4 de agosto de 2011

Resenha: ‘A Janela de Overton’ – Novo Conceito

ajaneladeoverton_capa

 

 

 

A Janela de Overton

 

 

Autor: Glenn Beck

Páginas: 384

Editora: Novo Conceito

 

 

 

 

 

 

 

 

Sinopse

          Um plano para destruir a América, há centenas de anos sendo planejado, está prestes a ser colocado em prática. Uma poderosa técnica chamada Overton Window que pode modificar nossas vidas, nossas leis e nosso futuro.

          Ela funciona manipulando a percepção pública para que nossas ideias pensadas anteriormente pareçam ser radicalmente aceitas.

Mude a Janela e mude o debate. Mude o debate e mude o país.

          Para Noah Gardner, um executivo de Relações Públicas com 20 e poucos anos, é seguro dizer que a teoria política é a única coisa em sua mente. Inteligente, solteiro, bonito e isolado dos problemas do mundo com a riqueza e o poder de seu pai, Noah é muito mais preocupado com o futuro de sua vida social do que o futuro de seu país. Mas tudo isso muda quando Noah encontra Molly Ross, uma mulher que é consumida pelo conhecimento de que a América que conhecemos está prestes a ser perdida para sempre.

          Ela e seu grupo de patriotas se comprometeram a recordar o passado e lutar por um futuro, mas Noah, convencido de que são apenas teorias de conspiração erradas, não está interessado em emprestar suas habilidades consideráveis para a sua causa. E, então, o mundo muda.

          Um ataque sem precedentes sobre o solo dos E.U.A. sacode o país para o núcleo e coloca em movimento um plano assustador, décadas sendo formulado, para transformar a América e demonizar todos os que se interpõem no caminho. Em meio ao caos, muitos não sabem a diferença entre a teoria da conspiração e conspiração realidade ou, mais importante, em qual lado lutar.Mas para Noah, a escolha é clara: Expor o plano, revelando os conspiradores por trás dele, é a única maneira de salvar tanto a mulher que ele ama quanto sua liberdade.

 

FitaLateral

 

Resenha

 

          Eu preciso fazer uma confissão: Eu acredito em Teorias da Conspiração! E a culpa disso é do Mel Gibson!!

#prontofalei

          A Julia Roberts também me influenciou, mas o culpado mesmo é o Mel… Pois é gente!

          Tá bom, vou explicar: Você conhece um filme chamado “Teoria da Conspiração”? Ele é bem velhinho, mas foi um dos meus filmes favoritos durante um bom tempo. Olha o pôster aí…

imagesCAM6SKIG

          Depois que vi este filme… fiquei um bom tempo assistindo o jornal, lendo manchetes ou ouvindo o rádio de uma forma diferente. Passei a prestar mais atenção nas coisas… principalmente no mundo marqueteiro que há alguns anos atrás não eram formadores de opinião, mas que hoje comandam o que você veste, o que você come, o que você tem e em alguns casos… quem você é.

          Quando li a sinopse de A Janela de Overton, eu já havia escutado todo o burburinho que o cercava. A fama o precedeu, já que todo o universo literário estava falando sobre ele. Alguns amaram, outros odiaram e acharam que o autor ‘viajou’.

          Então, quando a Editora Novo Conceito nos enviou o livro eu estava mais do que ansiosa para lê-lo e tirar minhas próprias conclusões.

          A história já começa com um assassinato a um cidadão cheio de informações sigilosas, que claro, queria passar adiante. Uau… já gostei de cara!

          Depois o autor nos apresenta a uma grande empresa de relações-públicas responsável por representar vários tubarões políticos e grandes empresas cujos produtos são essências para as pessoas (alimentos, vestimenta, tecnologia, automobilismo e etc.) A empresa tem uma habilidade assustadora… ela mascara ou encobre enormes escândalos dos seus representados e invertem o errado em certo. E além disso ‘vendem’ esta ideia para a população que muda de opinião facilmente defendendo e acreditando que tudo o que eles dizem é o correto.

          O nome da empresa é Doyle & Merchant, comandada pelo poderoso, arrogante e ganancioso Arthur Gardner. Ele é capaz de manipular a tudo e a todos com muita facilidade e é considerado um mago dos negócios.

          Seu filho, Noah Gardner, é um executivo da empresa bem sucedido, rico, bonito e poderoso. Ele não faz a mínima ideia do que realmente o pai faz e não acredita em ‘teorias’. Mas sua vida muda no dia em que conhece e se encanta por uma linda mulher chamada Molly Ross.

          Molly é uma ativista política que participa de um grupo de patriotas que acredita que os EUA que eles conhecem estão prestes a desmoronar e que uma conspiração contra o país vem sendo preparada há anos e está prestes a ser colocada em prática. Ela é certa de suas convicções e acaba abalando a descrença de Noah.

           Ele, então, se vê dividido entre as ‘verdades’ que o pai ‘fabrica’ e as verdades que Molly traz a tona sobre a conspiração contra os EUA.

          O livro é quente… quando você começa a ler… não dá para parar.

          Apesar de ser considerado uma ficção visionária, ele pode ser reconhecido como um thriller emocionante do início ao fim.

          Não importa sua opinião ou orientação política… o livro abre seus olhos a fatores antes inimagináveis para os leigos. Apesar de abordar fatos históricos americanos e sua política ele não é chato e nem maçante.

          Quando o casal principal começa a fazer as investigações nos surpreendemos com as descobertas feitas e é maravilhoso ver como antes o ‘cego’ Noah vai 'enxergando’ as coisas que estavam bem debaixo do seu próprio nariz.

          Este é um livro inteligente e não é toda pessoa que vai se identificar com seu conteúdo.

          Uma dica: Quem é fã de Dan Brown vai gostar deste livro!!

          Seria incrível ver este livro virar filmeeeeee… eu ia adorar!!

          O final é fantástico e surpreendente… talvez tendencioso? E deixa margem a uma continuação que já fiquei sabendo que chegará às livrarias no ano que vem!!

         Para minha agradável surpresa, no final do livro o autor colocou um posfácio bem vasto mostrando detalhes de fatos narrados na história que realmente aconteceram na vida real. Ele ainda é mais ousado ao nos incentivar e orientar a como pesquisar no Google e descobrir algumas ‘verdades’. Ainda não brinquei disso… mas qualquer dia eu vou me jogar!! rs

         Beijocas, Math Tonionni

5 comentários:

  1. Apesar de gostar de história e livros polêmicos, nunca me interessei muito pelos EUA, sempre fui fascinada pela Europa. Mesmo assim esse livro parece tão interessante, polêmico e cheio de revelações. Deve levar mesmo ao uma reflexão profunda sobre nossas escolhas e posicionamento perante os fatos.
    Bjkas!

    Monique Martins
    MoniqueMar
    @moniquemar

    ResponderExcluir
  2. Eu estou desejando loucamente este livro! ;D
    Peguei os lindos marcadores e o livreto na saraiva, fiquei fascinada!
    Mel e Julia! *-* Lindos forever! rs
    Beijos, Mila ♥

    @sonhospontinhos
    http://sonhosentrepontinhos.wordpress.com

    ResponderExcluir
  3. Eu li e AMEI esse livo ... e vamos combinar a Novo Conceito arrasou na divulgação ... todo o jogo ... o cadeado para abrir o livro ... X_X

    Sério que vai ter continuação *_*
    Louca para ver Noah em ação de novo rs

    ResponderExcluir
  4. "Uma dica: Quem é fã de Dan Brown vai gostar deste livro!!"

    Se tivesse colocado essa frase logo no início, já tinha me ganhado, haha!
    Gosto desse tipo de literatura. É rápida e te deixa pensando por uns dias!

    E vou aceitar a indicação do filme, hehe.
    Leitura garantida! ;-)

    Beijos! =D

    ResponderExcluir
  5. A resenha ficou excelente, só o livro que não faz muito o meu gênero...

    ResponderExcluir

Destile seu veneno, comente!

Ou receba as atualizações no seu email:

Delivered by FeedBurner

Posts Recentes

Últimos Comentários

As envenenadas pela maçã Ѽ by TwilightGirls RJ Ѽ - Copyright © 2012 - Todos os Direitos Reservados