12 de janeiro de 2012

Resenha: ‘O Jovem Sherlock Holmes-Nuvem da Morte’ da @Intrinseca

          Boa tarde pessoal,
      
Esta semana é a semana dos retornos!! A Indie está de volta postando por aqui e eu também voltei com mais uma resenha para vocês!

Antigamente eu pegava um livro emprestado com a minha irmã e ela não pedia nada em troca, mas agora que ela tem um blog a condição é: “Só te empresto se você escrever uma boa resenha para o blog!”. A vida de irmão de blogueira não é fácil! rs

Então, estou aqui pra falar sobre um assunto que me agrada muito. Aliás, dois assuntos: livro e Sherlock Holmes!

Falar de livros é sempre gostoso. Principalmente quando se trata de bons livros. E divulgar uma boa leitura em nosso país tem se tornado uma tarefa de muitos heróis, espalhados em nossas terras tupiniquins. Seguindo o molde, seguimos com o segundo assunto, Sherlock Holmes.

          A resenha de hoje é do livro…

sherlock-jovem
 
 
 
























O JOVEM SHERLOCK HOLMES,
NUVEM DA MORTE
 
Livro: Nuvem da morte
Série: Jovem Sherlock Holmes, O
Autor: Andrew Lane

Editora: Intrínseca

Páginas: 288
Comprar: Livraria Leitura (Tá em oferta!! Aproveita!!)

 
  Sinopse
          “Um lampejo de cor em meio às árvores chamou sua atenção: manchas vermelhas sobre um fundo branco. Sherlock chegou mais perto, pensando que se tratasse de um cogumelo gigante no chão, mas havia algo no formato daquilo que o incomodava.
          Parecia… Uma nuvem de fumaça começou a desprender-se do objeto justamente quando Sherlock o reconheceu: o corpo retorcido de um homem caído no chão. A fumaça dissipou-se, levada pela brisa, mas não havia nenhum sinal de fogo. Por um momento Sherlock pensou que o homem estivesse deitado ali fumando um cachimbo, por algum motivo com o rosto envolto em um lenço branco de estampas vermelhas.
          Ao aproximar-se, contudo, percebeu que as manchas vermelhas não eram marcas em um cogumelo nem estampas em um lenço branco."
         
Dois cadáveres. Um herói extraordinário. A origem de uma lenda.
          Sherlock Holmes tem apenas catorze anos quando, ao caminhar por um bosque, descobre um cadáver. Trata-se de um homem. Está coberto de pústulas. É então que Holmes começa uma nova vida.
          Sua mente destemida e a sede de aventuras conduzem-no por uma jornada capaz de deixar qualquer um sem fôlego: da tranquilidade da vida no campo ao submundo das docas londrinas, enfrentando fogo, espionagem e sequestros até o cerne de uma aterrorizante trama que poderá mudar o futuro da Grã-Bretanha.

 
FitaLateral

Resenha
          “Sherlock Holmes, criado pelo escocês Sir Arthur Conan Doyle, apareceu pela primeira vez na história "Um Estudo em Vermelho", editada pela revista Beeton's Christmas Annual no Natal de 1887 e, desde então, tem fascinado muita gente, sendo o personagem da literatura mundial que recebeu o maior número de adaptações, estudos e especulações. Doyle acabou por criar um personagem que apaixonou em pouco tempo o mundo inteiro”.
          Esse livro é o típico caso de mais uma adaptação profícua sobre o personagem que atrai multidões há quase 125 anos. Claro que outros tantos detetives famosos foram criados ao longo dos anos, tanto do sexo masculino quanto do sexo feminino; detetives esses que tem seu espaço importante na literatura mundial. Mas nosso foco é Holmes!
          A ficção do inglês Andrew Lane retrata um Holmes na adolescência, que passa por situações típicas dessa etapa da vida. Quer seja na escola, com a família ou paixões, o autor não é maçante em nenhum momento do livro. Pelo contrário, a narrativa é acelerada, mesmo com os detalhes apresentados sobre os personagens e locais onde as cenas se desenrolam. Detalhes também para a descrição da psique dos personagens, que enriquece ainda mais a história.
          O livro começa com Holmes entrando de férias e sendo enviado para a casa de um tio com quem quase não tinha contato, devido à ida de seu pai para a Índia, por causa da guerra.
          Com essa viagem, onde ele é guiado pelo seu irmão Mycroft Holmes até a casa do seu tio, o autor vai descrevendo o relacionamento existente entre os irmãos e dando mais pistas sobre a família de Sherlock. Curioso é que pouco se foi dito pelo criador do personagem, Conan Doyle, sobre a família Holmes. O próprio Mycroft só desempenha um papel ativo em dois contos escritos originalmente: ‘O intérprete grego’ e ‘Os planos do Bruce-Partington’. Neste último, Holmes revela que seu irmão não é apenas mais um auditor a serviço do governo britânico, ocasionalmente, seu irmão é o governo britânico.
          Para quem não sabe, Doyle escreveu 04 (quatro) novelas e aproximadamente 56 (cinquenta e seis) contos, nos quais ele descreve o personagem e relata inúmeras aventuras do detetive.
          Outros personagens são apresentados e introduzidos nessa ficção da ficção, como é o caso de Amyus Crowe, tutor contratado por Mycroft para acompanhar seu irmão nesse período de férias e ainda Matthew e Virgínia.
          O livro relata com desenvoltura a relação ente Holmes e Matthew Arnatt, um garoto sem família que viaja pelos canais ingleses e que o ensina sobre o submundo e também a relação com seu tutor, Amyus Crowe, que lhe ensina os princípios do raciocínio lógico e do processo dedutivo. Estes relatos dão um tom acelerado à narrativa, prendendo a atenção do leitor.
          Já a relação ente Holmes com Virgínia, filha de Amyus Crowe, dá um tom romântico adolescente a história, fazendo o leitor se divertir com o flerte entre os dois jovens, e o temperamento e personalidade especiais da jovem.
          O título do livro me chamou a atenção e quanto mais eu lia o livro, mais curioso ficava para entender sobre o que se referia. Como nos livros do Conan Doyle, as pistas estão sempre lá, e quando as peças começam a serem unidas pela mente de Holmes, ainda com sua prática de dedução em amadurecimento, percebia que aquilo que parece muito complexo, é na verdade muito simples. O que é a Nuvem da Morte? Leiam o livro e vocês descobrirão. É surpreendente.
          A capa do livro está fabulosa! Os detalhes em alto relevo e com as texturas deu um toque especial ao livro.
          A leitura trouxe o mesmo gosto e sensação que senti quando li os livros originais pela primeira vez, e a saudade de ler novamente essas histórias aumentou.
          Espero e desejo que a Intrínseca publique logo os outros títulos que já existem em inglês.
          Detalhe para a publicação do início da história do volume 2, O Parasita Vermelho, ao final da história Nuvem da Morte. Gostinho de “cenas do próximo capítulo”.
          Indiscutivelmente, A Nuvem da Morte leva o leitor mais curioso a se interessar a ler as histórias originais. Vale à pena!
          A propósito, estou com minha coleção na minha frente; e eu fiz questão em dar uma folheada nela pra escrever essa resenha.
          Math, desculpe a demora com a resenha. Nessas minhas folheadas dos livros originais, me peguei relendo dois ou três contos. Smiley piscando
          Boa leitura a todos!

374641_267896909940440_100001603999631_772770_1693712799_n
Victor Assis,
irmão mais velho da Math envenenada,
fã do blog ‘As Envenenadas pela Maçã’
e leitor voraz de livros de suspense e aventura.

20 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Legal a resenha, adoro Sherlock Holmes! Quero ler esse livro :)

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Que saudade do velho Sherlock de Doyle, me sentia realmete capaz de solucionar qualquer crime quando lia a muiito tempo suas história! Então é sempre um prazer ver tal personagem renascer, ainda não li os livros mas estou doida para le-los e é claro bateu a saudade da minha velha paixão. bjus! :)

    ResponderExcluir
  4. A capa do livro é realmente muito bonita e me chamou a atenção logo de cara por causa do "Sherlock Holmes"!
    Sempre fui fã do detetive mais conhecido do mundo, mas só li as obras originais de Sir Arthuer Conan Doyle, por isso não sei o que esperar de um livro que tem Sherlock Holmes como protagonista mas não foi escrito por seu criador.
    Mesmo com esse receio, gostei muito da sua resenha e fiquei com muita vontade de reler as histórias originais de Sherlock e de ler esses novos livros que contam as "aventuras" de um Sherlock ainda jovem.
    Fiquei curiosa para saber como esse autor retratou a família do melhor detetive da Literatura Mundial e em como é o relacionamento de Sherlock com os outros personagens do livro. Também fiquei muito curiosa para descobrir o que exatamente significa "Nuvem da Morte".

    ResponderExcluir
  5. A capa é realmente interessante. Nunca li um livro de Sherlock Holmes, embora acho fantástico histórias desse estilo.
    Bem legal a história desse livro...
    - Luiz Felipe Matos

    ResponderExcluir
  6. UOU QUE LIVRO EIN? DEIXA EU COLOCAR NA LISTA QUERO COMPRAR POR CAUSA DA CAPA KKKKKK MUITO LINDA, RESENHA FICOU OTIMA

    BEIJOS

    ResponderExcluir
  7. eu queroo!
    Já cheguei a ler poucas historias sobre Sherlock e nosso "caro Watson", alguns até chegam a acreditar que a dupla chegou a existir... =/

    ResponderExcluir
  8. Nossa, Sherlock é muito amor! Sempre curti esse tipo de leitura, desde quando era mais nova! Tudo que é misterioso me fascina muito e ainda mais quando tem assassinato no meio, com pistas espalhadas a serem descobertas... Adoro! Confesso que já pensei em ser detetive hahahaha (sem contar que adorava esse jogo, o de tabuleiro mesmo rsrsrs)

    Não sabia que esse livro tinha saído pela Intrínseca, gostei muito da notícia! Sem contar que agora fiquei bem curiosa para saber o desfecho da primeira investigação do jovem Holmes! :)

    Beijos!!
    Ingryd Lessa
    Ps: Agora temos um envenenado no time??? :D

    ResponderExcluir
  9. Muito show...
    é bom saber que boas histórias ainda são publicadas..

    ResponderExcluir
  10. Confesso que Sherlock Holmes nunca me agradou,então eu não sinto vontade de ler esses livros.Mas sei que muitos são fãs e tal...não é pra mim.

    Ótima resenha

    ResponderExcluir
  11. Tô esperando ansiosamente que esse livro tem aquelas quedas de preço e que eu compre, e o leia logo...=] Ainda não li nada do Sherlock, mas td que sai a respeito do tema eu curto, seriado e filme, então como sempre o livro deve ser mto melhor, os originais mais ainda =]

    Miquilis:
    Bruna Costenaro

    ResponderExcluir
  12. Excelente resenha! Super bem embasada! Adoro Holmes!!! Seja em livro ou em filme! Acho que ainda prefiro os filmes... Mas sou apaixonada pelo personagem! As aventuras do jovem Holmes me lembram as aventuras do jovem Indiana Jones. Sei que são diferentes... Mas a idéia talvez seja a mesma! Levenado em conta que a personalidade começa se formar e se fixar na juventude tudo que Holmes é nos romances em que está adulto está ligado de alguma forma ao que ele passou e foi quando jovem. Como adoro esse lance de evoluçãi piscológica de personagens gosto dessas séries que mostram o personagem mais jovem! Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  13. Não faz muito o meu estilo o livro,nunca li Sherlock Holmes.parabéns pela resenha,muito boa.

    ResponderExcluir
  14. Gostei da resenha
    mas não é o meu tipo de livro

    ResponderExcluir
  15. Parabéns pela resenha, sou fã de Shekrlock Holmes e gostei de saber que lançaram um livro sobre sua juventude, parece ser um livro ótimo para se ler em uma confortável poltrona.
    Amanda Ramos

    ResponderExcluir
  16. Livros de suspense me deixam beeem angustiada e já me senti assim só com a sinopse e a resenha! talvez eu dê uma chance a ele, só não sei se vou gostar. Mas a resenha está ótima, mto bem escrita, fez até eu que não gosto de suspense pensar em ler! Bjoo

    ResponderExcluir
  17. A resenha me conquistou, confesso que nunca li nada de Sherlock Holmes, mas gosto muito de livros policiais e me interessei bastante por esse! Fiquei com vontade de ler!

    ResponderExcluir
  18. Sou super fã de livros de detetives, por isso um classico com o Sherlock Holmes, não foge a minha lista *-* Adorei o título do livro também. Adoro como os títulos de livros de suspense já ti preendem atenção, é impresionante 0.0 tem vários livros que eu leio só pra saber o por que do título e não é diferente com esse do Holmes, adorei a resenha =P
    Ah e estou torcendo também para lançar os próximos livros *-*

    ResponderExcluir

Destile seu veneno, comente!

Ou receba as atualizações no seu email:

Delivered by FeedBurner

Posts Recentes

Últimos Comentários

As envenenadas pela maçã Ѽ by TwilightGirls RJ Ѽ - Copyright © 2012 - Todos os Direitos Reservados