18 de setembro de 2011

Resenha: “Te amo, te odeio, sinto tua falta” da Editora Underworld

Esta resenha é a primeira do Book Tour realizado por 5 blogs amigos.

5 amigas que amam ler e que se falam constantemente pelo Skype, resolveram escolher um livro para nos encantar.

Espero que vocês se encantem tanto com ele, como eu!

Boa leitura…

 

Te-amo-te-odeio-sinto-sua-falta[3]

Te amo

Te odeio

Sinto tua falta

 

Autora: Elizabeth Scott

Editora: Underworld

Páginas: 179

Tradução: Débora Isidoro

 

 

Sinopse:

          “Já se passaram 75 dias. Amy está cansada do interesse súbito que seus pais tomaram nela. E ela está realmente cansada das pessoas perguntando por Julia. Julia se foi, e ela não quer falar sobre isso. Eles não entenderiam, de qualquer maneira. Eles não entenderiam como é ter sua melhor amiga arrancada de você. Eles não entenderiam como é saber que foi sua culpa. O terapeuta de Amy acha que ajudaria se ela escrevesse um diário. Ao invés disso, Amy começa a escrever cartas para Julia. Mas à medida que escreve as cartas, ela começa a perceber que o passado não foi tão perfeito como ela pensava - e que o presente merece uma chance também. "

 

 

 

FitaLateral

Resenha

          Quando comecei a ler o livro, tinha a certeza absoluta que estava lendo um livro sobre a morte. A morte como a vilã que acaba com a vida de alguém tão querido e que faz com o restante de nós ‘morra’ também.

          Quem já perdeu alguém próximo, talvez compreenda melhor este sentimento ou a sensação de vazio que nos abate e nos faz ficar adormecidos para vida por um certo tempo.

          É assim que vejo a Amy, adormecida para a vida. Quebrada. Marcada. Angustiada. Sozinha.

          Quem não perdeu ninguém tão próximo, talvez leia o livro como mais uma ficção e consiga ter um olhar sobre ele mais distante e por que não dizer, mais saudável. Esta não foi a minha experiência… desde que presenciei a morte bem de perto, fico longe de literaturas deste gênero, mas felizmente, pude repensar e rever alguns conceitos lendo este livro.

          Ele é uma obra prima, uma declaração de amor a alguém que já se foi e uma descoberta de vida pra quem fica.

          Depois de terminar de ler, tive uma certeza linda que me fez ficar emocionada… este é um livro sobre a VIDA e não um livro sobre a morte como tinha pensado no início.

          Ele mostra a luta sofrida de uma amiga que se culpa por não ter salvado a vida de alguém tão especial e sua caminhada para superar a perda e se perdoar. A narrativa é feita em primeira pessoa. Quem conta a história é uma garota de 16 anos, chamada Amy que está em luto profundo pela morte de sua melhor amiga, Julia.

          Desde que Julia chegou para morar na vizinhança com sua mãe, se tornou amiga inesperável de Amy.

          As duas eram muito diferentes. Amy era insegura, tímida, boa aluna e só aceitava andar com algumas meninas para não ficar sozinha na escola o tempo todo. Era alta demais, tinha um cabelo vermelho demais e se sentia deslocada demais.

          Julia era o oposto. Extrovertida, alegre, desinibida e cativante. Sua autoestima era enorme e sempre dizia e fazia o que queria. Fazia sexo com frequência e com quantos garotos queria, fumava, consumia drogas e bebia.

           Claro que a amizade entre as duas as modificou. E as escolhas que fizeram levaram as duas para o trágico acidente em que Julia perdeu a vida.

           Agora, Amy precisa reaprender a viver sem a pessoa que mais a compreendia no mundo. Precisa lidar com seus pais que não a veem, com a dependência ao álcool e com uma psicóloga chata e irritante. E ainda tem a escola… como será capaz de enfrentar os olhares de todos, os cochichos e os professores? Se a Julia ainda estivesse com ela… esta seria uma tarefa fácil, mas agora está sozinha de novo.

          Amy vai vivendo e contando os dias que se passam sem Julia. Em cada capítulo podemos acompanhar esta contagem e sua psicóloga a aconselha a escrever um diário, mas ao invés disso, ela decide escrever cartas para amiga, como se tivesse ainda conversando com ela.

      Através das cartas, descobrimos junto com Amy verdades sobre seu relacionamento com Julia. Descobrimos junto com a própria Amy, que é possível amar, sentir muito a falta de alguém e também odiar esta pessoa por ter ido embora. Odiar tanto quanto a si mesma…

          Eu nunca tinha lido nenhum outro livro desta autora e confesso que fiquei encantada com sua escrita. Ela aborda assuntos e questões muito pertinentes que acontecem na adolescência e faz isso com muita clareza e cuidado.

          A possiblidade de ler este livro é maravilhosa e faz com que cada leitor elabore dentro de si uma perda que inevitavelmente vai ocorrer. Eu, como professora, indicaria este livro para ser trabalhado com turmas de Fundamental II e de Ensino Médio.  Vale à pena!!

          Eu não vou contar para você o que vai acontecer no final do livro. Mas enquanto eu lia… eu torci muito para que Amy pudesse ver o quanto ela era forte e que pudesse se dar a chance de ser feliz.

          Te amo, te odeio, Sinto tua falta fala de vida, de morte, de amizade, de família, de medo, de escolhas e de consequências.

          Termino esta resenha com uma das frases marcantes deste livro:

“Não suporto isso, saber que você se foi. Lamento muito, J. Não sabe quanto eu sinto por tudo que aconteceu. Pelo que eu fiz. Sei que são só palavras. Mas elas são sinceras, juro. Sinto muito. Por favor, me perdoe por tudo.”

Outros comentários:

A capa do livro é linda… a diagramação também!!!

A letra é um pouco pequena, mas depois me acostumei!

Ele é fino e de fácil leitura… dá para ler num dia!

A revisão deixou passar pequenos erros, mas nada que atrapalhe a leitura!!

Vá ao Facebook e curta a página do livro!

E aqui você pode curtir a página da Editora!

Adorei e a editora está de parabéns!! Smiley piscando

Beijos, Math Tonionni

8 comentários:

  1. Quero muito esse livro e achei tão poucas paginas ...mas eu me apaixonei mais ainda depois da sua resenha ")

    ResponderExcluir
  2. A arte do livro tá linda, aliás, as capas e diagramação da Editora Underworld são um capítulo à parte. Bom, sobre o livro, o título já chama a atenção, achei bem forte: Te amo, te odeio, sinto sua falta... e o enredo me pareceu tão forte quanto o título e muito envolvente.
    Eu já queria ler 'Menina Morta-viva' dessa mesma autora e agora já vou incluir esse tbm.

    Ótima resenha, Math!

    @BobbyDupeaGirl

    ResponderExcluir
  3. Queria mto ler a tua resenha mais vou passar dessa vez, não quero spoiler rs

    ResponderExcluir
  4. Li a resenha e amei... Ansiosa por ler o livro agora... Sabe porque? Perdi minha cumadre a quase dois anos... Regina era uma menina de 23 anos, inteligente, tímida, formada em Turismo... Que tinha um defeito no rosto, causado por um tumor. Conheci ela quando fazia crisma na igreja do meu bairro. Ficamos amigas... A mãe dela se tornou minha madrinha... E ela, 9 anos depois de nos tornarmos amigas se tornou a madrinha do meu bem mais precioso... E a dois anos ela partiu... Vítima de um tumor no cérebro que ninguém sabia da existência... Estive com ela num sexta feira... Rimos, nos divertimos... E no sábado ela partiu, do nada, derepente... Me faz falta... Me fez pensar na fragilidade da vida... E por isso sei que vou apreciar e aproveitar muito essa leitura nesse adorável BookTour.

    ResponderExcluir
  5. Nossa! Cara, eu fiquei com mais vontade ainda de ler. Eu já perdi alguém muuuito próximo, não sei o que vou sentir se ler esse livro, mas quero descobrir.
    A leitura deve ser rápida, né? Porque tem pouquíssimas páginas.
    Adorei!

    Beijos,
    Mandi ;*
    http://bookandcupcake.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Depois que terminar o booktour vc me empresta para eu ler, a Nathy já vai resenhar, então, vai ser só leitura… #extençaodobooktour eu cuido dele com carinho e devolvo… #mimimi

    AMEI a resenha, fiquei com mais curiosidade ainda…

    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Destile seu veneno, comente!

Ou receba as atualizações no seu email:

Delivered by FeedBurner

Posts Recentes

Últimos Comentários

As envenenadas pela maçã Ѽ by TwilightGirls RJ Ѽ - Copyright © 2012 - Todos os Direitos Reservados