredito que td continua encaro ela como mais um passo de nossa alma para o infinito!

    Nunca li Senhores do Subterrâneo, mas sou louca para ler! Uma pena que sejam livros carinhos =/

    Bom Fim de Semana!
    Miquilis: Bruna Costenaro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bruna!
      Realmente é um enigma mesmo!
      Assim que puder confira a obra, acho que vai gostar!
      Bom final de semana para você também!
      Beijos
      Tania

      Excluir
  2. A morte, é, de uma certa forma, a única certeza que temos na vida. Mesmo assim, nunca estamos preparados para receber tal notícia, ainda que a pessoa em questão estivesse muito doente ou algo do tipo, sempre temos a esperança de uma melhora. A morte é um dos maiores medos do ser humano...
    Quanto ao livro, eu sempre quis ler mas ainda não tive tempo nem dinheiro, porque não os tenho ainda...mas alguém POR FAVOR pode me explicar PORQUE causa motivo razão e circunstância alteraram as capas? Enfim, a história me parece interessante - sobrenatural, deuses, own <3 - e espero poder conseguir em breve.

    Beijos gelados,

    thetheatredesvampires.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Jess!
      Também espero que possa conferir esta história, e compartilhe conosco sua opinião!
      Obrigada por vir e comentar!
      Beijos
      Tania

      Excluir
  3. Hummm, interessante. Ok que o post já começou me deixando com "ai que droga =/" mas gostei do resto. Não lembro de conhecer essa história, o nome é familiar mas todo o resto não. Bacana heim? Gostei. Apesar de achar o tema meio estranho pra ler, ainda assim gostei. É que não costumo ler muitos assim...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Cristiane!
      Espero que possa conferir esta história, e compartilhe conosco sua opinião! Romances sobrenaturais são estranhos em sua maioria.
      Obrigada por vir e comentar!
      Beijos
      Tania

      Excluir
  4. Já li o livro e me lembro das artimanhas da deusa Anya para seduzir Lucien. Gostei da relação que fez da morte com o personagem, no livro ressalta que ele não gosta dessa tarefa, afinal é sua maldição conduzir as almas ao seu destino, isso não deve ser nada fácil. Eu que nunca perdi ninguém próximo não sei o que sentir caso algo acontecesse, mas como você disse, essa é a nossa única certeza sobre a vida.

    Abraços,
    Raquel.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Raquel!
      Quem bom que você gostou da relação, realmente Lucien não curte nem um pouco suas obrigações.
      Obrigada por vir e comentar!
      Beijos
      Tania

      Excluir
  5. Como eu não gosto de romances sobrenaturais, realmente não me empolguei com a segunda parte do post.
    Mas achei muito sensata sua abordagem sobre a morte e a vida. Acho que a morte é comum (todo mundo morre), mas nem por isto é aceitável nos nossos corações. É difícil ver alguém que amamos partir, mas acho que pior do que isto é perder alguém em vida (ou se perder em vida). As vezes nos prendemos a coisas pequenas e inúteis e deixamos de viver realmente. Não amamos, não desfrutamos da presença de quem gostamos nem apreciamos com contentamento o que temos.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ana Paula!
      Bom tê-la aqui conosco.
      Espero que volte sempre.
      Beijos
      Tania

      Excluir
  6. é muito trsite quando a morte bate a porta, a linha entre vida e morte é tenue e todas as mortes nos afetam e nunca estamos preparados para uma perda e a recuperação é lenta, meus sentimentos a sua amiga, a familia e amigos, muito bonita sua reflexão e homenagem. Falando do romance essa saga é bem longa e me da vontade de ler, acho bem bacana essa autora e sua forma de abordar o sobrenatural, ja li um dos livros e me encantei, espero ter a possibilidade de ler o restante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Thaila!
      Obrigada pelo carinho e compreensão.
      Também espero que possa acompanhar os demais volumes da série!
      Beijão
      Tania

      Excluir
  7. A morte não tem hora para chegar e muitas vezes pega todos de surpresa, seria tão bom poder prever quando alguem vai morrer ne? Poderiamos fazer tudo que não fizemos. Enquanto a segunda parte, sobre o livro, achei que ele tem uma abordagem muito boa. E o nome dele é fascinante, dá um ar de misterio e sedução.
    Bj Larissa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Larissa!
      Realmente Lucien é fascinante, não apenas no nome!
      Beijos
      Tania

      Excluir
  8. :/ que triste né esse assunto?

    Olha, adooro mitologia e parece que esse livro trata um pouco disso né? Legal! Vou pensar em ler.
    Aahh, achei horrorosa essa capa. PelamordeDeus, sério mesmo que é isso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Petra!
      A capa é essa mesma, digo, a da esquerda é a capa brasileira.
      A história usa algumas pinceladas mitológicas sim.
      Beijos
      Tania

      Excluir
  9. Falar sobre morte e os sentimentos que essa palavra tão pequena deixa no meu coração é impossível não começar a chorar e eu sinceramente estou tentando deixar esse sentimento agonizante de lado. Então vamos falar sobre o livro que é um dos meus favoritos da série!
    Lucien e Anya, quem diria, hein? Só essa autora mesmo, porque o Lucien devia ficar, brigar, amar comigo, deixar que eu colocasse fotos dele em posições obscenas na nossa humilde residência!
    A série dos senhores é incrível! Sem tirar nem por, exceto que podia ter mais páginas e histórias em alguns livros, né? Fico tão orfã quando acaba o livro e tô querendo que o livro do Amun seja traduzido logo!!! ><"
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Yasmim!
      Bom saber que você curte os Senhores.
      Não vejo a hora de ler o 6o volume!
      Beijos
      Tania

      Excluir
  10. Que post ótimo! Adorei seu blog, realmente muito incrível, tem tudo para fazer o maior sucesso; Já estou seguindo, segue o meu também?
    www.espacegirl.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gabi!
      Obrigada, que bom que gostou, vou fazer uma visitinha ao seu também!
      Beijos
      Tania

      Excluir
  11. Essa tema é sempre polêmico né? Adoro essas músicas que vc citou e acho que toda vez que paramos pra escutar e pensar nas letras sempre começamos a pensar mais sobre a vida e o que deveríamos ou não fazer. Achei bem confuso esse livro haahahahaha Acho que por causa dessa questão da mitologia e por eu ter lido outras coisas que envolvem esse tema, então misturou tudo pra mim KKKK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Belle!
      Põe polêmico nisso!
      As músicas são lindas mesmo!
      Somente acompanhando a série para entender o que a autora idealizou.
      Beijão
      Tania

      Excluir
  12. Oi Tania!!!
    Amo "Epitáfio" e mais ainda Renato, acho que ele era um gênio, deixou frases e músicas que falam tantas verdades de forma tão bela!
    Mas falando sobre o romance, fiquei super animada pra ler, tenho o primeiro e esse segundo livro da série, mas na época em que os comprei estava muito envolvida com a Irmandade, então não conseguia ler mais nada, mas agora.... vou devorá-los, rsrsrs.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nadja!
      Tão bom ver você por aqui!
      Que bom que curtiu, IAN nos consome mesmo, e fica difícil largar qualquer um dos irmãos e ler outras coisas, mesmo!
      Quando conferir o Senhores diga o que achou!
      Beijos
      Tania

      Excluir
  13. Oi flor... adorei seu post de hoje... esse é um tema tão comum em nossas vidas e mesmo assim nos recusamos a falar sobre a morte. Todos iremos morrer , isso é fato. Essa musica do Titãs resume bem o que deveria ser a nossa vida... há tantos " e se" que nem sabemos o que fazer.

    Tem mais uma do Renato que acho que resume bem também seu post " É tão estranho os bons morrem antes.Assim parece ser Quando me lembro de você Que acabou indo embora Cedo demais"

    Os que amamos sempre se vão cedo demais.

    Agora quanto ao livro nunca li Senhores do Subterrâneo mas já ouvi falar muito bem... mas sinceramente não quero mais séries longas... a angustia de esperar o lançamento por aqui... quero me libertar disso

    bjuuss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fran, sua linda!
      Concordo em tudo que você disse, as músicas e a questão de acompanhar séries.
      Eu tenho fugido delas, mas parece que elas não me largam!
      Beijos querida!
      Tania

      Excluir
  14. Eu só li o primeiro livro da série e estou curiosa pelo que me aguarda no segundo. Sou uma apaixonada por livros sobrenaturais,eles são os meus favoritos.
    Sobre o começo do post, você falou muito bem...a morte é as unica certeza que temos, ela é fato. Mas que isso não torna nada mais fácil.
    Parabéns pela coluna, ela é incrível.
    Beijos
    @Agda01

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Agda!
      Incrível mesmo é ter você por aqui!
      Obrigada!
      Beijos
      Tania

      Excluir
  15. Não vou ler tão cedo essa série por melhor que pareça ser. Estou evitando séries enormes por enquanto mas no futuro quero ler.

    Érica Martins
    Espiral dos Sonhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Érica!
      Concordo contigo, só não tenho essa força!
      Beijos
      Tania

      Excluir
  16. Que lindo texto de Vinícius de Moraes, lembro que quando pequena lia muito seus poemas.
    O falecimento de alguém próximo é realmente muito mais doloroso pois, ela está ali sempre com você de repente não está mais. De certa forma é cruel para aos que ficam, o nosso consolo é crer que agora a pessoas está em um lugar bem melhor.
    Que lindas as capa de ''O Beijo Mais Sombrio'', ainda não conhecia essa série acredita!? Vou pesquisar pra já encaixá-los em minha lsita de metas pois fiquei encantada pelo pouquinho que você contou sobre a história de Lucien.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mah!
      Acho que vai curtir esses guerreiros!
      Confira e nos diga o que achou!
      Beijos!
      Tania

      Excluir
  17. Olá Tania, gostei muito do seu texto, mas preferia quando o Sexta Envenenada era sobre um livro ou tema HOT, esperava ansiosa, nunca comentei, mas amava, agora (desculpe comentar) mas perdeu um pouco o sentido, mesmo você continuando a escrever muito bem.
    Esperando que volte a acertar a mão.
    Denise Lemos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Denise!
      Fico feliz por sua colocação. E pode acreditar, não perdi a mão, não.
      Acontece que nem todo livro e nem todos os personagens masculinos dão o tom hot das primeiras Sextas Envenenadas.
      Você leu o da semana anterior, sobre Fallen Angels - Inveja?
      Garanto que é muito HOT, do jeito que você gosta, e eu também.
      Mas, apesar de escrever sobre o que curto de verdade, nem sempre rola a química com determinados personagens, embora eu seja apaixonada por eles. Experimente ler o da semana passada, sobre o DelVecchio e me diga se o homem não é uma explosão de sensualidade.
      Precisamos variar um pouco para não ficar enjoativo!
      Mas amei, de verdade, sua colocação. Aguarde a próxima!
      Beijos
      Tania

      Excluir

Destile seu veneno, comente!

Ou receba as atualizações no seu email:

Delivered by FeedBurner

Posts Recentes

Últimos Comentários

As envenenadas pela maçã Ѽ by TwilightGirls RJ Ѽ - Copyright © 2012 - Todos os Direitos Reservados