22 de janeiro de 2013

Resenha: Sob a redoma da @Suma_br


Sob a Redoma


Autora: 
Stephen King

Editora:
 Suma de letras

Páginas:
 960

Ano:
 2012










Sinopse:

Em um dia como outro qualquer em Chester’s Mill, no Maine, a pequena cidade é subitamente isolada do resto do mundo por um campo de força invisível. Aviões explodem quando tentam atravessá-lo e pessoas trabalhando em cidades vizinhas são separadas de suas famílias. Ninguém consegue entender o que é esta barreira, de onde ela veio e quando — ou se — ela irá desaparecer. Os moradores de Chester’s Mill percebem que terão de lutar por sua sobrevivência. Pessoas morrem, aparelhos eletrônicos entram em pane ao se aproximar da redoma e a situação fica ainda mais grave quando a cidade se vê exposta às graves consequências ecológicas da barreira. Para piorar a situação, James “Big Jim” Rennie, político dissimulado e um dos três membros do conselho executivo da cidade, usa a redoma como um meio de dominar a cidade. Enquanto isso, o veterano da guerra do Iraque, Dale Barbara, é reincorporado ao serviço militar e promovido à posição de coronel. Big Jim, insatisfeito com a perda de autoridade que tal manobra poderia significar, encoraja um sentimento local de pânico para aumentar seu poder de influência. O veterano se une a um grupo de moradores para manter a situação sob controle e impedir que o caos se instaure. Junto a ele estão a proprietária do jornal local, uma enfermeira, uma vereadora e três crianças destemidas. No entanto, Big Jim está disposto até a matar para continuar no poder, apoiado por seu filho, que guarda a sete chaves um segredo. Mas os efeitos da redoma e das manobras políticas de Jim Rennie não são as únicas preocupações dos habitantes. O isolamento expõe os medos e as ambições de cada um, até os sentimentos mais reprimidos. Assim, enquanto correm contra o pouco tempo que têm para descobrir a origem da redoma e uma forma de desfazê-la, ainda terão de combater a crueldade humana em sua forma mais primitiva. 




Stephen King é autor consagrado e dispensa apresentações. 

Autor de obras conhecidas como “O Iluminado”, “Carrie, A Estranha”, “A Espera de um Milagre” e “A Torre Negra” entre muitos outros, suas obras foram adaptadas em larga escala para cinema ou TV.

“Sob a Redoma” é uma obra madura e bem pensada ao longo de anos. A primeira vez que King pensou em escrever sobre o livro foi em meados da década de 70, mas devido a grande quantidade de informações técnicas, acabou engavetando o projeto. Foi durante a década passada que a ideia foi resgatada e finalmente finalizada.

A história se passa na cidade de Chester’s Mill, que em um dia comum, no meio das atividades de seus habitantes, é cercada por uma redoma. Contornando exatamente a fronteira da cidade, a redoma isola os habitantes de Chester’s Mill do resto do mundo. 

Assim, a cidade fica exposta aos homens de poder, poder esse que quase imediatamente se concentrará nas mãos de Big Jim Rennie, um político capaz de tudo para atingir seus objetivos. Dale Barbara, um veterano do Iraque e atualmente morador da cidade, é seu principal problema.

Dale é um cara gente boa, discreto e boa pinta. Entretanto, sente que seu tempo se esgota na cidade quando uma intriga causa uma briga entre ele e o filho de Big Jim, que junto com seus amigos, criam vários problemas para a cidade. Dale é o cara legal da história, que escolhe bem suas parcerias, passa por vários perrengues, mas tem o apoio de Julia, a dona do jornal local.

Big Jim é um ótimo retrato do político corrupto, sem pudores. Seu filho segue o mesmo caminho e juntos, são responsáveis direta ou indiretamente por todas as coisas ruins e odiosas da história. Passei o livro inteiro torcendo para que o fim deles fosse à altura do que aprontaram.

A principal qualidade de “Sob a Redoma”, além da excelente escrita e desenvolvimento, é abordar as faces do ser humano, principalmente quando submetidos a situações extremas. 

O que cada um é capaz de fazer para manter o poder? 

Até onde vai a crueldade, a falta de humanidade, de respeito? 

Além de ser um ótimo thriller, o que já era de esperado para um livro do mestre, é um ótimo objeto de reflexão. 

Excelente leitura!

3 comentários:

  1. Parabéns pela resenha! Estou lendo Sob a Redoma e curtindo bastante. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  2. Tô louca pra ler esse livro, quase estou reservando um lugar pra ele. Bela resenha.

    http://vomitoverbal.posterous.com/
    http://www.escrevendoaospouquinhos.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Para. Apenas para. Estou cansado de ver resenhas desse livro porque eu quero tanto esse livro e ler resenhas só faz a vontade de ler esse livro aumentar </3

    Vou logo falando que nunca li um livro do Stephen King. Os únicos livros de terror que eu li foram os do R. L. Stine, que escreve terror para "crianças e adolescentes", ou seja, se eu já tinha medo lendo os livros dele, imagina o que eu sentiria lendo o livro do MAIOR ESCRITOR DE TERROR.

    E ainda ler 960 páginas e morrendo de medo HEUFEUASUDHASFUHAU

    Enfim, tudo nessa resenha e sinopse fazem com que eu tenha vontade de ler esse livro. Só não compro porque já tenho 17 livros aqui para ler (oh god) e por causa do preço que é bem salgadinho. Mas se abaixar (a lista de livros não-lidos aqui) (e o preço do livro) eu compro.

    Beijo. Adorei a resenha! :D

    ResponderExcluir

Destile seu veneno, comente!

Ou receba as atualizações no seu email:

Delivered by FeedBurner

Posts Recentes

Últimos Comentários

As envenenadas pela maçã Ѽ by TwilightGirls RJ Ѽ - Copyright © 2012 - Todos os Direitos Reservados