14 de maio de 2012

Nova parceria envenenada!!

Boa noite envenenados!!

Hoje trago para vocês mais uma notícia maravilhosa…

Firmamos mais uma parceria com uma das editoras mais fofas do Brasil!!

 

Logo-SUMA-NOVO

 

Criado em setembro de 2005, o selo Suma, é voltado para a ficção de entretenimento, com autores como Carlos Ruiz Zafón, Stephen King, Michael Connelly e Audrey Niffenegger.

O selo – Suma – atua de forma independente e complementar, com equipes editoriais distintas e especializadas, apoiadas pela mesma estrutura operacional e empresarial da Objetiva que é comprometida com a busca por qualidade e a evolução por meio da diversidade editorial.

 

Os lançamentos da Suma neste primeiro trimestre já estão bombando nas livrarias e você já deve ter visto muitos deles por aí…

Veja alguns…

 

Traição - A Torre Negra HQ - Vol. 3

 

Terceiro volume da série de quadrinhos baseada no sucesso editorial A Torre Negra, de Stephen King, a HQ Traição é assinada pela mesma equipe de criação de Nasce o pistoleiro e O longo caminho para casa, ambos já editados no Brasil pela Suma de Letras. O roteiro das histórias é assinado por Peter David, escritor de HQs de ficção científica e responsável por clássicos como O incrível Hulk e Aquaman, com adaptação de Robin Furth, assistente de pesquisa do próprio King.

As ilustrações são de autoria de Jae Lee e do francês Richard Isanove, que desenharam edições de fenômenos pop como Homem-Aranha e X-Men, respectivamente.

Na trama, as coisas não andam bem no Mundo Médio. Roland Deschain, o jovem pistoleiro cujo destino é encontrar e proteger a Torre Negra, é atormentado por terríveis visões geradas pela Toranja de Merlin, a esfera que tem o poder de prever o futuro. O Rei Rubro, inimigo maior dos habitantes do Mundo Médio, trama há tempos a destruição da Torre e da própria realidade em que Roland e seus amigos vivem. E Roland, confrontado pelas visões enviadas pela Toranja, não consegue ver com clareza que o plano nefasto já está em andamento.

Traição leva a saga de quadrinhos de A Torre Negra a um ponto extremo de suspense. Neste volume, o ka-tet (grupo de pessoas unidas pela fé) ligado a Roland Deschain - entre os quais estão os amigos Alain John e Cuthbert Allgood - lida com eventos que sucedem o retorno a Gilead, a cidade natal do protagonista.

As aventuras de Traição e das demais edições ilustradas de A Torre Negra contam com uma peculiar mescla entre terror, ficção científica e faroeste e mantêm a originalidade do trabalho de Stephen King, que pessoalmente supervisionou a realização da série de HQs.

 

O Atlas Esmeralda

 

"... uma grande história está no modo como ela é narrada, e em ‘O Atlas Esmeralda’ a narrativa é soberba." — The Wall Street Journal

"A energia e o humor elevados do romance atenuam o tom, ao mesmo tempo em que honra a profunda busca pela família. O final... traça bem o caminho para o segundo livro desta promissora trilogia." - The Washington Post

Este é o primeiro livro da trilogia Os Livros do Princípio e também o romance de estreia de John Stephens, roteirista, diretor e produtor de televisão de Hollywood. Fã dos livros de J. R. R. Tolkien e de J. K. Rowling, Stephens narra em O Atlas Esmeralda a história de três irmãos que descobrem um livro mágico e viajam por uma terra encantada em busca de seus pais.

Há dez anos, numa noite de inverno, os irmãos Kate, Michael e Emma foram tirados de suas camas às pressas, perseguidos por criaturas estranhas e levados para longe de seus pais, os quais nunca mais viram. Desde então, os três passaram todo esse tempo vivendo em vários orfanatos sem saber o que de fato aconteceu naquela noite.

Kate, a mais velha, é a única que tem lembranças dos pais, a quem jurou proteger seus irmãos a todo custo até que a família estivesse reunida novamente; Michael, o do meio, adora o mundo dos livros e histórias de magia e é sempre alvo de implicância dos garotos mais velhos; e Emma, a mais nova, é uma verdadeira encrenqueira, mas de grande coração.

Quando chegam a uma mansão abandonada, os irmãos encontram um atlas encantado que os faz viajar no tempo e os leva para uma terra habitada por gigantes, anões, lobos famintos, crianças prisioneiras e uma condessa que é a fonte de todo o Mal. Assim, as crianças que apenas buscavam o paradeiro de seus pais acabam tendo que salvar o mundo.

Segundo Stephens, uma das mensagens que ele espera passar aos leitores é a de que livros podem ser mágicos, "como o livro que Kate, Michael e Emma encontram e os transportam através do tempo, ou como um livro que você lê e o leva para uma aventura a outro mundo".O Atlas Esmeralda será publicado em mais 35 países.

 

Oksa Pollock e o mundo invisível

 

A jovem Oksa Pollock, de 13 anos, era uma estudante que acreditava ser igual a todos os outros. Em certo momento, aflita com o início das aulas na escola nova, Oksa percebe ser a causa de fenômenos estranhos em seu quarto. Um canto da escrivaninha pega fogo, caixas explodem.

Ela, que sempre sonhara ser uma ninja, descobre que possui dons sobrenaturais. Confusa e aterrorizada, evita comentar esses fatos com outras pessoas.

Estes estranhos acontecimentos vêm acompanhados do aparecimento de uma misteriosa marca em sua barriga. Muito assustada, Oksa conta tudo à avó, a excêntrica Dragomira, que lhe confessa o segredo de suas origens: a família Pollock vem de Edefia, um mundo invisível, escondido em algum lugar na Terra. Oksa descobre ser a Inesperada, a única esperança dos exilados de Edefia de voltarem à terra de origem.

Diante das novidades e da missão para a qual foi escolhida, Oksa não será mais a mesma. Mesmo com a ajuda de seu melhor amigo, Gus, descobre o quanto é difícil conciliar a vida escolar normal e cumprir o seu destino. Neste primeiro volume da série de sucesso na França, Oksa Pollock e o mundo invisível apresenta uma narrativa dotada de fantasia e das contradições vividas por uma jovem que descobre subitamente uma realidade que jamais havia imaginado.

 

Os olhos amarelos dos crocodilos

 

Enquanto Iris é uma socialite, muito elegante e sofisticada, sem a menor preocupação com seus gastos, Joséphine é historiadora e leva uma vida bem mais modesta nos subúrbios de Paris. Os curiosos contrastes entre ambas já eram visíveis desde a infância.

Apesar da invejável condição financeira, Iris não é feliz. Seu casamento, em particular, é motivo de desgosto constante. A irmã não tem dúvidas de que ela e seu marido, Philippe Dubin, vivem presos a um regime de aparências. Já Joséphine, em meio às dívidas que sustenta, expulsa de casa o marido desempregado, que a traía com uma manicure.

Certo dia, em um jantar de alta classe, Iris inventa que é escritora. Para sustentar a mentira e criar uma nova imagem, pede ajuda a Joséphine: a irmã escreveria um livro, depois assinado por Iris, que lhe daria o dinheiro relativo à publicação. Recém-separada e cheia de dívidas, Joséphine aceita. Ao longo dos dois anos seguintes, a vida das duas irmãs vai mudar completamente em função desta decisão.

Com muitos diálogos e conflitos, as histórias que se seguem à farsa promovida pelas irmãs revelam a dificuldade em sustentar a mentira de ambas, em meio às demais histórias de suas famílias. Os olhos amarelos dos crocodilos exibe uma saga familiar que vai de Paris à África, apresenta vários personagens fascinantes e tenta responder a velha pergunta: afinal, o que determina o sucesso de alguém?

 

@mor

Num e-mail enviado por engano, começa um relacionamento virtual que testa as convicções de Leo Leike e Emmi Rothner. Leo Leike, ainda digerindo o fracasso de seu último relacionamento, responde de forma espirituosa a duas mensagens enviadas por engano por Emmi Rothner, casada. Inicialmente, ela só queria cancelar uma assinatura de revista.

Depois, inclui Leo por engano entre os destinatários de um e-mail de boas festas. Na terceira troca de e-mails, o mal-entendido dá lugar à atração mútua, reforçada pelo fato de um nunca ter visto o outro.

Nada como a curiosidade instigada por frases bem encadeadas chegando a intervalos regulares numa caixa postal eletrônica para que os dois se esqueçam dos possíveis impedimentos. A cada dia, Leo e Emmi se sentem mais impelidos a marcarem um encontro. Após trocas contínuas de mensagens, está claro para ambos que o marido dela e as feridas emocionais dele não serão obstáculos para que marquem um encontro. O único obstáculo real é a insegurança de ambos quanto à transformação da fantasia em realidade. A expectativa é uma faca de dois gumes e a realidade pode não estar à altura.

A tradição dos romances epistolares, compostos exclusivamente de trocas de cartas, é antiga na literatura ocidental. O primeiro livro com estas características, o espanhol Prisão de amor, de Diego de San Pedro, data de 1485. No século 18, o gênero se tornou popular, com clássicos como Ligações perigosas, de Choderlos de Laclos, Clarissa, de Samuel Richardson, e O sofrimento do jovem Werther, de Johann Wolfgang von Goethe.

O austríaco Daniel Glattauer dá nova vida à tradição epistolar em @mor, primeiro de dois romances que exploram um relacionamento sustentado basicamente em trocas de e-mails. Romance de estreia de Glattauer e campeão de vendas na Alemanha e na Espanha, o livro explora, sob roupagem moderna, sentimentos familiares a amantes de todas as gerações.

 

Travessia

 

"O mais quente livro juvenil a chegar às lojas desde Jogos Vorazes" - Entertainment Weekly

"Uma continuação fantástica para Destino" - The Guardian

"Um triângulo amoroso + a luta contra o poder estabelecido = entretenimento perfeito" - MTV.com

Fora da Sociedade, as regras são diferentes

O futuro de Cassia, que um dia fora traçado com perfeição pela Sociedade, não poderia ser mais incerto agora. Ela parte para as Províncias Exteriores à procura de Ky, aprisionado e levado para o que parecia a morte certa. Mas a chegada lhe reserva uma boa surpresa: Ky conseguiu fugir para os imponentes cânions da região. O que não tornará mais fácil a missão da moça: os cânions são inóspitos, traiçoeiros e não se sabe de ninguém que tenha conseguido desbravá-los.

Nesta fronteira selvagem, Cassia conhece a promessa de uma vida diferente e testemunha os primeiros sinais de uma rebelião. Mas mesmo que ela esteja - e está - disposta a sacrificar tudo para se reencontrar com Ky, novas reviravoltas da parte de Xander podem mudar o jogo.

Narrada em pontos de vista alternados por Cassia e Ky, esta continuação de Destino levará os dois aos rincões mais distantes da Sociedade, onde a vida é muito diferente do que os dois conheciam.

 

Bem…

Você verá muitas novidades da SUMA por aqui e espere várias resenhas e promoções para vocês!!

Obrigada SUMA pela confiança no blog!!

Beijocas a todos, Mathilde Tonionni

7 comentários:

  1. Muito legal a nova parceria, parabéns.
    Dos livros a cima quero muito ler Travessia, Oksa Pollock e o Mundo Invisível e o O Atlas Esmeralda.

    ResponderExcluir
  2. EEEEEEEEEEEEEE
    Parabéns pela nova parceria.
    A Suma tem livros ótimos!!!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela parceria! A Suma tem livos ótimos então significa que teremos excelentes resenhas!

    ResponderExcluir
  4. Uhuuuulllllll
    Mais uma parceria nesse blog que eu adoro!!!!
    Parabéns

    ResponderExcluir
  5. PARABENS!

    Suma tem otimos livros!!!

    Ansiosa para ler as resenhas ;P

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pela excelente parceria.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir

Destile seu veneno, comente!

Ou receba as atualizações no seu email:

Delivered by FeedBurner

Posts Recentes

Últimos Comentários

As envenenadas pela maçã Ѽ by TwilightGirls RJ Ѽ - Copyright © 2012 - Todos os Direitos Reservados