29 de fevereiro de 2012

Na Panelinha da Indie – Oscar 2012

panelinha da indie cópia

Hello, pessoas envenenadas!!!

Tudo bem?

Hoje eu vim falar de um assunto que muitos consideram brega, mas que é o maior prêmio (and the Best party too!) do cinema mundial.

clip_image001

Na minha humilde e sincera opinião, tirando umas coisinhas meio over, eu acho muuuitooo luxooo!!! 

Eu adoro todas as partes, desde o red carpet até o grand finale que é o ganhador de melhor filme. Tirando algumas piadas bobas, é muito divertido.

Mas, o Oscar não é só isso. A festa dita tendências e, vamos combinar, serve de guia para gente se espelhar na hora de escolher uma roupitcha para um casamento ou aquela festa maneira e pooodre de chic que você não faz a mínima do que usar. Além das roupas, tem também os acessórios (que nem são acessórios, são jóias da realeza, que o pescoço quase pendura de tanto diamante e tanto ouro), tem as clutches, bolsinhas e baguetes pra colocar “os dollar”, o Amex Black (será que os vampiros da BDB estavam lá? Hehe…) e os batons MAC “me-beija-porque-eu-sou-diva” , tem as makes fabu-glamourosas e os picumãs com penteados feitos por cabeleireiros que cobram uma baba por lá mas que, com certeza, sua cabeleireira faz com o pé nas costas.

É por isso que estou aqui para falar das divas que compareceram à premiação do Oscar 2012, que aconteceu dia 26 de Fevereiro. 

Mas eu realmente só coloquei aqui o que é bonito mesmo. Pelo menos na minha opinião. Pensei em fazer um fight brega x chic... Mas não rola pois isso não é coisa de gente rycah e phyna como eu! Hahaha. E também porque tem muito vestido espetaculoso e delicioso pra gente comentar, né?

Bom, vou começar por uma moça super exótica e linda que já foi modelo e é atriz, muito boa por sinal.

Milla Jovovich, de Elie Saab

clip_image003

Milla tá linda de doer com esse vestido Elie Saab. Estililista que eu acho MARA, principalmente quando se trata de haute couture (alta costura – sou chic, bem!). É um retrô bordado todo trabalhado no brilho.
 Aliás, ela está beeem anos 40 (ou 50), desde o vestido, passando pelo cabelo e a make com esse bocão vermelho. Jóias (incluindo a clutch!) luxo puro! E olha que fofo, ela tá com a unha pintada... Você pode reparar que a maioria não pinta. A-R-R-A-S-O-U, gata!!!

Gwyneth Paltrow, de Tom Ford

clip_image005

O que é esse vestido minimalista da Mrs. Chris Martin??? Achei dygno de deusa grega. Vai pro Olimpo, meu bem, porque lá é o seu lugar! E olha que eu não sou muito de Tom Ford não... Uma curiosidade é que os brancos são bem tradicionais na festa do Oscar e muitas artistas optam pela cor, então, por isso, o vestido TEM que ser simplesmente baphônico para diferenciar de tantas outras. Bati palmas também para o anel (eu que sou a Drag dos anéis, oh!) e o bracelete de deusa também! 
O cabelinho e a make podiam estar melhores, né, fofa? Um coque bem lindo seria perfeito.

Cameron Diaz, de Gucci

clip_image007

Vestido comum mas não tanto, o que faz dele muuuuito chic. E também porque é Gucci, né, meu amor, não é pra qualquer uma. Por isso a Cameron está nele! É um bandeau (é como eles chamam o aqui famoso TQC) justo com um rabo de sereia em cascata plissado, bordado com paetês (e canutilhos!?) em tons de champanhe e rosé. Gostei muito, não tirou o brilho dela, mas acho que ficaria mais bonito numa morena... A Cameron é platinada e muito clarinha, merecia mais cor. 
Fofoca rápida: Ali atrás é a “Cisne Negro”. Não gostei porque ela tá parecendo que tá vestida de joaninha. Abapha!

Kristen Wiig, de J. Mendel

clip_image009

Achei mega fofis esse vestido de filó da Kristen (não é a Stewart, eca!), atriz de “Missão Madrinhas de Casamento”! Apesar de ser bem clarinha, o cabelo castanho claríssimo dela ajudou o vestido a ornar. Eu só não sei o porquê dessas moças usarem maquiagem nude com vestido nude. Ah, se sou eu! Metia um marrom-bombom esfumadão no olho! Acessórios podiam ser mais ousados e diferentes, ou quem sabe algo vintage, pra fazer a linha do vestido. Ponto para a unha café!!!


Emma Stone, de Giambattista Vali

clip_image011

Emma Stone é itgirl! Nem vale... Diva a looottt!!! Vestido muy hermoso
Vermelho também é muita cor de Oscar! Toda perfeita! Picumã leeendooo com esse coque e a franja dividida em zigue-zague caindo na lateral da testa. Make nem mais, nem menos. No ponto com esse delineador. Brincos e pulseira FAB! É só olhar pra foto. Nem tenho mais o que dizer.

Angelina Jolie, de Versace

clip_image013
Vamos lá. Mrs. Brad Pitt estava com um vestido leendoo a loott! Um Versace, nada menos, de veludo, com o peito todo estruturado e um laço estilizado do lado esquerdo. O cabelitcho tava glam. But, me desculpem se vocês são fãs dela... Não tem nada a ver com minhas questões pessoais com ela (o Brad traiu a Jennifer lindinha com ela), mas ela deveria ganhar o prêmio de Mrs. Anorexia. Isso porque na minha TV podrinha do meu quarto, que não é HD, eu vi todas as rugas da cara dela e seu corpo esquelético embrulhado nesse vestido leeendooo. Gente, acho que ela se solidariza com as criancinhas que ela e o digníssimo ajudam e passa fome junto. Só pode ser! Sem falar da pose em TODAS as fotos com o cambito de fora... Afffffffff! Foi mal. Mode indignada on.

Viola Davis, de Vera Wang

clip_image015

Viola, indicada ao prêmio de melhor atriz pelo filme “Histórias Cruzadas”, também num bandeau decotadão bordado com rabo de sereia plissado. O que posso dizer? Esse verde jade não fica bem em qualquer uma e ficou fabuloso nela! Esse aplique embabadado no início do plissado tirou a simplicidade e deu muita graça ao vestido. Acessórios não foram tão felizes... Mas tá bom. Mesmo com cabelo curto ela podia se jogar numa travessa com pedras ou algo que fizesse o contorno da cabeça. Ia ficar um luxo! Como ela é negra, gostei desse tom do make dela. Não precisava de mais, visto que o vestido fez seu papel, junto com o corpão... Nossa, ela parece uma sereia!

Glenn Close, de Zac Posen

clip_image017

Essa atriz super talentosa, indicada ao Oscar de melhor atriz, já não é mais uma mocinha. Mas envelheceu lindamente (gostaria que comigo fosse assim!) e merece nosso aplauso não só pela atuação, mas pela beleza e bom gosto. Eu ainda não identifiquei que cor é essa, mas eu adorei. Parece um verde petróleo, sei lá. Foi uma roupa que combinou com a idade, sem deixar de estar até mesmo sexy. O blazer foi uma alusão ao personagem (uma mulher que se passava por homem) que interpretou no filme “Albert Nobbs” e a fez merecer a indicação. Glenn, sua linda, você estava demaissss!!!

Sandra Bullock, de Marchesa

clip_image019

Sabem o que eu acho dessas fotos??? Acho que Sandrinha tinha que ir lá pro Olimpo junto com a Gwyneth. Tá luxo a looottt!!!! E só o nome Marchesa já diz... É a marca da rhycheza! Huahuahua. Simples mas com requintes de crueldade com esses bordados e esse decote glam nas costas. Na TV confesso que achei meio sem sal, mas quando vi as fotos. Nossa! Um dos mais MEGA BAPHÔNICOS! Unha preta (adóóórooo), clutch dourada e make levemente esfumado. E esse rabo de cavalo simples com aplique? Igual Emma Stone. Nada a declarar. Muito gata!!! Diva, diva, diva!

Michelle Williams, de Louis Vuitton

clip_image021

Outro vestido vermelho, só que mais alaranjando… E é LV, bebê! Deve ter sido um vestidinho super trabalhoso para costurar. Repararam nas tiras de diferentes larguras que formam os babados? Achei muito glam esse vestido! É romântico e sexy ao mesmo tempo. E a pessoa que está dentro dele também é uma fofa! Amo a Michelle por ser muito linda e carismática e também por duas coisas: ela tem uma filhinha do Heath Ledger (ownnnnn!) e ela estrelou como Marilyn Monroe, no filme “My week with Marilyn”... (Eu amo Marilyn!), rendendo sua indicação. Ponto também para a clutch rosa (pois nem tudo precisa ser combinadinho) e para o lacinho cute-cute na cintura.
E fechando a panela do Oscar...

And the “Poisonous Oscar” goes to:


Penelope Cruz, de Armani Priveé

clip_image023
clip_image025

Esse vestido Armani Priveé da Penelope é só amor!!! Queria encontrar as palavras mais lindas para descrevê-lo mas não consigo. Tô babando no vestido até hoje! Pena eu não ter grana, senão faria uma cópia exata dele. Apaixonante, glamouroso, fabuloso, leeendooo, espetaculoso!!! E Penelope deu vida a ele, encheu-o com a graça que só uma diva hollywoodiana como ela tem. Ela tá a cara da rhyqueza nele! Sabe Ingrid Bergman? Pense nela. Pois é. Isso significa glamour a looottt!!!! Não foi só o vestido... Foi todo o conjunto. A atitude da atriz, a beleza dela, o make na medida certa, a leveza e a simplicidade do vestido azul lavanda que mostrava os ombros, os acessórios simples e ricos, o cabelo estilo vintage.

Penelope Cruz foi “A DIVA PERFEITA” do Oscar!

Pena que a atriz que ganhou o Oscar, que eu amooo, estava com um vestido que não me agradou muito.

Esse Oscar foi um “cala a boca” para os EUA... Um filme francês, um ator francês e também, porque não, uma atriz latina que foi uma das mais, senão “A” mais, bem vestida de todas...

Espero que tenham gostado. Foi uma das panelas que eu mais amei fazer!

Beijooo,
Indie

28 de fevereiro de 2012

Resenha : “O sonho do Súcubo”, Editora Essência

Hello girls!

Hum… Hoje é terça, dia de resenha e a que eu trago hoje é de uma das minha séries F-A-V-O-R-I-T-A-S: Súcubo, de Richelle Mead, Editora Essência!

Quem é fã da Kincaid levanta a mão ae!!! O/




O sonho do Súcubo
Livro: O sonho do súcubo
Autora: Richele Mead
Páginas:  256
Editora: Essência
ISBN: 978-85-7665-606-7
 








Sinopse
     “A cidade de Seattle está passando por grandes mudanças, e um novo súcubo chega para tumultuar ainda mais os dias já nada calmos de Georgina Kincaid. Não que ela se importe em deixar de ser a garota, a única garota, da turma. Só não tem tempo a perder como tutora de Tawny que, mesmo com todos os seus dotes de súcubo, parece completamente inepta na arte da sedução.
Georgina tem problemas realmente sérios para resolver. Apesar de estar no auge de seu sex appeal, toda a energia que rouba dos homens numa noite de sexo desaparece na manhã seguinte, após um sonho.
E a vida dela não é a única em perigo. Seth Mortensen, seu grande amor, é gravemente ferido, e um demônio o está rondando, com uma proposta de vida eterna. Ela precisa evitar que Seth cometa o mesmo erro que ela e venda a alma, ainda que, agindo assim, corra um sério risco de perder o homem que tanto ama para... uma mortal.”






Ah Georgina... Encrenca é teu sobrenome... 

Além de seus últimos desentendimentos com Seth e sua vida amorosa conturbada, nossa anti-heroína tem que lidar com uma pseudo-concorrência, um demônio que fez seu contrato com o inferno, um “clube dos anjos” e uma força devastadora que vem tirando seu sono e seus poderes.

Tentando proteger a alma de seu grande amor, Georgie começa uma interminável luta a fim de convencer Seth a estabelecer limites nas suas investidas mais calientes. Com medo de que a essência pura do escritor se esvaia mais rapidamente, roubando-lhe a vida, a imortal trava discussões homéricas com o escritor. Seth, por sua vez, tenta convencer Georgina que as decisões sobre a sua relação não são unilaterais, e que não cabe somente a ela o veredito de lhe poupar a alma ou não.

E isso só separa nosso casal favorito... Mais e mais... E aproxima Georgina de novas possibilidades… : X

As novidades do momento na vida Georgie são muitas. Não muito boas, em sua maioria… Ela não contava, a essa altura, ter que se tornar tutora de um súcubo “reborn”. Twany chega com seu jeitão totalmente óbvio: decotes profundos, transparências e atitude piriguete; achando que o estereótipo demoníaco será uma ferramenta de auxílio na captura de boas almas para o inferno. Ai, ai... Mais trabalho pra Georgina! Vendo o insucesso de Twany em suas investidas, Jerome pega pesado no treino e deixa Georgie louca com mais esse pepino pra resolver.

Como se não bastasse à cobrança de Jerome quanto ao treinamento da baby súcubo, Kinkaid está de frente com o demônio que lhe ofereceu vida longa no inferno. Niphon estará atrás dela com um objetivo bem interessante: Seth. Aí já viu né!? Demônio negociador de almas, oferecendo facilidades para a vida amorosa de Georgina...

Um grupo de anjos também fará um breve pouso em Seattle no terceiro livro da série de Richelle Mead. A princípio, Georgina (e nós também!) vai ficar bastante intrigada com a presença angelical dos amigos de Carter. Mas como tudo nessa vida tem um propósito... Só vou dizer uma palavrinha para vocês: AMOR. #ficadica

E por fim, mas não menos importante, Georgina enfrenta neste livro uma força poderosa, capaz de roubar toda a essência que ela retira das boas almas enquanto está no modo súcubo. Essa “força” age enquanto Georgie dorme, o que a faz ficar meio paranoica com relação às suas noites de sono. Nem dormindo ela tem sossego!

Mas o mais interessante disso tudo é que: se a tal força absorve dela toda a energia que ela toma dos homens com quem se deita, o mínimo que se espera é que as “baterias” dela se descarreguem mais rápido, fazendo com que ela tenha necessidade de procurar mais homens pra se relacionar.

Entende onde quero chegar? Hehehehe... Esse impasse nos garante mais cenas hotties nesse livro e isso é bom... Muito bom...

Apesar dos problemas, Georgina estará em sua melhor forma súcubo, brigando muito por seu espaço, por suas convicções, por seus poderes e por seu amor.

O final... Bem... O final… Putz… Eu deixo por conta de vocês... Ai,ai... Ainda morro disso Richelle...

Quotes que eu curti:

“Ah, variedade. O tempero da vida.”
pág. 59

“(…)contato visual era uma coisa poderosa. É algo que te afasta da esfera do
estudo superficial e te leva para uma instância mais profunda e íntima.”
pág. 61

“(…) a magnetude de um pecado era medida pelos olhos de quem o cometia.”
pág. 62

“-Às vezes, amar alguém signifca que você precisa fazer primordialmente o que é certo. Fazer o que precisa em vez de fazer o que quer.”
pág. 152

“-Querer e precisar são duas coisas diferentes. (…) –Uma vida mais longa nada significa se for vazía e sem propósito. É melhor ter uma vida curta e repleta de coisas importantes.”
pág.156

Não posso esquecer de citar uma coisa importante: nos dois primeiros livros da série Súcubo, a tradutora era, nada mais nada menos, que a nossa querida Martha Argel. Que foi fidelíssima ao texto original, mantendo muito bem a escrita da Richelle, garantindo uma leveza e uma dinâmica bem particular à obra. E isso pode parecer simples, mas o fato da Editora ter trocado de tradutor nos ressalta essa contenda. 
Pedro Barros foi o tradutor desse volume e, por ser homem, fez toda diferença. Não que tenha sido ruim (porque Richelle é Richelle!), mas o fluxo do texto tem muitas particularidades; mais agressivo, mais intenso, mais dirty... Repara só!

Próxima resenha em breve! ; )

Mais informações sobre a série no site da Essência ou no Blog Essência

Succubus kisses!
 
Fê Madeira

25 de fevereiro de 2012

Uma animação para encantar

Olá envenenadas e envenenados!

Acabei de passar uma tarde linda com a Math aqui em casa. Combinamos coisas sobre o blog, conversamos sobre livros, sobre as próximas promos que faremos…

E depois que ela foi embora, fui checar meu facebook. Recebi como indicação de uma amiga, a Dany, uma animação sobre livros que me deixou muito emocionanda.

Então eu resolvi compartilhar com vocês…

E dedicá-la a minha metade.

Math essa é pra você!

 

Acho que imagens valem mais que mil palavras. Acredito que livros podem ser nossos grandes companheiros. Aprendi que histórias devem ser compartilhadas.

E principalmente: que amizades verdadeiras são pra sempre!

Um excelente sábado para todos!

Com carinho,

24 de fevereiro de 2012

Resenha: Maldosas da @Editorarocco

Boa tarde envenenados,

Hoje temos mais uma resenha quentinha saindo do forno!! Espero que gostem…

 

maldosas-rocco-capa-01

 

 

 

Maldosas

 

Pretty Little Liars

 

 

 

Título: Maldosas

Autora: Sara Shepard

Tradução: Fal Azevedo

Páginas: 296

ISBN: 978-85-7980-025-2

 

 

 

Sinopse

          Maldosas é o primeiro livro da série Pretty Little Liars.

          Na trama, Emily, Aria, Spencer, Hanna e Alison vivem no sofisticado subúrbio de Rosewood, na Pensilvânia. Inseparáveis, as cinco se mantêm ligadas especialmente em função de Alison, a garota mais popular da escola, que exerce um certo poder sobre cada uma das meninas e é a confidente de todas elas.

          Um dia, porém, Alison desaparece sem deixar rastro. Aos poucos, Emily, Aria, Spencer e Hanna se afastam. Alguns anos depois, as jovens começam a receber e-mails e mensagens ameaçadoras de alguém que aparentemente sabe de tudo que se passa em suas vidas e misteriosamente se identifica apenas como ‘A’.

          Será que Alison estaria viva e disposta a revelar todos os segredos de suas ex-amigas?

 

FitaLateral

Resenha

 

          Antes de qualquer coisa, preciso dizer que “Maldosas – Pretty Little Liars” me surpreendeu. E muito!!

          Achei que estaria num revival adolescente, mas não. Não foi nada disso. Sara Shepard é brilhante! Sério. Eu já imaginava por causa de uma outra série chamada “The Lying Game”, da mesma autora. Tá certo que séries/filmes adaptados são muuuito diferentes dos livros, vide Vampire Diaries (não acho os livros lá essas coisas). Whatever.

          Quando a Math me ofereceu o livro para ler e resenhar, fiquei meio assim... sabe? Eu já tenho a famosa “Síndrome de Peter Pan” (não quero crescer!) e ainda ia ler um livro que fica exposto na seção infanto-juvenil... Ahhhhhh! Mas, como eu faço tudo pelas minhas lindas, aceitei. Não sabia onde estava amarrando meu burro.

          O livro conta a história de quatro meninas que cursam o sétimo ano do ensino fundamental 2: Aria Montgomery, Emily Fields, Hanna Marin e Spencer Hastings.

         As adolescentes são “lideradas” por Alison DiLaurentis, ou simplesmente Ali, e possuem com ela uma estranha relação de amizade. Ali tem uma personalidade muito marcante e meio que domina as outras. Mas essa amizade gira especialmente em torno dos segredos que Ali conhece de cada uma. Ali é muito mázinha! Ela joga uma contra a outra, brinca com os sentimentos alheios, ofende, se junta a outros para diminuir as pessoas, faz brincadeiras de mau gosto, ameaça, constrange... Ali é o “cão” chupando manga! Mas ela exerce poder sobre as amigas não só por conta dos segredos de cada uma delas ou do segredo que elas compartilham (“A coisa com a Jenna” – guardem isso!!!), ela é também fascinante, atraente e seduz... Ela é a “abelha rainha”, a peça que liga uma à outra.

          Só que, de repente... Bum! Alison DiLaurentis some... Some levando com ela todos os segredos. Não deixa rastros ou paradeiro. Todos se preocupam. A polícia toma a frente do caso. O tempo passa... A amizade entre Aria, Emily, Hanna e Spencer esmaece, pois o elo forte, Ali, se foi.

          Passam-se três anos do sumiço de Alison. Aria, que tinha ido morar na Islândia (terra de Björk!) por conta de uma oferta de trabalho de seu pai, volta a Rosewood. Hanna, que no passado era cheinha e comia muito, no presente é uma das meninas mais bonitas da escola e namora um dos meninos mais populares. Emily está nadando na escola e fica amiga de Maya, a nova moradora da casa que pertencia aos DiLaurentis. Spencer está pelo pescoço de compromissos com a escola (treinos de hóquei, edição do livro do ano, testes de teatro, organização do comitê de caridade, etc, etc) para conseguir superar a irmã Melissa e entrar em uma boa universidade. Mas... E daí???

          Daí que à medida com que suas vidas vão seguindo o seu rumo elas continuam acumulando pequenos segredos: Aria se envolve com seu professor, Hanna se utiliza de coisas absurdas para continuar magra e parece ter um pequeno distúrbio psicótico, Spencer cai de amores pelo namorado de sua irmã e Emily abandona os treinos e vai viver uma aventura. Só que os novos segredos na verdade nem são novos. Eles se repetem. Quando vocês lerem vão entender bem isso. Acontece que quando isso tudo vai acontecendo, no momentos mais cruciais, tipo, Aria está na sala conversando com o professor, elas recebem um torpedo, ou um e-mail, ou um bilhete é colocado em algum lugar... E é assinado simplesmente por “-A”. O.o

          Ou seja, a cada vez que uma menina “vacila”, aparece um bilhetinho do nada do(a) misterioso(a) –A.

          As adolescentes se desesperam e pensam em N possibilidades e surge então a ideia de o autor dos bilhetes ser realmente Alison DiLaurentis, escondida em algum lugar. Isso se dá pelo fato de Ali ter sido a confidente de todas. Além disso, há também a possibilidade de Ali estar morta, e antes disso, ter aberto o jogo para mais alguém... Isso complica bastante a vida de Aria, Spencer, Hanna e Emily, que apesar do desaparecimento de Ali, continuam reféns de seus segredos e do segredo que todas compartilham entre si (A coisa com Jenna!).

          É exatamente isso que dá dinâmica ao livro, que o faz ser interessante e prender o leitor de uma forma que vai ter necessidade de continuar para tirar a pulga que ficou atrás da orelha!

          Eu mais que recomendo!!!! Com um adendo: Não indicaria esse livro para minha filha, se ela fosse adolescente. Rolam mentiras, traições, bebidas, drogas, tensão sexual, intrigas e muita malícia. Podem me chamar de retrógrada!

          O segundo problema do livro é que ele é bom demais!!! Hahahaha.

          Queria muito saber o que acontece but... Tia Sara é muuuuito esperta, tanto que o livro termina e você continua com a pulga atrás da sua orelhinha. Os mistérios permanecem! E como não temos parceria da querida editora Rocco (Pleeeeaseeeee, Rocco!!! Envenenadas querem a parceria!), fiquei me roendo de uma curiosidade imeeeeensaaa! É claro que vou comprar o segundo livro da série, Impecáveis, depois que tiver uma graninha... hehe.

          Ok, ok. Vou confessar. O primeiro capítulo da série na Tv condensa quase todo o livro Maldosas. Mas o segundo capítulo... Hahaha. Eu sou terrível!

          Espero que curtam muito!!! Boa leitura!

          Beijooo, Indie.

22 de fevereiro de 2012

Resultado da Promo Silêncio!

Oi cheirosas!

Como foram de carnaval? Quarta feira de cinzas preguiçosa… Todo mundo mortinho com farofa…

Sei bem como é! Aff…

Mas eu trago notícia boa: resultado de promo pra animar a galera! Vamos lá?

Segundo nossos cálculos, foram 194 comentários somando os três blogs! Ai que loucura como diria a Narcisa!

Aí que Loucura! cópia

E que vai levar o super kit de Silêncio pra casa será…

silncio-4_thumb4

SORTEIO DE SILÊNCIO

O número 122!! Marcia Paiva!!! É tu mesmo garota!!!

image

Agora é só mandar um email pra gente com seus dados!!!

Parabéns a todos os participantes!!

Beijos!!!

18 de fevereiro de 2012

Promoção: Carnaval dos livros!!

Olá envenenados!!

          Como vocês estão??

          Hoje é dia de Carnaval e antes de cantarmos as marchinhas e sairmos no bloco envenenado… vamos colocar uma super promo no ar!!         

          E a promo não é só aqui no Envenenadas, a Fernanda Figueiredo (Livros Minha Terapia), a Ingryd Lessa (PseudoEstante) e eu e a Fê (As Envenenadas Pela Maça), resolvemos sacudir o Carnaval de vocês, só que é clarooo que o confete e a serpentina foram substituídos pelos livros!!!

 Promo Carnaval

 E como queremos que todo mundo receba nota 10!!!      

Vamos simplificar a promo!!!

Serão 3 vencedores!!! Cada vencedor levará um KIT lindo! 

 

  Kit Elizabeth Chandler : Kit Beijada por um Anjo 4 + Kit Beijada por um Anjo 5;

Kit Alysson Noël :  Radiante + Luminoso+ Ecobag de Radiante;

Kit James Patterson:  Eu, Alex Cross   +  5º Cavaleiro;

BANNER 2

 

 Regras

1- Seguir os três Blogs ;

Livros Minha Terapia;

PseudoEstante;

As Envenenadas Pela Maça.

2- Comentar em um dos Blogs no Post da Promo Carnaval dos Livros;

3- Preencher o Formulário;

4- Residir no Brasil ou ter endereço para entrega.

 

  

 

 Pronto !! Já está participando !!!

 

Quer chance extra ???

 

Curta a Fanpage dos Blogs e deixe a Frase:

“Quero um Carnaval de Livros”

 

Para cada Fanpage preencha o formulário novamente.

 

Fanpage: PseudoEstante

Fanpage: As Envenenadas Pela Maça

Fanpage: Livros Minha Terapia

 

 

 Observações:

*Sorteio pelo Randon.Org, obedecendo a ordem do relatório gerado pelo formulário.

**Final da PROMO em 03/03 .

***Resultado dia 5/03.

****Quem enviar o e-mail primeiro escolhe o Kit! O Segundo escolhe também e o último fica com o Kit que não foi escolhido!!

 

Boa SORTE  e um excelente CARNAVAL pata todos !!!!

 

Fê Figueiredo (Livros Minha Terapia)

Ingryd Lessa (PseudoEstante)

Math (As Envenenadas Pela Maça)

17 de fevereiro de 2012

Na panelinha da Indie: Carmem Miranda!

panelinha da indie cópia

Oie, gentem!!!

A panelinha de hoje está suuuper animada! 
Pois é. Na verdade, na verdade, foi um desafio imposto pela Fê. 
Ela adooora fazer isso comigo. Ela pensa que é minha editora. Só pensa. Coitada. Hahaha.
Brincadeiras a parte, dona Fernanda chega pra mim e fala: “Poxa, faz esse tema. Eu tô trabalhando com as crianças lá da escola sobre isso!”. Só que eu disse pra ela que não entendia muito sobre o assunto, tentando fugir pela tangente. Mas aí, ela jogou sujo: “Poxa, leelan, sei que você é capaz, vai...” Affffffff. Me ganhou. Desafio aceito!
Então, com vocês, o pequeno, notável e ilustre tema dessa panelinha:
clip_image002
Yes, nós temos banana!

Para vocês entenderem, Carmen Miranda é ícone mundial quando se fala em carnaval e Brasil. O que muita gente não sabe é que Carmem não era brasileira. O.o #comoassim. É, envenenadas, ela veio da terrinha. Ela era portuga! Carmen era cantora e atriz e fez muito sucesso nos EUA nas décadas de 30, 40 e 50, atuando e cantando em filmes produzidos por lá e levando o nome do Brasil àquelas terras.
Bom, mas o que interessa pra gente aqui nessa panelinha é que “A pequena notável” era animada, cantava marchinhas e tinha um estilo incomparável na hora de se vestir... E claro, foi a precursora do Tropicalismo, que foi um movimento cultural brasileiro que teve seu início na década de 60. Daí as roupas chamativas e coloridas, maxi colares, maxi anéis, maxi brincos, Turbantes, sapatos plataforma, frutas, flores, ufa! Era o exagero em pessoa!
Como estamos chegando perto do carnaval, tentei traduzir tudo isso pra nossa língua. Ou seja, coloquei itens “usáveis” até mesmo pra o nosso dia a dia. E, caso você queira incorporar a Carmen nesse carnaval, exagere. Pegue exemplos de todos os sets e componha um look. Com certeza você vai fazer sucesso! Agora se você quer levar um pouco da alegria de Carmen para sua rotina diária, no visual básico coloque uma pitada de ousadia como uma bolsa com uma flor beeem grande, ou uma faixa de chita bordada, ou até uma plataforma multicolorida... São tantas opções!
Vamos começar com os vestidos:
clip_image001
Alegres, coloridos, com estampas de frutas ou de flores. Além de tudo, são a cara do verão. O vestido liso azul eu incrementei. Achei esse o mais Carmen de todos. O tomara-que-caia ganhou um laço e ainda babados estampados, que na verdade são uma saia. Um luxoooo!!!!

Sapatos:
clip_image001[6]
Sapatos plataforma ou, como agora são chamados, meia pata, mas com saltos grossos, eram característicos da diva. Agora, se você é do clube das discretas, pode jogar uma melissa coloridinha com seu look que vai ficar muito legal. Se você é uma daquelas que gosta de “chegar chegando”, aposte no de frutas ou com salto banana. Pode ter a certeza que todos vão reparar em você! Muuuuitoooo autêntico! Amei o chinelinho forrado com chita e o detalhe da flor vermelha #musthave.
Para ser uma Carmen autêntica você precisa de acessórios. Eu digo acessórios a loooooottttt!!!!! Muitos mesmo.
clip_image001[8]
Caprichem nas bolsas com motivos florais ou “frutais”. Hehe. 
As bolsas envenenadas são as mais lindas!!! 
Maquiagem no último nível de colorida (não esqueçam dos cílios postiços!!!) e bocão vermelho “beija eu, me beija”. E tem também a faixa, se você não quiser usar o turbantão “melancia na cabeça”. Essa é a coisa mais fofa! Feita de chita, as flores foram rebordadas... Ficaram um luxo só! Perfeitas para os picumãs lisos ou enrolados, curtos ou compridos, cheios ou pouquinhos... Muito democrática!!!

Continuando com os acessórios:
clip_image001[10]
Esses são aqueles “MUST HAVE” mesmo. 
Presenças indispensáveis no armário de uma pequena notável! Pulseiras com muitos balangandãs... Uma salada de frutas inteira no seu pulso. Mas vai dizer que não são foférrimas essas mini frutinhas? Anota aí: flores em colares e pedras brasileiras dão um tcham a mais à produção! 
Exagere no tamanho e na quantidade... Neste caso, mais é mais! Totalmente Carmen Miranda inspired!
Mas se de repente, não sei, você vai viajar e passar o dia todo na praia, curtindo a vida... #invejinhabranca. Divirta-se!!! Também tem tico-tica-bum pra você!!! Biquinis e saias pra curtir um tropicalismo literal, olha só:

clip_image002[6]
Biquinis retrôs, floridinhos com babados... Pode abusar das bolinhas também! O maiô tomara-que-caia não é de velha não, viu? 
É muuuuitooo chic! E traz todo o glamour dos anos 50. 
As saias com vários babadinhos ou babadões, estampas coloridas, florais ou até de frutas, como essa da Prada com estampa de bananas.
É isso, meninas! Abusem da criatividade! E me mandem fotos das produções de vocês. De Carmen ou outra qualquer. Vai dar samba!

Bom feriado!!!

Beijooo,
Indie

16 de fevereiro de 2012

Resenha “Nietzsche para estressados”, Allan Percy, @editorasextante

Bom dia!!!

          Sou mega power suspeita para falar sobre o livro de hoje, que apesar de não ter sido escrito pelo meu filósofo favorito (pasmem, eu AMO Nietzsche!), trata de seus aforismos* e sua maneira tão grandiosa de pensar!

           Como vocês…

Nietzsche para

estressados

 

Livro: Nietzsche para estressados 

Autora: Allan Percy

Páginas: 112

Editora: Sextante

ISBN: 9788575426432

 

 

Sinopse

 

“Nietzsche para estressados é um manual inteligente e estimulante que reúne 99 máximas do gênio alemão e sua aplicação a várias situações do dia a dia. A sabedoria de Nietzsche é de grande utilidade na busca de uma solução para uma série de problemas, tanto na vida pessoal quanto na profissional.

Este breve curso de filosofia cotidiana foi criado por Allan Percy para nos auxiliar nos momentos em que precisamos tomar decisões, recuperar o ânimo, encontrar o caminho certo e relativizar a importância dos fatos da vida. É indicado para quem procura inspiração no pensamento do filósofo mais influente da era moderna para combater as angústias e os medos dos dias de hoje.

Cada capítulo é iniciado por um aforismo do grande mestre, seguido de uma interpretação atual. Muitas vezes, sua sabedoria é associada às ideias de outros autores renomados, enriquecendo ainda mais o assunto.

O legado de Nietzsche induz à reflexão e oferece uma forma inovadora de superar as dificuldades. Conheça algumas de suas frases marcantes:

• O que não nos mata nos fortalece

• O destino dos seres humanos é feito de momentos felizes e não de épocas felizes

• Quem tem uma razão de viver é capaz de suportar qualquer coisa

• O reino dos céus é uma condição do coração e não algo que cai na terra ou que surge depois da morte

• Não há razão para buscar o sofrimento, mas, se ele surgir em sua vida, não tenha medo: encare-o de frente e com a cabeça erguida

• Os maiores êxitos não são os que fazem mais ruído e sim nossas horas mais silenciosas

• Quem deseja aprender a voar, deve primeiro aprender a caminhar, a correr, a escalar e a dançar. Não se aprende a voar voando”

FitaLateral

 

Resenha

Não acredito que Nietzsche possa ser enquadrado em uma simples seção de auto-ajuda de uma livraria ou biblioteca. Seria até piada, pois o cara passou a vida inteira questionando seus pensamentos a fim de encontrar a sua “própria auto-ajuda”. E veja o que ele conseguiu! Um vasto legado de teorias filosóficas, embasadas em seus pensamentos mais primitivos.

É importante lembrarmos sempre do contexto social em que Nietzsche viveu; foi criado pelas mulheres de sua família após a precoce morte de seu pai, foi abandonado por seu grande amor, que o trocou por um amigo... Muitas coisas se explicam quando sabemos os motivos os quais as levaram a ocorrer. Então deixe seus preconceitos sobre filosofia de lado e permita que Allan Percy te explique algumas coisas sobre os aforismos* do filósofo em questão!

Em seu livro, “Nietzsche para estressados”, Percy trata através de tópicos, célebres pensamentos de Friedrich Nietzsche, fazendo analogias aos grandes nomes da história como Buda, pensadores como Platão e Proust e também escritores como Oscar Wilde. Além de exemplificar o nosso dia-a-dia. Fica bem fácil entender as máximas dele, quando você pode trazê-las para o seu cotidiano e experimentar sua aplicabilidade.

Veja esse exemplo:

“Toda convicção é uma prisão”

Agora pense: se você mantiver um pensamento do tipo “Gabriela: eu nasci assim, eu cresci assim, vou ser sempre assim”, de que vale uma vida inteira? Se você não puder mudar conforme conhece alguém que te apresenta algo novo. Se você não puder se apaixonar novamente por alguém, uma música ou um novo livro?

Você estará preso às suas convicções, certo!?

É isso que Nietzsche quer nos mostrar através de suas colocações, muitas vezes, duras, porém extremamente reais e atemporais.

Há quem diga que o filósofo foi um cara mal humorado. Tudo bem, concordo que a vida dele foi de muitas perdas, como a de muita gente também já foi, é ou será... Mas cabe às pessoas que usem suas dificuldades para encontrar as respostas. E foi isso que Nietzsche fez; ele foi tão bacana que não só as descobriu, mas também deixou as perguntas certas para que nós descobríssemos as nossas verdades.

Voltando ao livro de Allan Percy. Nas doses homeopáticas de “Nietzsche para estressados”, o autor preserva totalmente o pensamento filosófico, muitas vezes utilizando-se de metáforas para explicar uma máxima ou, até mesmo, uma fábula indiana ou chinesa. Allan (e Nietzsche!) acredita piamente que os pensamentos orientais estão alguns anos à frente dos nossos, que a conexão com a terra/Terra, a meditação e o escutar da nossa própria voz interior é capaz de trazer à tona, a ponta de um grande novelo de idéias chamado pensamento.

Eu gostei muito do livro e me vi em diversas situações, nos mais diferentes aforismos*. Mas a máxima de Nietzsche que carrego comigo desde sempre, com certeza, vocês já ouviram por aí... “Aquilo que não me mata me fortalece”

E é isso que eu penso todas as manhãs quando acordo!

Tenho certeza que vocês ficaram curiosos com os pensamentos de Nietzsche… Experimentem filosofar, é amor, na certa!

; )

Obrigada a nossa parceira, Editora Arqueiro!

Beijos!

Fê Madeira

13 de fevereiro de 2012

Resenha: ‘Como treinar o seu Viking’ da @intrinseca

Olá envenenados!

A Editora Intrínseca lançou este mês o livro Como Treinar o seu Viking, da série Como Treinar o seu Dragão, da autora Cressida Cowell.

Ele acabou de sair do forno e está quentinho!! rs

O livro é narrado pelo dragão, o engraçadíssimo Banguela, e é um livro extra… o que acaba se tornando um spin-off da série.

Acho que vocês vão gostar da resenha…

como-treinar-o-seu-viking

 

 

 

 

Como treinar o seu Viking

 

Da série: Como treinar o seu Dragão

 

Autora: Cressida Cowell

Editora: Intrínseca

Páginas: 88

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sinopse

          Banguela era um Dragão Comum sem nada de especial que pertencia ao verdadeiramente extraordinário viking Soluço Spantosicus Strondus III. Mas nem sempre foi assim…

          Houve um tempo em que Soluço achava difícil ser um herói, e Banguela achava ainda mais difícil ser o dragão de um herói. Afinal, ser desobediente e atrevido não é tão fácil quanto parece…

          Em ‘Como treinar o seu viking’, Banguela conta uma história da época em que Soluço era apenas um menino – e parecia bastante improvável que, no fim das contas, ele se tornasse o grande Chefe dos Hooligans Cabeludos. Narrado pelo dragão, esse volume complementa a série de memórias de Soluço, cujos personagens encantam crianças de todas as idades.

 

FitaLateral

 

Resenha

 

          Todo mundo aqui já sabe que eu sou professora de uma classe de alfabetização, não é?!

          Dentre muitos prazeres de ser uma professora, contar histórias é um dos que eu mais amo!

          Diariamente conto histórias para os meus alunos e meu acervo de livros infantis e infanto-juvenis é bem vasto!!

          Para minha surpresa, a editora Intrínseca ofereceu aos seus parceiros o livro da Cressida Cowell e eu fiquei encantada com a escrita original, engraçada e emocionante desta autora!

          Neste livro, Banguela o dragão, nos conta uma aventura prá lá de desafiadora que seu dono precisou enfrentar com coragem e bravura.

          Como parte do treinamento para ser um Viking ‘de verdade’ o professor Bocão Bonarroto (adoro estes nomes!!) leva 10 garotos vikings da tribo do Hooligans Cabeludos para uma praia deserta e selvlivros_infantis3agem a fim de que participem de mais uma etapa do Programa de Treinamento.

          Os garotos devem competir entre si e com a ajuda de seus dragões pessoais tentar vencer às provas bizarras inventadas pelo tal professor que só sabe berrar grosserias para seus alunos!

          E berrar era algo fundamental para os Hooligans já que era assim que eles deveriam se comunicar com os seus dragões! Fazia parte do manual de Treinamento!

          Mas aí é que morava ‘o’ problema de Soluço… já que ele não conseguia berrar!! Ele não era e nunca ia ser bom de berro. Ele era um garoto pequeno, magrela e sardento, incrivelmente educado para um viking!

          A sorte de Soluço é que ele tinha um dom incomum… sabia falar dragonês! O idioma por meio do qual os dragões se comunicam uns com os outros. E em meio a história, a autora ‘hilariamente’ nos ensina frases fáceis, mas de extrema importância para aprendermos a nos comunicar com qualquer dragão!!

          A história é encantadora e agrada a nós adultos nos transportando para o mundo infantil novamente e é fácil rir das piadas que Soluço conta para Banguela e também se emocionar com a relação que este dois lindos personagens compartilham. Quando li a história para os meus alunos, vários se identificaram com a frase dita pelo Soluço numa hora de perigo: –Não vou desistir do meu dragão!! E depois comentaram: “Os dois são amigos de verdade, né Mathilde?!”

          Outro ponto importante da história e que as crianças se identificaram demais foi: “Todo mundo tem medo de alguma coisa…” Eles disseram: “Não é errado ter medo, né?! É normal!!”

          Através de uma história deliciosa e despretensiosa, as crianças vão percebendo conceitos importantes e fundamentais como amizade verdadeira e também refletem sobre outros como ‘o medo’!

          Todos os livros da série são inteiramente ilustrados pela escritora inglesa e as ilustrações são bem humoradas e  divertidas!

Viking1

          Eu tenho um sobrinho de 2 anos e meio e é claro que já vou providenciar toda a coleção para ele!! Vale a pena presentear com esta série que além de divertir as crianças, ainda traz conceitos e valores bacanas para os nossos pequenos!

          Recomendo para quem tem irmãos mais novos, primos, filhos e até para você que gosta de rir quando lê um livro!

          Para quem gosta de filmes… Fica a dica para assistirem o filme que foi inspirado nas histórias da Cressida: Como treinar o seu dragão!

Beijocas, Math Tonionni

Promo ‘Prêmios de Férias’ – Semana #6

Bom dia envenenados,

Nossa semana de Prêmios continua…
Hoje iniciamos a SEXTA semana de Prêmios de Férias!!! Está um sucesso isso, hein!!

Pra quem ainda não conhece…  Esta é uma promo elaborada com carinho para os nosso seguidores fiéis…

…Que comentam em todos os nossos posts!!

BannerMarcadoresFerias
Os prêmios são estes aqui!!!

As fotos já estão atualizadas!

Temos vários kits com os mesmos marcadores, mas os bottons são únicos!

À medida em que forem escolhidos eu coloco aqui o aviso para vocês!

 
PRÊMIOS:

Luminárias de Livros (Só temos mais uma!!)
Brincos de Maçã
Furador de Maçã
Kit Editora Arqueiro (marcadores e livretos)
Kit Galera Record (Marcadores + 1 botton + 1 bloco Tormenta)
Kit Instrumentos Mortais (Marcadores + 1 bloco)
Kit Editora Intrínseca (Marcadores e livretos)
Kit Jogos Vorazes (Marcadores + Cards)
Kit Novo Conceito (Marcadores + 1 botton)
(Já saíram os bottons “O céu está em todo o Lugar” e “Questões do Coração”)
Kit Rocco (Marcadores + cards + adesivos)
Kit Misturinha (Marcadores sortidos)
Kit Talita Rebouças (Marcadores + Card + Bloquinho)
Kit Universo dos Livros (Marcadores)
Kit Vampiros (Marcadores + 3 bottons + 1 bloco)
Kit Círculo Secreto (Saquinho com: 1 Marcador + 1 botton + 1 bloquinho + 1 pingente de cristal)
 
Ainda temos vários prêmios diferentes para vocês escolherem!!

Para ganhar… siga as regras:

As regras são claras! E todo mundo já sabe!


Vamos relembrar?

1. Seguir o blog publicamente
2. Seguir o twitter das @Envenenadas
3. Curtir a fanpage do Envenenadas no Facebook
4. Escrever nesse post: “Participando!”/Nome e sobrenome/ Nome de seguidor/Twitter/Facebook
5. Comentar em TODOS os posts publicados no blog, de hoje até sexta-feira.



 
No fim de semana será sorteado um ou mais seguidores que levarão para casa 1 kit a sua escolha!
 
Quem deixar de seguir alguma regra, já sabe, fica desclassificado na semana.
 
Todo mundo pode participar dos sorteios de todas as semanas. Basta seguir as regrinhas.

Você pode ser sortudo e ser sorteado várias vezes. (É ter muuuuuita sorte! hehehehehe…)

O prêmio será escolhido pelo vencedor! Assim que vir seu nome como ganhador… o vencedor deverá mandar um e-mail pra gente com sua escolha e seu endereço!!!


Se o vencedor não enviar o endereço em até 2 dias… já era!!

Boa sorte a todos!!

Beijocas carinhosas, Math Tonionni





















































Ou receba as atualizações no seu email:

Delivered by FeedBurner

Posts Recentes

Últimos Comentários

As envenenadas pela maçã Ѽ by TwilightGirls RJ Ѽ - Copyright © 2012 - Todos os Direitos Reservados