30 de abril de 2013

Resenha: 'Os Infratores' da Editora Record



Os Infratores

Autor: Matt Bondurant
Editora: Record
Páginas: 322
Ano de publicação: 2012














Sinopse
A incrível saga dos irmãos Bondurant, contrabandistas de bebida em plena Lei Seca nos anos 1920 nos Estados Unidos, chega simultaneamente às livrarias e aos cinemas brasileiros em setembro. No romance Os Infratores, baseado na história real de seu avô e de seus dois tios-avôs, o autor Matt Bondurant transporta esses três homens - bem como seus atos sombrios, longos silêncios e desejos profundos - de volta à vida, numa emocionante narrativa de irmandade, ambição e assassinato. O ano é 1920 e Franklin, no estado da Virgínia, é o centro da produção ilegal de álcool, de contrabando e assassinato. Em meio a tantos moradores que tentam ganhar uns trocados com a fabricação de bebida, os irmãos Bondurant se destacam. Independentes, invencíveis e violentos, os três acabam atraindo a atenção de Sherwood Anderson, um jornalista e escritor que prepara uma matéria sobre a região. Anderson dirige por estradas de terra vermelha à procura dos irmãos Bondurant, tentando reunir pistas e quebrar o silêncio que envolve o condado. 



Os Infratores é um livro de Matt Bondurant, cujo avô e tios-avós foram, durante a Lei Seca de 1920 nos EUA, famosos fabricantes e contrabandistas de álcool. O livro foi adaptado para o cinema com um elenco estrelado mas não teve a devida atenção.

Durante a década de 20, os irmãos Bondurant decidem ignorar as leis e abastecer de forma ilegal o mercado de bebidas alcoólicas do Condado de Franklin, na Virgínia  Assim, eles se tornam influentes e ao mesmo tempo uma ameça. 

Os três irmãos, apesar de agirem juntos, não poderiam ser mais diferentes. Jack, o mais novo, tem o sonho de deixar o Condado para trás. Forrest é um trabalhador nato e violento e é conhecido por sua invencibilidade. E Howard, o mais velho, apesar de ser um homem enorme, é atormentado pelos horrores que presenciou na guerra.

Na busca por uma grande história a ser contada, Sherwood Anderson, jornalista da revista Liberty, acaba indo parar no Condado de Franklin, atrás de Willie Carter Sharpe. Willie foi casada com um contrabandista e que se tornou uma celebridade por sua incrível capacidade de atravessar um caminho que ninguém mais podia. É ela quem atrai as atenções de Anderson, mas ao se debruçar sobre os mistérios do contrabando de álcool, é a história dos irmãos que de alguma chega até ele.

A dificuldade de Anderson é conseguir informações sobre o assunto e sobre os irmãos. Apesar de se empenhar na busca, ninguém quer falar sobre o assunto. Obviamente, se você é um local, já sabe de tudo. E se não é, ninguém te inteirar sobre o assunto.

Os irmãos Bondurant, apesar de contrabandistas, tinham sua própria honra. Tanto que as coisas ficam difíceis para eles quando se negam a pagar propina para os polícias para não terem problemas  legais. Apesar de tudo apontar para eles se renderem ao esquema, os irmãos vão até o fim na obstinada defesa da autonomia de seus negócios.

Com narração alternada entre Sherwood e Jack, o Bondurant mais novo, o livro narra a história dos irmãos que fizeram fama como contrabandistas de álcool. Apesar dos momentos narrados por Anderson serem mais lentos e menos interessantes, os momentos narrados por Jack instigam mais o leitor. Eu acho que a leitura vale a pena, e depois de ler o livro, confira o filme. ;)




11 comentários:

  1. Não sabia que tinha livro!
    Vou tentar ler!

    Convido você a participar da promoção que vai dar o livro Simplesmente Ana autografado.
    Não perca!
    Rizia - Livroterapias
    Livroterapias

    ResponderExcluir
  2. o livro parece super bacana, apesar de não curtir muito livros com essa temática fiquei curiosa

    ResponderExcluir
  3. Não gosto de livros nesse estilo. A história é interessante, mas acho que eu já ficaria satisfeita com o filme. :)

    ResponderExcluir
  4. Acho que pra eu ter coragem de ler este livro primeiro teria que assistir ao filme e gostar muito,porque não faz muito meu gênero,mas gostei da resenha me deu curiosidade :D

    ResponderExcluir
  5. Não sabia da existência do filme, muito mesmo no livro, mesmo assim, esse tipo de história não me chama muito a atenção mas, quem sabe um dia não assisto?

    ResponderExcluir
  6. Eu vi o filme e não acho que vá ler o livro! rs
    A história é bem "histórica" (rs) mesmo, tanto porque relata sobre a vida de pessoas que realmente existiram, quanto por retratar um período complicado nos EUA.
    Eu até gostei do filme, mas realmente não faz o meu estilo. Por isso não pretendo ler o livro.
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Não curto essa temática de livro, nem para filme. Acho que a galera aqui em casa ia gostar, mas eu definitivamente não me identifico...Contrabando e violência não vira =P

    miquilis: Bruna Costenaro

    ResponderExcluir
  8. Me lembro vagamente desse título como filme, mas acho que nunca vi porque não me lembro dessa história. Parece ser cheia de aventuras; se fosse minha escolha não leria não sou tão fã de ação apesar de gostar as vezes.

    Abraços,
    Raquel.

    ResponderExcluir
  9. E eu que queria ver esse filme e ainda não deu? Bom, sendo ruim ou bom eu fiquei doida nele só pelos atores, adorooooo! E é um bom filme. Ainda quero dar um jeito de ver...

    ResponderExcluir
  10. Esse tipo de livro não faz meu estilo, mas esse tipo de filme faz! Como pode? rsrs. Gosto de ação, e já tinha visto a capa desse filme, mas nunca parei para assisti-lo. E além disso, só agora que eu sei que há o livro! Ok. Eu só sei que vou pelo menos assistir o filme, porém ler o livro eu não tenho interesse!

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  11. Achei a trama interessante mas esse é dos casos que eu só veria o filme mesmo. Sem vontade de ler essa história.

    Érica Martins
    Espiral dos Sonhos

    ResponderExcluir

Destile seu veneno, comente!

Ou receba as atualizações no seu email:

Delivered by FeedBurner

Posts Recentes

Últimos Comentários

As envenenadas pela maçã Ѽ by TwilightGirls RJ Ѽ - Copyright © 2012 - Todos os Direitos Reservados